Connect with us

Geral

Entrega de certidões regulariza mais 105 residências em Campinas

Publicado

em

Moradores dos núcleos residenciais Novo Jardim Santana e Jardim das Bandeiras receberam os títulos de suas propriedades na noite desta quinta-feira, dia 4 de agosto. No total, foram entregues 105 matrículas, 43 do primeiro e 62 do segundo bairro. O prefeito de Campinas, Dário Saadi, entregou em mãos algumas das escrituras durante cerimônia no Salão Vermelho, no Paço Municipal.

 

 

Com os títulos desta noite, a gestão municipal completa 4.645 escrituras de imóveis entregues entre 2021 e 2022. Segundo o prefeito Dário Saadi, esse resultado é fruto do trabalho que tem sido feito pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Habitação e da Cohab, para acelerar as regularizações e dar continuidade ao que já vinha sendo feito na administração anterior. “Esse é um projeto que tratamos com muito carinho e prioridade. As famílias que recebem seus títulos podem ter pensado que era impossível, mas hoje concluímos esse processo”, disse.

 

Publicidade

 

A matrícula é o título de propriedade emitida pelo cartório de registro de imóveis. O documento torna a família oficialmente proprietária do bem. Com ele, o morador ganha segurança jurídica. Pode fazer benfeitorias, vender ou transferir o imóvel.

 

 

Essa segurança foi citada pelo vereador Carmo Luís, que representou a Câmara Municipal, ao falar sobre a política pública promovida pela Prefeitura. De acordo com ele, a escritura traz dignidade aos moradores e é um legado para seus filhos. O vereador Luis Rossini também salientou a importância das matrículas para as famílias, que já tem raízes, uma história em seus bairros, e aguardavam há muitos anos.

Publicidade

 

 

A conquista da casa própria, para o secretário municipal de Habitação e presidente da Cohab Campinas, Arly de Lara Rômeo, é um sonho “acalentado por todos nós, por isso, a alegria das famílias em receber sua documentação”.

 

 

Publicidade

O evento também teve a participação do presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Vinicius Riverete, de diretores da Sehab e Cohab e de Mara Silva Fernandes, liderança do Novo Jardim Santana.

 

Depoimentos

 

 

Publicidade

Líder do Jardim das Bandeiras, Sandro Teixeira de Souza, confirmou a fala do secretário. “Hoje, os moradores poderão dormir tranquilos sabendo que suas casas estão regularizadas.”

 

 

As ocupações que deram origem a esses núcleos tiveram início há cerca de 40 anos. Os moradores haviam recebido anteriormente uma concessão de direito real de uso especial para fins de moradia e, agora, por meio da certidão de regularização fundiária, receberam o direito real de propriedade.

 

Publicidade

Moradora do Jardim Santana há 34 anos, Roseli Teixeira Novaes, casou e criou três filhos no núcleo. Hoje já tem duas netas. Ela destaca que foi uma dura batalha e que muitas vezes veio até a Prefeitura, ainda com os filhos pequenos, para cobrar pela regularização. “É uma alegria muito grande, uma conquista.”

Geral

Dário entrega mais uma cobertura de quadra em escola municipal

Publicado

em

Por

O prefeito Dário Saadi entregou, na manhã desta sexta-feira, 12 de agosto, a cobertura da quadra de esportes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Carmelina de Castro Rinco, no Jardim Cristina. Na ocasião, o chefe do Executivo afirmou que vai trocar o telhado de 70 escolas, assim como o piso das quadras de todas as Emefs. 

 

“O nosso objetivo sempre será melhorar a qualidade de ensino. Além dos pisos das quadras, vamos também trocar os telhados de 70 escolas”, afirmou o prefeito. 

 

O Secretário de Infraestrutura Carlos José Barreiro informou que o trabalho de cobertura da quadra de esportes foi realizado em cinco meses e a Prefeitura investiu R$ 597,2 mil. 

Publicidade

 

“Vamos cobrir todas as quadras de esportes das escolas municipais. Com isso, tanto a escola como a comunidade poderão usar as quadras em sua plenitude, independente das condições climáticas. Lembrando que criar as condições adequadas de estrutura para o aluno e professores é indispensável para a qualidade do ensino”, disse o secretário de Educação José Tadeu Jorge. 

 

A Emef Carmelina de Castro Rinco atende 353 alunos, com idades entre 6 a 14 anos. São estudantes matriculados do 1º ao 9ª ano.  

 

Publicidade

Atualmente, das 45 escolas de Ensino Fundamental da rede municipal, 24 delas estão com suas quadras cobertas.  Outras sete unidades estão com obras em andamento e as coberturas de 14 unidades devem entrar em licitação nas próximas semanas. 

 

A rede municipal de ensino tem 210 unidades próprias, sendo 165 de Educação Infantil e 45 de Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O município também tem 43 entidades conveniadas que atendem crianças de 0 a 5 anos. Ao todo são 65 mil alunos matriculados no município.

 

 

Publicidade

 

Continue Lendo

Geral

Centros de saúde estão abastecidos para campanha de pólio e multivacinação

Publicado

em

Por

A população de Campinas pode procurar 66 centros de saúde municipais para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação. Os estoques estão abastecidos e a Secretaria de Saúde alerta sobre a importância de manter a caderneta de vacinas em dia para evitar doenças preveníveis. A vacina contra a pólio é voltada para as crianças de 1 a 4 anos, mesmo as que já receberam as doses, e a multivacinação visa atualizar doses para os menores de 15 anos. 

 

A campanha começou na última segunda-feira, dia 8 de agosto, e termina em 9 de setembro. De acordo com balanço do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), nos dois primeiros dias, 918 crianças de 1 a 4 anos foram vacinadas contra a poliomielite em Campinas. Elas também tiveram a carteira de vacina avaliada pelas equipes dos centros de saúde e puderam atualizar outras doses faltantes. 

 

“Mesmo as crianças abaixo de 4 anos que tenham o esquema vacinal completo para a pólio estão recebendo a dose de reforço. Por isso é importante que os pais e responsáveis levem os pequenos até um centro de saúde”, explica a articuladora do Programa Municipal de Imunização, Chaúla Vizelli. A meta é vacinar 95% do público-alvo de menores de 4 anos, estimado em 58.813 crianças.

Publicidade

 

Pelos dados do início da campanha, nos dias 8 e 9 de agosto, 778 crianças menores de 1 ano compareceram às salas de vacina e 614 delas receberam algum tipo de vacina. Já entre a faixa de 5 a 14 anos, foram registrados 737 pessoas, sendo vacinadas 310, que estavam com alguma dose faltando na carteira de vacinação. Para a multivacinação a meta é atualizar o esquema vacinal das crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, de acordo com as recomendações do calendário nacional.

 

Os dados iniciais apontam que a participação da população precisa melhorar para ampliar a cobertura vacinal, segundo Vizelli. “Os estoques de vacinas estão normalizados e as equipes disponíveis nos centros de saúde. Tem havido redução no índice de vacinação e isso pode trazer de volta doenças consideradas erradicadas, como a poliomielite. Então, vacinar é a única opção para evitar essa série de doenças preveníveis e esperamos que as famílias levem seus menores de 15 anos para participar da campanha”, reforça.

 

Publicidade

As doses estarão disponíveis em 66 centros de saúde de Campinas (apenas o CS Boa Esperança não aplica a vacina). Não há necessidade de agendamento, basta comparecer no horário de funcionamento da sala de vacinas de cada CS. Pais e/ou responsáveis precisam apresentar a carteira de vacinação e documento com foto da criança ou adolescente. Não há necessidade de intervalo após a vacinação contra a covid-19.

 

Dia D

 

Para pessoas que tenham dificuldade de comparecer durante a semana aos centros de saúde, está agendado para o sábado, 20 de agosto, o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação.

Publicidade

 

Alerta da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) informa que a queda da imunização durante a pandemia de covid-19 equivale à perda de 30 anos de avanço na vacinação infantil, segundo apontado em relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). 

 

De acordo com a entidade, no Brasil, o cenário é tão preocupante como no resto do mundo: a cobertura vacinal contra a pólio (paralisia infantil) vem apresentando resultados abaixo da meta de 95% desde 2016. Neste ano, a porcentagem de crianças vacinadas contra o sarampo não chegou nem em 50%. E, desde o início da pandemia de covid-19, diminuiu o número de doses da vacina contra a febre amarela aplicadas em quatro regiões do País – na Norte foi registrada queda de 34,71%; na Centro-Oeste, 21,72%; na Sul, 63,50%; e na região Sudeste, 34,42%.

 

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Prefeitura altera cronograma do concurso para agente de educação infantil

Publicado

em

Por

A Secretaria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas publica nesta sexta-feira, 12 de agosto, comunicado que altera as datas inicialmente previstas do cronograma do concurso público para agentes de educação infantil. O comunicado pode ser consultado no Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/) e no site da Vunesp (www.vunesp.com.br).

 

No dia 16 de agosto estão previstas as publicações dos resultados das questões dissertativas e a nota de corte para essas questões. Nos dias 17 e 18 os candidatos poderão entrar com recurso sobre essas duas publicações.

 

No dia 9 de setembro, estão planejadas mais quatro publicações: resultado dos recursos sobre a nota de corte e sobre os resultados das questões dissertativas; o resultado da prova de títulos; a classificação prévia; e a convocação para avaliação presencial dos classificados como pessoas pretas e pardas e como pessoas com deficiência.

Publicidade

 

As demais datas do cronograma, neste momento, permanecem inalteradas.

 

“É importante que os candidatos acompanhem as publicações no Diário Oficial e no site da Vunesp. Qualquer alteração de cronograma, convocação ou outros assuntos importantes para os candidatos são divulgadas nesses meios”, explicou Juliana Miorin, coordenadora de Concursos, Recrutamento e Seleção.

 

Publicidade

Agente de Educação Infantil

 

O salário do agente de educação infantil é R$ 2.681,93 para uma jornada de 32 horas semanais e os profissionais também terão direito ao auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.350,00, além do vale-transporte, que é opcional e válido para Campinas.

 

Publicidade
Continue Lendo

Populares