Connect with us

Geral

Fevereiro chega com uma série diversificada de filmes no MIS

Publicado

em

Fevereiro já começa com uma programação especial e diversificada de filmes no Circuito MIS de Cinema. Sempre com entrada gratuita, as opções destacam produções nacionais e estrangeiras que têm marcado a sétima arte. Após as exibições, o público é convidado a participar de um bate-papo com os curadores.

 

Programe-se!

 

 

Publicidade

Sessão da Tarde Especial de Férias

 

Curadoria: Andreia Reis e Ricardo Pereira

 

 

Publicidade

Quinta, 1º de Fevereiro, 14h

EU, DANIEL BLAKE

Direção de Ken Loach

Daniel Blake, um carpinteiro de 59 anos, não é liberado pelo serviço médico para voltar a trabalhar depois de ter tido problemas cardíacos. A burocracia governamental, no entanto, entende que ele deve voltar a trabalhar ou mesmo procurar emprego, senão pára de receber sua pensão. Ao mesmo tempo, ele ajuda uma jovem, mãe solteira de duas crianças, a lidar com problemas parecidos. Inglaterra, 2016. Colorido, 100 min.

 

Publicidade

 

Ciclo “Novo Cinema Brasileiro”

 

Curadoria: Ricardo Pereira e Gustavo Sousa

 

Publicidade

Sexta, 2 de Fevereiro, 20h

ERA O HOTEL CAMBRIDGE

Direção de Eliane Caffé

Combinando documentário e ficção, o premiado filme de Eliane Caffé acompanha o cotidiano de um grupo de refugiados e sem- teto que ocupam um prédio abandonado no centro de São Paulo. Com José Dumont e Suely Franco.Brasil, 2016. Colorido, 99 min.

 

Publicidade

 

Sábado, 3 de Fevereiro, 17h

A CIDADE ONDE ENVELHEÇO

Direção de Marília Rocha

Vencedora de quatro prêmios em Brasília 2016, a ficção de estreia da premiada documentarista Marília Rocha retrata a vida de duas amigas portuguesas que decidiram morar em Belo Horizonte. Uma está chegando. A outra, no entanto, não vê a hora de voltar a Lisboa. Brasil, 2016. Colorido, 99 min.

Publicidade

 

 

Sábado, 3 de Fevereiro, 20h

O FILME DA MINHA VIDA

Direção de Selton Mello

Publicidade

Selton Mello dirige essa adaptação da obra do chileno Antonio Skármeta, sobre um jovem professor (Johnny Massaro) que volta à sua cidade natal, no Rio Grande do Sul, e descobre que o pai (Vincent Cassel) retornou para a França. Traumatizado com essa partida, ele encara também o início de sua vida amorosa e a atração por duas irmãs (Bruna Linzmeyer e Bia Arantes). Brasil, 2017. Colorido,113 min.

 

Sessão da Tarde Especial de Féria

 

Curadoria: Andreia Reis e Ricardo Pereira

Publicidade

Terça, 6 de Fevereiro, 14h

ABRIL E O MUNDO EXTRAORDINÁRIO

Direção de Christian Desmares e Franck Eckinci

Na França, ainda em um estado atrasado de desenvolvimento, pessoas desaparecem misteriosamente sem que ninguém saiba por qual motivo. As coisas mudam quando os pais de Avril, dois cientistas, somem e a filha decide ir à procura deles. França, 2017. Colorido, 105 min.

 

Publicidade

 

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

 

CICLO: ATOR – Gael García Bernal

 

Publicidade

Curadoria: Adriano de Jesus

Terça-feira,06 de fevereiro,19h30min

118 DIAS Direção de Jon Stewart Maziar Bahari (Gael García Bernal) é um jornalista iraniano que trabalha para a revista americana Newsweek e vive em Londres, ao lado da esposa grávida. Ele é enviado para cobrir as eleições presidenciais no Irã em 2009, onde o atual presidente Mahmoud Ahmadinejad corre o risco de não se reeleger. Após uma vitória folgada de Ahmadinejad, rumores de que a eleição teria sido fraudada provocam diversas manifestações populares, algumas repelidas com violência pela polícia local. Bahari consegue filmar um destes ataques e veicula o material para ser divulgado mundo afora, o que o transforma em alvo do governo iraniano. Preso por tempo indeterminado, ele passa a ser torturado para que confesse que estava agindo em nome de uma conspiração ocidental para derrubar o presidente iraniano. EUA, 2015, 103 min.

 

 

Publicidade

Sessão da Tarde Especial de Férias

 

Curadoria: Andreia Reis e Ricardo Pereira

 

Quinta, 8 de Fevereiro, 14h

Publicidade

O CIDADÃO ILUSTRE

Direção de Gastón Duprat

Nessa comédia argentina, um vencedor do Nobel de literatura é convidado a visitar a cidadezinha onde nasceu, o que lhe causa problemas pois usou antigos moradores como personagens de seus livros de forma nem sempre lisonjeira. No elenco, Oscar Martinez, que foi premiado no Festival de Veneza por esse filme. Argentina, 2016. Colorido, 118 min.

 

 

Publicidade

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

 

Curadoria: João Antonio Buhrer/Carlos Tavares

 

Quinta-feira, 08 de fevereiro, 19h30

Publicidade

JULIANA DO AMOR PERDIDO

Direção de Sérgio Ricardo

Elenco: Antonio Pitanga,Flávio Porto,Francisco Di Franco,Ítala Nandi,Líbero Ripoli, Macedo Neto,Maria Do Rosario (Juliana),Miriam Mehler,Reinuncio Napoleão,Roberto Ferreira,Walderez de Barros.

O apito de um trem de carga vem mexer com a lembrança e a consciência dos pescadores do litoral. Um estrangeiro, proprietário da ilha, mantém os pescadores escravizados, alimentando seu misticismo através de Juliana, tida como santa em toda a região. Corrompe seu pai, chefe dos pescadores, obrigando-o a manter a santidade da filha. Ela não acredita, mas mantém a santidade para escapar ao assédio dos homens da aldeia, indo buscar uma esperança, na beira da estrada, acenando para Faísca, o maquinista do trem. Brasil, 1970, 111min

 

Publicidade

 

Ciclo “Novo Cinema Brasileiro”

 

Curadoria: Ricardo Pereira e Gustavo Sousa

Sexta, 9 de Fevereiro, 20h

Publicidade

CINEMA NOVO

Direção de Eryk Rocha

O documentário assinado por Eryk Rocha, vencedor do prêmio Olho de Ouro no Festival de Cannes 2016, passeia com muita liberdade entre inúmeras imagens icônicas de vários filmes do Cinema Novo, sintonizando o desejo de inovação que caracterizou as décadas de 1960 e 1970, confrontando o fechamento político do País no período. Brasil, 2016. Colorido, 90 min.

 

 

Publicidade

Sábado, 10 de Fevereiro, 17h

JONAS E O CIRCO SEM LONA

Direção de Paula Gomes

Documentário apresenta a história de Jonas, garoto de 13 anos que improvisa um pequeno circo no quintal de sua casa, na periferia de Salvador. Seu sonho é ir morar com um tio, que tem um circo. mas sua mãe insiste em que ele continue na escola. Brasil, 2016. Colorido, 73 min.

 

Publicidade

 

Sábado, 10 de Fevereiro, 20h

BINGO, O REI DAS MANHÃS

Direção de Daniel Rezende

Vladimir Brichta interpreta um ator que encontra sua grande chance interpretando um popular palhaço na televisão (inspirado no antigo Bozo). Mas sua vida de excessos pode colocar tudo a perder. Brasil, 2017. Colorido, 111 min.

Publicidade

 

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

CICLO:ATOR – Gael García Bernal

 

Curadoria: Adriano de Jesus

Publicidade

 

Terça-feira,13 de fevereiro,19h30

QUEM É DAYANI CRISTAL?

Direção de Marc Silver

Who is Dayani Cristal? pode ser considerado docudrama. “O filme se desenvolve em duas vertentes: a primeira, claramente documental, que retrata as dificuldades de identificação de corpos de imigrantes clandestinos encontrados no deserto do Arizona, tendo como mote um corpo com a tatuagem “Dayani Cristal” no peito. Reino Unido, México, 2013.

Publicidade

 

 

Ciclo “Novo Cinema Brasileiro” Curadoria: Ricardo Pereira e Gustavo Sousa

 

Sexta, 16 de Fevereiro, 20h

Publicidade

CORPO ELÉTRICO

Direção de Marcelo Caetano

Neste longa de estreia do curta-metragista premiado Marcelo Caetano, segue-se a história de Elias (Kelner Macedo), um jovem designer de uma confecção do Bom Retiro, em S. Paulo, sua busca por amores, suas amizades e o mergulho no fluxo da vida. Exibido em festivais como Roterdã e Guadalajara. Brasil, 2017. Colorido, 89 min.

 

Sábado, 17 de Fevereiro, 17h

Publicidade

JOAQUIM

Direção de Marcelo Gomes

Concorrente em Berlim 2017, novo filme de Marcelo Gomes revê a figura de Tiradentes, explorando quem poderia ter sido o homem antes de tornar-se o herói da Inconfidência. Interpretado por Julio Machado, o alferes Joaquim caça contrabandistas e procura ouro no sertão mineiro, enquanto vive uma paixão pela escrava Preta (Isabél Zuaa). Brasil, 2017. Colorido, 102 min.

 

Sábado, 17 de Fevereiro, 20h

Publicidade

DIVINAS DIVAS

Direção de Leandra Leal

Documentário premiado, dirigido pela atriz Leandra Leal, revela as histórias das travestis pioneiras em shows no Brasil, nos anos 1960. Entre as personagens, Rogéria, Eloína dos Leopardos, Camille K., Divina Valéria e Brigitte de Búzios. Brasil, 2016. Colorido, 110 min.

 

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

Publicidade

CICLO: ATRIZ – Sandra Huller

Curadoria: Adriano de Jesus

 

Terça-feira, 20 de fevereiro,19h30

FINSTERWORLD Direção de Frauke Finsterwalder Diversas histórias de pessoas na Alemanha cuja vida está conectada de alguma forma. Um policial com uma fantasia de urso. A documentarista que é incapaz de encontrar uma história interessante. A pedicure que cuidadosamente deixa de lado a pele dura retirada dos pés de seu paciente idoso. Um casal rico que se recusa a sentar em um carro alemão-built. Um aluno desinteressado em uma visita de classe para um campo de concentração. Um homem selvagem que treina um corvo na floresta. Alemanha, 2013, 95min

Publicidade

 

 

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

Ciclo Mensal CATAVENTO

 

Publicidade

Quinta-feira, 22 de fevereiro, 19h30

DO OUTRO LADO DO ATLÂNTICO

Direção de Daniele Ellery, Márcio Câmara

“Do outro lado do Atlântico” é um documentário que trata da ponte entre Brasil e África por meio das histórias de vida de estudantes de países africanos de língua oficial portuguesa que estudam ou estudaram em universidades brasileiras. As trocas culturais, os imaginários e espelhamentos criados nos dois lados do Atlântico revelam temas que projetam um olhar para o passado, presente e futuro das relações entre o Brasil e os cinco países africanos representados pelos estudantes no filme – Guiné-Bissau, Cabo Verde, Moçambique, Angola e São Tomé e Príncipe –, além do Timor Leste. Brasil, 2017, 90min

 

Publicidade

Curadoria: Ricardo Pereira e Gustavo Sousa

Sexta, 23 de Fevereiro, 19h30

PENDULAR

Direção de Julia Murat

Premiado em Berlim, o filme acompanha um casal formado por uma bailarina (Raquel Karro) e um escultor (Rodrigo Bolzan), que ocupam um velho galpão industrial para seu estúdio e moradia. O convívio vai colocando novas questões no relacionamento. Brasil, 2017. Colorido, 108 min.

Publicidade

 

Sábado, 24 de Fevereiro, 17h

AS DUAS IRENES

Direção de Fábio Meira

O delicado drama retrata o dilema de uma menina (Priscila Bittencourt) que descobre ter uma irmã da mesma idade e nome (Isabela Torres), filha de uma relação secreta do pai (Marco Ricca). Sem revelar sua identidade, ela se aproxima desta irmã, tornando-se sua amiga. Brasil, 2017. Colorido, 90 min.

Publicidade

 

Sábado, 24 de Fevereiro, 19h30

COMO NOSSOS PAIS

Direção de Lais Bodanzky

Grande vencedor do Festival de Gramado, o filme traz Maria Ribeiro como uma mulher prestes a completar 40 anos, abalada por uma crise de identidade quando sua mãe revela que seu pai não é seu verdadeiro pai. No elenco, Clarisse Abujamra, Paulo Vilhena e Jorge Mautner. Brasil, 2017. Colorido, 102 min.

Publicidade

 

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

CICLO: ATRIZ – Sandra Huller

Curadoria: Adriano de Jesus

 

Publicidade

Terça-feira,27 de fevereiro,19h30

MOVIMENTO BROWNIANO Direção de Nanouk Leopold Charlotte (Sandra Hüller) é uma médica casada que vive com o marido, Max (Dragan Bakema), e o filho em Bruxelas. Ela recebe seus pacientes em um impecável apartamento, alugado sem o conhecimento do marido. Os encontros são sempre secretos e acabam gerando a dúvida: são reais ou meras fantasias sexuais? O longa é escrito e dirigido por Nanouk Leopold, e o elenco conta com as presenças de Dragan Bakema, Sabine Timoteo, Ryan Brodie e Kuno Bakker. Holanda, 2012, 97min.

 

 

Onde: Museu da Imagem e do Som de Campinas – Palácio dos Azulejos (Rua Regente Feijó, 859. Centro. Campinas).

Publicidade

Telefone: (19) 3733 8800.

Entrada gratuita.

Geral

Feira do Empreendedor PCD na Estação Cultura tem apoio do Sebrae

Publicado

em

Por

A Feira do Empreendedor PCD (Pessoa Com Deficiência) Eficiente conta com o apoio do Sebrae para promover a inovação no segmento. O evento ocorrerá neste sábado, dia 2, na Estação Cultura de Campinas, das 9h às 17h e tem, também, a participação da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.
Organizado pela empresa Libras Visual, a Feira do Empreendedor PCD Eficiente vai reunir 37 expositores, além de 13 palestras e 10 apresentações, como desfiles de PCDs, dança do ventre, ballet com crianças cegas, entre outros, tudo com total acessibilidade para o público cego e surdo.
Campinas tem, segundo estimativas do IBGE, cerca de 28% da população, ou 345 mil pessoas, com algum tipo de deficiência: são 13 mil com deficiência intelectual, 54 mil com deficiência auditiva, 72 mil com deficiência motora e 205 mil com deficiência visual.
A secretaria municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos oferece os seguintes serviços à população com deficiência:
Plataforma Emprega Bem – plataforma digital on-line que aproxima as empresas dos profissionais com deficiência.
Cartão Bem Acessível – documento de identificação da pessoa com deficiência que facilita o acesso prioritário aos serviços públicos municipais
Programa de Acessibilidade Inclusiva – o pai serviço, de transporte coletivo
Guia Digital Caminhos da Inclusão – o guia aponta uma lista contendo os endereços acessíveis de Campinas: https://caminhos.campinas.sp.gov.br/.
Coordenadoria de Acessibilidade Arquitetônica – a coordenadoria de acessibilidade arquitetônica (caa) realiza as vistorias nos imóveis públicos ou de uso público para verificação e orientação quanto as normas de acessibilidade.
Centro de Referência da Pessoa com Deficiência – realiza o atendimento psicossocial para as pessoas com deficiência e suas famílias dando orientações sobre direitos.
Central de Interpretação de Libras – realiza o atendimento ao público surdo ou com deficiência auditiva, intermediando a sua comunicação com os demais serviços públicos.
Confira as apresentações
10h – Igreja FF – Pantomima
10h20 – Mãos que Cantam
10h30 – Coral encantar com as mãos
11h20 – Andrea Rosa – a capacidade do pcd –
11h40 – Dança do ventre
12h10 – Sebrae Empreendedorismo
12h30 – Assucamp – história da Associação
12h50 – Inclusione – Mercado de Trabalho PCD
13h10 – Lucas Carvalho PCD
13h30 – Cris Mendes – PCD – Inclusão 360
13h40 – Cais – Conhecer para incluir
14h – Balé Grupo sementes do Futuro – Associação Fernanda Bianchini
14h20 – Centro Cultural Louis Braille – Palestra
14h40 – Aline- Acessibilidade na estética
15h – Arte libras – Decifrando a Libras –
15h20 – Raquel Moreno –projeto surdo caminhoneiro
15h40 – Gilceliano – Autonomia, uma busca do PCD
16h – Mãos que Cantam – Palestra e música
Confira a lista dos expositores:
1 – Centro Cultural Louis Braille
2 – Arte libras
3 – Inclusione – temperos prontos
4 – Inclusão e libras
5 – Maira Massei – artesanato
6 – Katia surda – tapetes
7 – Sebrae
8 – Apae
9 – Boldrini
10 – Cais
11 – Assucamp
12 – Lídia Michelin – madeiras
13 – Marcia surda – reciclável
14 – Remi – alimentos
15 – Candido Ferreira
16 – Vera e Vagner – temperos prontos
17 – Khatia Vieira – livros
18 – Giseli – canecas, camisetas acessórios libras
19 – Karen Fernandes – pijamas
20 – Carol Bonfim – chaveiros
21 – Itamar – barba e cabelo
22 – Janaina – bijuterias de libras
23 – Nisfran – artesanato
24 – Asadep – tiara, lacinho
25 – Mãos que Cantam
26 – Raquel Moreno – projetos online
27 – Wickbold –
28 – JULIANA SOARES
29 – M. Eliana – acessórios de costuras
30 – Igreja FF – pinturas rosto, teatro, oficina
31 – Daniela – acessórios
32 – UNIP
33 – Irene – artesanato de caixinhas
34 – Giowander
35 – Lucas Carvalho
36 – Cris Mendes – consultoria
37 – Selma – roupas
38 – Vanessa – bolo de pote.

Continue Lendo

Geral

Secretaria de Finanças publica lançamento do ISSQN do exercício de 2022

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Finanças, por meio do Departamento de Receitas Mobiliárias – DRM/SMF, publicou, no Diário Oficial desta sexta-feira, 1º de julho, o lançamento de ofício do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISSQN do exercício de 2022 para os Profissionais Autônomos e Sociedades de Profissionais enquadrados no regime fixo de recolhimento do imposto. O valor total lançado é cerca de R$ 32 milhões.
Cerca de 15 mil comunicados foram enviados, via Correios, para os contribuintes. Os documentos estão acompanhados da guia de pagamento da cota única com 3% de desconto.
Também foram encaminhados e-mails e SMS aos contribuintes que mantém endereço eletrônico e número do celular de atualizados. As informações também estão disponíveis no Portal da Nota Fiscal de Serviços eletrônica de Campinas para as Sociedades de Profissionais.
O vencimento da cota única ou da primeira parcela do ISSQN Ofício está programado para o dia 20 de julho. O pagamento do imposto pode ser parcelado em até 6 (seis) vezes.
Após o vencimento, não será mais possível efetuar o pagamento da cota única com desconto, restando somente a opção pelo pagamento das parcelas, que está sujeito à incidência de multa e juros, conforme previsão legal.
Nesse caso, as guias de pagamento com valores atualizados poderão ser geradas e impressas pela internet, em https://portal.campinas.sp.gov.br/servico/atualizar-boleto-de-cobranca-guia-de-pagamento.
Carnês
O carnê de pagamento está disponível para impressão na página do ISSQN na internet. Para imprimi-lo, o contribuinte deve acessar https://portal.campinas.sp.gov.br/servico/2-via-carne-de-pagamento-issqn-oficio. Alternativamente, os Profissionais Autônomos e as Sociedades de Profissionais também podem imprimir o carnê de pagamento, respectivamente, no Ambiente Exclusivo na internet, https://cidadao.campinas.sp.gov.br/, e no Sistema NFSe Campinas, nfse.campinas.sp.gov.br/NotaFiscal/.
Atualização cadastral
Para que a Prefeitura promova, de maneira cada vez mais eficiente, o lançamento de ofício do ISSQN, é importante que o contribuinte mantenha atualizadas suas informações junto ao Cadastro Municipal de Receitas Mobiliárias – CSCM/DRM/SMF.
A atualização cadastral, exigência prevista na legislação e obrigação do contribuinte sujeita a penalidades, deve ser efetuada junto ao Setor de Atendimento do DRM/SMF: Porta Aberta Empresarial – PAE. Para mais informações, o contribuinte deve acessar https://portal.campinas.sp.gov.br/secretaria/financas/pagina/porta-aberta-empresarial.
O contribuinte que optar pela impugnação do lançamento poderá apresentar requerimento, por meio do formulário próprio denominado Requerimento Único DRM/SMF, especificando os motivos de direito em que se fundamenta, no prazo de 30 dias, contados a partir do 3º (terceiro) dia após a publicação do edital de notificação de lançamento no Diário Oficial do Município, mediante requerimento protocolado no Porta Aberta Empresarial em atendimento previamente agendado (https://cidadao.campinas.sp.gov.br/), devendo acessar https://portal.campinas.sp.gov.br/secretaria/financas/pagina/porta-aberta-empresarial para mais informações sobre esse atendimento.
Dúvidas
Em caso de dúvidas, ou para obter informações sobre como gerar a segunda via do carnê, o contribuinte deve entrar em contato por um dos canais de atendimento da Secretaria Municipal de Finanças:
·Atendimento telefônico: (19) 3755-6000, de segunda a sexta, das 8h às 18h;
·Atendimento via e-mail: sac@campinas.sp.gov.br;
·Atendimento chat on-line: https://portal.campinas.sp.gov.br/secretaria/financas/pagina/canais-de-atendimento, de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Continue Lendo

Geral

Depois de 50 anos, moradores do J. Palmares são agora oficialmente donos

Publicado

em

Por

A primeira fase da regularização do Núcleo Residencial Jardim Palmares, localizado na região sudoeste do município, área do Jardim Campos Elíseos, foi encerrada na noite desta quinta-feira, dia 30 de junho, com a entrega de 200 títulos de propriedade aos moradores. O evento, realizado no Salão Paroquial da Comunidade Nossa Senhora de Fátima, na Vila Perseu Leite de Bairros, contou com a presença do prefeito Dário Saadi que, junto com autoridades e equipe da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), passou as escrituras dos imóveis às mãos dos agora oficialmente proprietários. 
A infraestrutura do núcleo já compreende rede de água e esgoto, energia elétrica domiciliar e iluminação pública, assim como entrega de correspondência, coleta de lixo e transporte coletivo. A próxima etapa é dotar o bairro de drenagem e asfalto, cujos projetos estão sendo encaminhados.
Os moradores agora possuem a matrícula do imóvel, que equivale ao título de propriedade, emitida pelo cartório de registro de imóveis. Com o documento, a família torna-se oficialmente proprietária, passa a ter segurança jurídica e a poder fazer melhorias, vender ou transferir o bem, agora legitimamente seu.
O prefeito de Campinas, Dário Saadi, afirmou que sua gestão tem buscado acelerar a regularização, proporcionando tranquilidade aos moradores. “Gostaria de parabenizá-los pela luta. Sem a escritura, há sempre uma preocupação, e hoje isso acaba”. Ele também salientou que a equipe da Cohab tem se empenhado muito e agradeceu o trabalho da Câmara Municipal e dos líderes comunitários.
Já o secretário de Habitação e presidente da Companhia de Habitação Popular (Cohab) de Campinas, Arly de Lara Rômeo, disse que é motivo de muita honra poder fazer essa entrega a moradores do núcleo que começou há 51 anos. Ele também falou do eseforço da Cohab: “Temos trabalhado muito para aumentar as entregas. Como dizia uma famoso cartorário, quem não registra, não é dono”.
Também presente no evento, o presidente da Câmara Municipal de Campinas, vereador Zé Carlos, disse saber do sofrimento dos moradores e de não terem perdido a esperança ao longo dos anos. “Hoje vemos a alegria estampada no rosto de cada um de vocês”, comemorou. Já o vereador Jorge Schneider fez questão de enfatizar a agilidade do governo Dário na entrega dos títulos, enquanto o também vereador Edison Ribeiro reforçou a importância de que as pessoas tenham garantido o seu imóvel para morar. 
O coordenador geral da Comunidade Nossa Senhora de Fátima, entidade que cedeu o espaço para o evento, também compôs a mesa.
Desde o início, a gestão Dário Saadi já entregou 4.540 escrituras de imóveis.
Sonho de uma vida
Moradoras do Jardim Palmares há quase 40 anos, as vizinhas Maria Regina Moreira da Silva e Maria Aparecida Zago viam a escritura como a concretização de um sonho. “Significa tudo pra mim. É uma vida de espera”, disse Maria Regina, mãe de duas filhas, uma das quais tinha apenas oito meses quando ela se mudou para o bairro. Já para Maria Aparecida, a noite desta quinta foi uma satisfação. “A gente estava esperando há tanto tempo para esse sonho ser realizado. É uma alegria.” Para ela, a casa é também uma conquista para toda a família: “deixarei de herança para os filhos”.
Outra moradora do bairro, Ana Toscano, ilustrou o que significa ter a tranquilidade e segurança de contar com a escritura da casa registrada em cartório. Ela relatou que esperava ter o documento com o seu nome para poder fazer melhorias no imóvel. “Agora vou poder arrumar a casa. Estou muito feliz”. 
Histórico
A ocupação Núcleo Residencial Jardim Palmares originou-se na década de 70, formada por famílias oriundas do Estado do Paraná, que migraram para Campinas em busca de melhores condições de vida. Os lotes foram instalados em uma área pública municipal, denominada Praça 1 do Jardim Campos Elíseos.
Em uma fala emocionada, a líder comunitária do núcleo, Vera Lucia Mariano da Conceição, relatou que “o primeiro barraquinho” feito na ocupação foi construído pelo seu pai, José Mariano. “Sou da época do querosene, da lamparina”, disse ela, que chegou ao núcleo com apenas um ano de vida. Vera lembrou que muitos dos que começaram a luta já faleceram, mas estavam representados por suas famílias. ” Não tenho palavras para agradecer a Deus por ter chamado a nossa ‘senha’. Nosso bairro é a nossa casa”.

Continue Lendo

Populares