Connect with us

Eventos

Espetáculo “A Visita da Velha Senhora” se apresenta em Campinas

Publicado

em

“Encenar a Visita depois de A Alma Boa e Galileu é quase como finalizar uma trilogia”, diz Denise Fraga. “A trilogia de nosso eterno dilema entre a ética e o ganha pão”.

Em A Alma Boa de Setsuan, de Bertolt Brecht, espetáculo visto por mais de 220 mil pessoas, entre os anos de 2008 e 2010, a personagem principal perguntava: “Como posso ser boa se eu tenho que pagar o aluguel? Como posso ser bom e sobreviver no mundo competitivo em que vivemos?” Em Galileu Galilei, também de Brecht, espetáculo que esteve um ano e oito meses em cartaz e foi visto por mais de 140 mil pessoas, o tema é revisitado: Como posso ser fiel ao que penso sem sucumbir ao poder econômico e político vigente? Como manter meus ideais comprando meu vinho bom?

Agora chega A Visita da Velha Senhora, com 13 atores em cena, em que Friedrich Dürrenmatt expõe a fragilidade de nossos valores morais e de nossa noção de justiça quando a palavra é dinheiro. A protagonista da peça é quase a encarnação mítica do poder material, a milionária Claire Zachanassian, vivida por Denise Fraga, que com seu bilhão põe em xeque a cidade de Güllen.

O espetáculo é uma produção original do SESI São Paulo, cumpriu temporada em São Paulo e Rio de Janeiro. Esteve em Turnê pelo Brasil e no Recife. Com patrocínio do Bradesco, parceiro e patrocinador de “Alma Boa de Setsuan” e “Galileu Galilei”, e realizado em Fortaleza através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, pela NIA Teatro, Ministério da Cultura e Governo Federal.

A direção é do cineasta Luiz Villaça, que depois do sucesso de Sem Pensar, de Anya Reiss, e A Descida do Monte Morgan, de Arthur Miller, retorna mais uma vez ao teatro. A montagem tem a sofisticação de contar com cenários e figurinos do mineiro Ronaldo Fraga, que foi o vencedor da 30ª edição do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo. A batuta do maestro Dimi Kireeff, na direção musical, o desenho de luz de Nadja Naira, da companhia brasileira de teatro, Lucia Gayotto na preparação vocal, Keila Bueno nas coreografias e preparação Corporal e Simone Batata, no visagismo.

Publicidade

A Visita da Velha Senhora teve nominações ao Prêmio Shell nas categorias Melhor Atriz (Denise Fraga) e Melhor Figurino (Ronaldo Fraga) e ao Prêmio Aplauso Brasil nas categorias Melhor Atriz (Denise Fraga), Melhor Direção (Luiz Villaça), Melhor Arquitetura Cênica (Ronaldo Fraga) e Melhor Espetáculo Independente.

O enredo é aparentemente simples. Os cidadãos de Güllen, uma cidade arruinada, esperam ansiosos a chegada da milionária que prometeu salvá-los da falência. No jantar de boas-vindas, Claire Zachanassian impõe a condição: doará um bilhão à cidade se alguém matar Alfred Krank, o homem por quem foi apaixonada na juventude e que a abandonou grávida por um casamento de interesse. Ouve-se um clamor de indignação e todos rejeitam a absurda proposta. Claire, então, decide esperar, hospedando-se com seu séquito no hotel da cidade.

A partir dessa premissa, o suíço Friedrich Dürrenmatt nos premia com uma obra-prima da dramaturgia, construindo uma rede de cenas que se entrelaçam, cheias de humor e ironia, um desfile de personagens humanos e reconhecíveis que pouco a pouco, vão escancarando a nossa fragilidade diante do grande regente de nossas vidas: o dinheiro. Quem mata Krank?  Cairá Güllen na tentação de satisfazer o desejo de vingança da milionária? Ou fará justiça?  O que é fazer justiça? Até que ponto a linha ética se molda ao poder dinheiro?

Dürrenmatt caracteriza A Visita da Velha Senhora como uma comédia trágica e com seu humor cáustico nos pergunta: Até onde nos vendemos para poder comprar? Como o poder e o dinheiro vão descaracterizando os nossos ideais? Por outro lado, quanto nos custa a não submissão? O texto se desenrola abrindo ainda outros ramos de reflexão. Dürrenmatt era completamente obcecado pela questão da justiça e as sutilezas de suas fronteiras. O que é justo? O que significa justiça em nossos tempos? Até que ponto o valor moral da justiça se adequa ao poder? Reconhecível no Brasil nos dias de hoje? A Visita da Velha Senhora expõe questões que sempre estiveram em pauta na história da humanidade, mas que caem como uma luva em nossos tão tristes tempos.

“Acredito no poder de transformação pela arte. Na formação do indivíduo pela arte. O teatro como espelho do mundo, nos fazendo rir para nos reconhecer, dando voz a nossa angústia, dando palavras àquilo que pensamos e não sabemos dizer. O humor e a poesia nos ajudando a elaborar o pensamento para agir, para transformar, para viver criativamente, para por a mão da massa da nossa história”, afirma Denise Fraga. “Depois de dois anos e meio de A Alma Boa de Setsuan, de Bertolt Brecht, e um ano e meio de Galileu Galilei, do mesmo gênio alemão, sou mais uma vez surpreendida pela potente atualidade de um clássico. Não foi por acaso que cheguei a Dürrenmatt. Foi discípulo, bebeu em Brecht. Lá está o mesmo fino humor, a mesma ironia e teatralidade. Dürrenmatt também se faz valer do entretenimento para arrebatar o público para a reflexão”.

Publicidade

É natural finalizar tal “trilogia” com a obra máxima de Dürrenmatt. Como Brecht, Dürrenmatt é mestre em dissecar as relações de poder e os conflitos morais em suas obras, em questionar o papel do herói e a sua necessidade para uma sociedade justa, em fazer uso do humor para gerar reflexão. Nas três peças: Alma Boa, Galileu Galilei e A Visita da Velha Senhora, tudo isso está explícito. A diferença é que Brecht prefere desconstruir as ilusões de que nos alimentamos e propor uma possível transformação, enquanto Dürrenmatt as mantém vivas e ri delas por serem apenas isso: ilusões, enganos pelos quais lutamos e sempre lutaremos.

POR DENISE FRAGA

Amo a comédia porque confio no humor e na ironia como um poderoso agente para a reflexão. Só se ri daquilo que se entende. O humor chama o pensamento e, com isso, dá eficácia e prazer à comunicação de uma ideia. É incrível como muitos dos autores tidos como clássicos confiavam nisso, mas estão com a risada do público presa na poeira de suas linhas. É preciso sacudi-las, dar uma escovada, deixá-las voar.

Brecht dizia: divertir para comunicar. Me identifico com isso. Divertir o público e mandá-lo para casa em estado de reflexão é o que tem me garantido a sensação de plenitude com o meu ofício. O sucesso de ALMA BOA e GALILEU me confirmaram a popularidade de Brecht. Mais da metade de nosso público talvez nunca tivesse ouvido falar dele, mas nem por isso deixaram de ser completamente capturados por sua genialidade.

Esta necessidade de propagar aquilo que me tocou o coração, dar-lhe comunicação e clareza para ver mover no outro o que moveu em mim, se tornou mesmo a grande força motriz de meu trabalho. Tem dado certo. E a cada espetáculo, renovo minha esperança de continuar fazendo o Teatro em que acredito.

Publicidade

Eventos

5ª edição do Champions Beer chega a Campinas

Publicado

em

Por

Champions Beer

Realizado em dois finais de semana, evento vai reunir as melhores microcervejarias do Estado de São Paulo. Com shows exclusivos e atrações para toda a família, a estrutura foi ampliada nesta edição para receber o grande número de visitantes

Em sua quinta edição, o Champions Beer amplia a sua duração. Agora, serão dois finais de semana reservados para o evento que se consolida como um dos maiores e mais importantes do Estado de São Paulo para o segmento de cervejas artesanais brasileiras. De 20 a 22 e de 27 a 29 de maio, em uma grande estrutura montada no estacionamento do Galleria Shopping, em Campinas (SP), os visitantes terão a oportunidade de provar e eleger o melhor entre todos os produtos de 14 microcervejarias brasileiras. Com áreas especiais, alimentação a cargo de 10 food trucks, espaço kids completo, entre outros equipamentos, o Champions Beer também aposta nos shows. Na abertura, a grande atração é o CPM22. Muito esperada também, a União faz um tributo à banda Charlie Brown Jr. e ao vocalista Chorão.

O Champions Beer, que se tornou um espaço consolidado entre produtores e apreciadores de cervejas artesanais no Brasil, vem batendo recorde de público a cada edição. “Tão importante quanto dar visibilidade a este mercado é promover uma festa voltada para toda a família e que, ano após ano, tem cada vez mais participantes”, afirma o organizador João Paulo Silva.

No evento, o consumidor poderá provar e comparar as especialidades das cervejarias Campinas, Daoravida, IB, Reza Brava, Landel, todas sediadas em Campinas, da Sonora e Bierinbox, de Paulínia, das piracicabanas A Tutta Birra e Green Fish, da Berggren, de Nova Odessa, da Hausen, estabelecida em Araras, da Madalena, de Santo André, região do ABC paulista, da Burgman, de Sorocaba, e da Brewtos, de Vargem Grande Paulista.

De acordo com Silva, ao mesmo tempo em que experimenta as cervejas, o público poderá eleger a melhor do evento. “O visitante tem a opção de provar a cerveja concorrente ao título e votar no site do Champions Beer”, indica.

Publicidade

Para receber o público em geral e as tradicionais confrarias cervejeiras do Estado de São Paulo, a organização do Champions Beer realizou vários investimentos nesta quinta edição. “Este ano, nossa estrutura é maior”, afirma Silva. “Ampliamos a área coberta e montamos um espaço reservado aos apreciadores de vinhos, espumantes e drinques”, completa.

A agenda de shows também mereceu atenção especial dos organizadores. No dia 20, o CPM22 faz um show exclusivo para o público do Champions Beer. No dia 27, é a vez da The Best Guns Cover e da banda These Days Bon Jovi Cover. “Somente nestas sextas-feiras haverá cobrança de ingresso ao Champions Beer com estes shows especiais”, destaca o organizador. Aos sábados e domingos, a entrada do público é gratuita.

Nos dois finais de semana do evento, 10 food trucks vão garantir a alimentação ao público. “Não faltará opção, por exemplo, para os apreciadores de um bom churrasco”, destaca o organizador.

Com espaço kids completo e sua proposta pet friendly, o Champions Beer reforça o seu compromisso social com a cidade. “O fato de termos o ingresso gratuito ao evento já demonstra uma opção de lazer acessível. Mas como marca registrada agregamos em cada edição uma ação social que vai envolver a participação do público”, destaca João Paulo Silva.

SHOWS E ATRAÇÕES

Publicidade

Sexta (20/05)

Vim de Marte, às 18h

CPM22, às 20h30

Ingressos: de R$ 40,00 (pista meia entrada) a R$ 100,00 (área VIP promocional)

Acesse: https://www.multiingressos.com.br/evento/559/CPM_22_nos_Champions_Beer

Publicidade

Sábado (21/05)

Banda Playground, às 14h

Banda Barbie Kills (BK), às 17h

Banda Kiss Killer, às 20h

Domingo (22/05)

Publicidade

Banda Black Betty, às 13h

Banda The Baby Whales, às 15h

Banda Rising Power AC/DC Cover, às 18h

Sexta (27/05)

Banda The Best Guns Cover, às 18h

Publicidade

Banda These Days Bon Jovi Cover, às 20h

Ingressos: de R$ 15,00 (pista meia entrada) a R$ 40,00 (área VIP promocional)

Acesse:

https://www.multiingressos.com.br/evento/562/Theses_Days_e_Guns_N_Roses_Cover_no_Champions_Beer

Sábado (28/05)

Publicidade

Banda Rock Radio, às 14h

Banda Lest Jet, às 17h

Banda União, às 20h

Domingo (29/05)

Banda Outsession, às 14h

Publicidade

Banda Queen Tribute Brazil, às 18h

SERVIÇO

Champions Beer (5ª edição)

Estacionamento do Galleria Shopping

Av. Bailarina Selma Parada, 505 – Jardim Nilópolis, Campinas (SP)

Publicidade

20/05 (sexta), das 17h às 22h, com ingressos a partir de R$ 40,00

21/05 (sábado), das 11h às 22h, com entrada gratuita

22/05 (domingo), das 11h às 20h, com entrada gratuita

27/05 (sexta), das 17h às 22h, com ingressos a partir de R$ 15,00

28/05 (sábado), das 11h às 22h, com entrada gratuita

Publicidade

29/05 (domingo), das 11h às 20h, com entrada gratuita

Continue Lendo

Eventos

Rooftime será atração da tradicional Feijoada do Rosa neste sábado, em Campinas

Publicado

em

Por

Após uma apresentação marcante no Laroc Club no último final de semana, o trio de música eletrônica Rooftime retorna para a região neste sábado, dia 14 de maio, desta vez para agitar o público da tradicional Feijoada do Rosa. Em mais de 20 anos de festa, o evento reúne sabores, música e muita diversão na Fazenda Santa Margarida, no Distrito de Joaquim Egídio em Campinas. Outros artistas como Chemical Surf, Elekfantz, João Faria e Edu Zottini irão se apresentar na festa.

O grupo paulista irá levar à Feijoada do Rosa um set inesquecível com seus grandes sucessos, como “Don’t Let it Go”, “I Will Find”, parceria feita com o Vintage Culture e lançada pelo grande selo holandês Spinnin’ Records, “Free My Mind” na colaboração com Alok e Dubdogz, além de outros sucessos do trio que atualmente conta com mais de 86 milhões de streams nas plataformas e marca presença entre os 10 maiores artistas brasileiros do segmento eletrônico.

Rooftime também acaba de lançar o EP “Through Waves”, com duas faixas inéditas, que faz parte do documentário internacional “The Outlaw Ocean Music Project”, que reúne diversas formas narrativas baseadas em expedições pelo globo. Para suas produções, o Rooftime retrata histórias e inspirações, sem se limitar a apenas um segmento.

Essa pluralidade musical fica evidente nas apresentações ao vivo do trio, nas quais são mesclados sons pré-feitos com melodias e instrumentos ao vivo, sem cair na mesmice de mashups e drops usuais. Todos esses fatores tornam seus shows uma experiência única. Para 2022, o trio formado por Lisandro, Gabriel e Rodrigo prepara novidades e uma série de lançamentos inéditos, além de uma agenda de shows nacionais e internacionais que promete tirar o fôlego de todos.

Serviço: Rooftime na Feijoada do Rosa

Publicidade

Data: 14 de maio de 2022, sábado

Horário: início às 15h

Local: Fazenda Santa Margarida (Rua Rubens Gomes Balsas, 311, Campinas – SP)

Atrações: Chemical Surf, Elekfantz, Make u Sweat, Rooftime, RDT, João Faria, Edu Zottini e Thiaguinho SK

Ingressos: sujeitos à disponibilidade no site da Ingresse

Publicidade

Classificação: 18 anos.

Obrigatório apresentação da carteira de vacinação

Continue Lendo

Eventos

Teatro Campinas: “Diário de Um Casado” e “Casar Pra Que?”

Publicado

em

Por

casarPraQue

A semana cultural começa na quinta-feira com o show “Um Par Ímpar”, com Zélia Dunkan e Paulinho Moska, acontece na quinta-feira, às 21h. As comédia estarão em cartaz no sábado e no domingo. Também fechando a semana, o espetáculo musical “Amazing Tenors, Sings Bocelli”. Os ingressos podem ser adquiridos no site www.ingressodigital.com.br ou na bilheteria do Teatro, que fica no terceiro piso do Shopping Iguatemi Campinas. Informações pelo telefone (19) 3294-3166.

Paulinho Moska e Zélia Dunkan abrem as apresentações da semana no Teatro Oficina do Estudante Shopping Iguatemi Campinas, com o musical de MPB “Um Par Ímpar”, na quinta-feira (12)às 21h. Durante uma hora de show, eles cantam sucessos como “Carne e Osso”, “O Tom do Amor”, “Sinto Encanto”, “Não”, “Feliz Caminhar”, “Medo do Medo”, “Tudo é Um” e “Beleza e Medo”.  Canções da carreira individual deles, de outros cantores, além de inéditas, compostas pela dupla, também aparecem no roteiro.

Moska e Zélia são amigos e parceiros desde o primeiro disco solo de cada um, ainda na década de 1990. São mais de 25 anos de amizade e de canções compostas juntos. O projeto já estava sendo pensado pelos dois artistas há muito tempo, mas a ideia da turnê começou a se concretizar quando, em 2012, criaram a canção “Um Par Ímpar”. Os ingressos custam entre R$ 80,00 e R$ 180,00 (de acordo com o setor) e estão disponíveis no site www.ingressodigital.com.br e na bilheteria do Teatro, que fica no terceiro andar do Shopping Iguatemi Campinas. Informações pelo telefone (19) 3294-3166.

Tem programação musical também no domingo (15), às 20h, com o grupo Amazing Tenors, que traz ao palco o show “Amazing Ternos, Sings Bocelli”. No espetáculo, três jovens e já renomados tenores interpretam as músicas que marcaram a carreira de um dos maiores e mais populares cantores do gênero. No repertório estão sucessos da música italiana como “Canto della Terra”, “Granada” e “Cinema Paradiso” entre outras, que se aliam aos clássicos de Bocelli, como “Vivo Per Lei”, “Com Te Partirò”, além dos famosos boleros, tangos e temas de filmes também eternizados pela doce e potente voz de tenor. Os ingressos custam R$ 100,00 (meia-entrada) e R$ 200,00 (inteira).

Comédias

Publicidade

A comédia romântica “Casar pra quê” é a atração de sábado (14), às 21h. A peça, dirigida pelo ator e comediante Eri Johnson e estrelada pelos atores Michelle Martins e Alessandro Anes, conta o dia a dia e as brigas de um casal recém-casado, Pedro Paulo e Ana Lúcia, que se conheceu há pouco tempo em uma boate e se apaixonou à primeira vista. Ela é uma mulher de classe alta, fútil, autoritária, pavio curto, que ao mesmo tempo é enrolada pelo marido inúmeras vezes. Ele é ranzinza, impaciente e “enrolão”, o típico “171”, que esconde suas origens do subúrbio para conquistar a esposa. Os ingressos custam R$ 60,00 (meia-entrada) e R$ 120,00 (inteira). O casamento também é o assunto do stand-up de Eros Prado, “Diário de um Casado”, em cartaz no domingo (15), às 18h. O espetáculo conta histórias e segredos da vida a dois com bom-humor e improviso. Os ingressos custam R$ 40,00 (meia-entrada) e R$ 80,00 (inteira).

Shows adiados

O show da cantora Ana Gabriela, agendado para o dia 13 de maio, sexta-feira, e o duo “Outroeu”, marcado para o mesmo dia, foram adiados para o 29 de outubro, às 19h e às 21h30, respectivamente. Os ingressos já adquiridos continuarão válidos para a nova data. Mais informações pelo telefone (19) 32943166 ou pelo e-mail atendimento@ingressodigital.com.br.

Serviço

Teatro Oficina do Estudante Iguatemi Campinas

Publicidade

Local: 3º Piso do Shopping Iguatemi Campinas (Av. Iguatemi, 777, Vila Brandina), em Campinas.

Vendas: Bilheterias do Teatro e no site www.ingressodigital.com

Informações pelo telefone (19) 3294-3166

Programação de maio de 2022 (sujeita a alterações)

Dia: 12, quinta-feira, às 21h

Publicidade

Paulinho Moska e Zélia Duncan – “Um par ímpar” – musical MPB

Ingressos:  R$ 80,00 a R$ 180,00 (de acordo com o setor)

Classificação etária: 14 anos       

Dia: 14, sábado, às 21h

“Casar pra quê?” – Comédia

Publicidade

Ingressos:  R$ 60,00 (meia-entrada) e R$ 120,00 (inteira)

Classificação etária: Livre 

Dia: 15, domingo, às 18h

Eros Prado – “Diário de um Casado” stand-up                       

Ingressos:  R$ 40,00 (meia-entrada) e R$ 80,00 (inteira)     

Publicidade

Classificação etária: 12 anos       

Dia: 15, domingo, às 20h

“Amazing Tenors” – show             

Ingressos:  R$ 100,00 (meia-entrada) e R$ 200,00 (inteira)

Classificação etária: Livre 

Publicidade

Dia: 20, sexta-feira, às 21h

“Paul Cabannes” – stand-up                    

Ingressos:  R$ 30,00 (meia-entrada) e R$ 60,00 (inteira)     

Classificação etária: Livre 

Dia: 21, sábado, às 19h

Publicidade

“Rodrigo Marques” – Stand-up                

Ingressos:  R$ 40,00 (meia-entrada) e R$ 80,00 (inteira)

Classificação etária: 14 anos       

Dia: 21, sábado às 21h

“Diogo Almeida”- stand-up

Publicidade

Ingressos:  R$ 45,00 (meia-entrada) e R$ 90,00 (inteira)

Classificação etária: Livre 

Dia: 21, sábado, às 15h

“Rock para crianças” – musical               

Ingressos:  R$ 35,00 (meia-entrada) e R$ 70,00 (inteira)     

Publicidade

Classificação etária: Livre 

Dia: 22, domingo, às 16h

“Tiqueque” – Infantil           

Ingressos: R$ 55,00 (meia-entrada) e R$ 110,00 (inteira)

Classificação etária: Livre 

Publicidade

Dia: 22, domingo, às20h

“Hora do Leite” – humor                

Ingressos: R$ 25,00 (meia-entrada) e R$ 50,00 (inteira)      

Classificação etária: 14 anos       

Dia: 26, quinta-feira às 21h

Publicidade

“Um show para Belchior” – musical

Ingressos: R$ 35,00 (meia-entrada) e R$ 70,00 (inteira)

Classificação etária: Livre 

Dia: 27, 28 e 29, sexta-feira/sáb/dom, às 20h, 21h e 18h 

“Improvável” – Barbixas – comédia

Publicidade

Ingressos: R$ 40,00 (meia-entrada) e R$ 80,00 (inteira)

Classificação etária: 16 anos       

Continue Lendo

Populares