Connect with us

Geral

Escola do Parque Oziel inaugura biblioteca para a comunidade

Publicado

em

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Oziel Alves Pereira, localizada no Parque Oziel, inaugurou nesta sexta-feira, 1º de dezembro, a Biblioteca Comunitária “João Antônio Nascimento da Silva”. A iniciativa se deu por meio do apoio da Prefeitura de Campinas ao projeto “Biblioteca Comunitária”, parceria da CPFL Energia com o Instituto Ecofuturo. A implantação foi executada pelo Instituto Ecofuturo, com investimento da CPFL Energia, por meio do uso dos recursos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
O vice-prefeito de Campinas, Henrique Magalhães Teixeira, prestigiou a cerimônia de inauguração e ressaltou a importância de contar com um ambiente como a biblioteca para incentivar a prática da leitura nos alunos e na comunidade em geral. “A leitura é uma viagem, ela te leva a lugares, abre seus horizontes, aprofunda seus pensamentos e muda nosso ser por dentro. A biblioteca é um ambiente que nos leva a fazer uma reflexão, aproveitem essa oportunidade”, aconselhou Henrique.
Atualmente, a escola atende mais de 1.100 alunos do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). A Biblioteca Comunitária será a primeira, dentro de uma escola municipal, aberta para uso da comunidade – uma das maiores ocupações urbanas da América Latina, com cerca de 30 mil habitantes. Ela será uma das cinco unidades de referência do projeto da Secretaria Municipal de Educação para implantação de bibliotecas em cada região da cidade.
Esta é a primeira biblioteca comunitária da rede municipal de Campinas. Todas as nossas escolas possuem bibliotecas e nós sabemos que muitas crianças têm acesso à leitura e o primeiro contato com livros em bibliotecas escolares”, afirmou Solange Villon Kohn Pelicer, secretária municipal de Educação. “Esta biblioteca é diferenciada. Foi possível acontecer com a parceria da iniciativa privada com o poder público, todos em prol da Educação”, continuou Solange.
A nova biblioteca complementa o acervo que já existia na escola, com mais mil livros novos de literatura, sendo 70% selecionados por especialistas da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. O restante dos títulos foi escolhido pela própria comunidade do bairro. Há novos mobiliários e equipamentos eletrônicos, como televisão, blue-ray e computadores, disponíveis para utilização do público.
Durante a implantação da biblioteca do Oziel, cerca de 30 educadores, professores e moradores da região participaram de uma oficina sobre educação socioambiental e de cursos de formação sobre Promoção de Leitura e Gestão de Biblioteca, oferecidos gratuitamente pelo Ecofuturo e pela CPFL Energia. “A CPFL tem como obrigação distribuir energia. Mas temos que fazer isso com bastante responsabilidade social e de forma sustentável”, disse Carlos Zamboni, presidente da CPFL Paulista.
Homenagem a ex-aluno
A comunidade foi envolvida desde o início do processo para garantir que a biblioteca atenda às necessidades da região, além de imprimir nela sua identidade e se apropriar do novo espaço. “Acreditamos que são ações como esta, com articulação intersetorial, envolvimento da comunidade e investimento em educação, que levam a grandes transformações sociais”, afirmou Marcela Porto, superintendente do Instituto Ecofuturo.
Reforçando o vínculo da comunidade com o projeto, a nova biblioteca ganhou o nome de João Antônio Nascimento da Silva, uma homenagem feita por estudantes e moradores do Parque Oziel a um ex-aluno da escola, falecido em 2016. Com paralisia cerebral, João ingressou na Emef Oziel Alves Pereira, sua primeira escola, em 2011, e sempre é lembrado por alunos, professores e funcionários com muitas saudades e carinho por seu carisma e dedicação aos estudos.
Os pais de João, presentes na inauguração vestidos com uma camiseta estampada com a foto do menino e com a frase “sou pai e mãe de anjo”, emocionaram os convidados com um discurso que contou a trajetória de João Henrique, desde seu nascimento, em outubro de 2002, até seu falecimento, em agosto de 2016.

Geral

Comissão de Humanização busca qualificar serviço prestado no Ouro Verde

Publicado

em

Por

O presidente da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar, Sérgio Bisogni, instituiu, por meio de resolução publicada no Diário Oficial desta terça-feira, 30 de novembro, a Comissão de Humanização no Complexo Hospitalar Prefeito Edivaldo Orsi (Hospital Ouro Verde). 

 

A comissão, formada por 16 integrantes de diversas áreas, com mandato de dois anos, desenvolverá projetos e ações envolvendo profissionais da unidade, gestores e usuários com estratégias de humanização direcionadas para o atendimento digno, ao acolhimento e a dissolução de conflitos.

 

Segundo a coordenadora de Humanização da Rede Mário Gatti, Lucimeire Martini, alguns projetos que já são desenvolvidos no Hospital Mário Gatti, como capelania, acolhimento psicológico, prontuário afetivo serão implantados no Ouro Verde, além de outros que serão exclusivos da unidade. Na próxima semana, a comissão se reunirá para definir projetos que serão implementados em 2022.

 

No próximo ano serão instituídas comissões também no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e nas unidades de pronto atendimento (UPA).

 

A instituição das comissões atende a Política Nacional de Humanização, que busca por em prática os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) no cotidiano dos serviços de saúde, para produzir mudanças nos modos de gerir e cuidar. A política nacional estimula a comunicação entre gestores, trabalhadores e usuários para construir processos coletivos de enfrentamento de relações de poder, trabalho e afeto.

 

Continue Lendo

Geral

Prefeitura entrega urbanização da Praça da Jaqueira, em Barão Geraldo

Publicado

em

Por

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, entregou, na manhã desta terça-feira, dia 30 de novembro, a urbanização da Praça Vicente Luciano de Carvalho, no Residencial Vitória Ropole, distrito de Barão Geraldo. A área, conhecida como Praça da Jaqueira, fica na Rua João Walter Vanucci. A população beneficiada é de 10 mil pessoas, do bairro e da região.

A área tem cerca de 2,5 mil metros quadrados. Com investimento de R$ 306 mil, o local recebeu campo de areia, academia ao ar livre, parquinho, calçada em concreto, iluminação, instalação de bancos, plantio de grama e paisagismo. A antiga jaqueira, que precisou ser retirada porque estava condenada e oferecendo riscos, foi transformada em mesas e bancos.

 

O nome da praça homenageia o morador do bairro Vicente Luciano de Carvalho, falecido em 24 de outubro deste ano. Ele adorava a natureza, os animais e conversar com os vizinhos.

 

“Esta obra de urbanização da área proporciona mais qualidade de vida às pessoas. E prestamos esta homenagem ao Vicente, muito querido aqui na região e que, de onde estiver, estará feliz. Estas entregas de áreas de lazer mostram a nossa retomada após o período mais difícil da pandemia, mas sem esquecer dos cuidados”, disse o prefeito, Dário Saadi.

 

A família do homeageado, a esposa Abadia Nogueira e os irmãos Vanuce, Mari e Daniel, participaram da cerimônia. “É uma honra ter na praça o nome do nosso irmão, que tanto gostava deste lugar.”, disse Vanuce. Emocionada, ela leu um poema. A esposa, Abadia, disse que tem certeza de que Vicente está feliz com a homenagem e, de onde estiver, vai cuidar da praça.

 

Também participaram da entrega o diretor do Departamento de Parques e Jardins, Luís Cláudio Mollo, que estava representando o secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella; o subprefeito de Barão Geraldo, Osvaldo Kaize; os vereadores Luiz Rossini, que estava representando o presidente da Câmara Municipal, Zé Carlos, e Nelson Hossri; o líder de bairro, Michel Siqueira; funcionários e moradores do bairro, inclusive crianças, que já aproveitaram para brincar nos novos equipamentos.

 

Sobre Vicente Luciano de Carvalho

 

Era morador de Barão Geraldo, faleceu no dia 24 de outubro deste ano, aos 65 anos. Trabalhava na PUC-Campinas. Adorava a natureza e os animais. Deixa a esposa, Maria Abadia Nogueira, não tem filhos. Quem está denominando a praça é o vereador Luiz Rossini.

 

 

 

 

 

Continue Lendo

Geral

Prefeitura convoca 21 agentes de educação infantil aprovados em 2019

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, está convocando 21 agentes de educação infantil aprovados em processo seletivo simplificado. A convocação pode ser consultada na edição desta quinta-feira, 30 de novembro, do Diário Oficial do Município (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial).

 

São vagas restantes da reunião realizada nesta segunda-feira, dia 29, e, para estas, foram chamados mais candidatos aprovados no processo seletivo realizado em 2019, cujo edital se encerra no dia 3 de dezembro e não poderá mais ser prorrogado.

 

A reunião para preenchimento destas vagas será realizada amanhã, dia 1º de dezembro, às 14h30, no Salão Vermelho do Paço Municipal, seguindo todos os protocolos de segurança em relação à Covid-19.

 

Para a reunião, os convocados devem levar um documento de identidade original com foto. Caso esteja com sintomas gripais ou não consiga comparecer, o candidato deve indicar um representante legal para a escolha da vaga e este deverá apresentar uma procuração simples, datada e assinada pelo candidato, além da cópia do documento de identidade (do candidato) e o documento de identidade original do procurador. A ausência do candidato ou de seu representante legal implicará  perda dos direitos legais decorrentes do processo seletivo simplificado.

 

A Prefeitura já enviou um email aos 21 convocados com as informações sobre as vagas. Caso a pessoa veja seu nome no Diário Oficial, mas não localizou o email, deve enviar uma mensagem para o endereço eletrônico para a Coordenadoria de Concursos ([email protected]) e esta área encaminhará as informações novamente. É importante que a pessoa tire todas as dúvidas via email antes da reunião, para dar mais agilidade no processo de preenchimento da vaga.

 

A Secretaria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas ressalta também que, caso sobrem vagas, uma última convocação será feita na quinta-feira, dia 2/12. 

 

A previsão é de que as pessoas convocadas neste certame para agente de educação infantil comecem a trabalhar no início de 2022. O prazo do contrato é de até 12 meses.

 

Como complemento ao Diário Oficial, os candidatos aprovados em concursos públicos e processos seletivos também podem acompanhar as convocações e demais informações sobre os certames pelo link “Concursos e Empregos”, disponível no site da Prefeitura e no endereço (https://novo.campinas.sp.gov.br/secretaria/gestao-e-desenvolvimento-de-pessoas/pagina/concursos-e-empregos).  Na página, o candidato tem acesso às convocações já feitas, vagas aceitas ou recusadas e a relação completa de classificados.

 

Serviço

 

Convocação de agentes de educação infantil

 

Data da convocação: 30 de novembro

 

Onde conferir a convocação: Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/).

 

Reunião de preenchimento de vagas: 1 de dezembro, quarta-feira

 

Horário: 14h30

 

Local: Salão Vermelho do Paço Municipal (Avenida Ancheita, 200 – Centro – Campinas)

Continue Lendo

Populares