Connect with us

Geral

Emdec realiza operação de trânsito e transporte para 2º turno das eleições

Publicado

em

Em razão do segundo turno das eleições 2018, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) realiza operação especial de trânsito e transporte no sábado e no domingo, 27 e 28 de outubro. A operação presta apoio aos trabalhos da Justiça Eleitoral, além de garantir segurança e fluidez viária. 

 

 

 

Na véspera da votação, a operação começa às 6h e se estende até as 18h. Haverá reservas de vagas na região central, tanto para estacionamento de veículos autorizados quanto para carga e a descarga das urnas eleitorais. A reserva de vagas abrange todo o entorno do Palácio da Justiça e os seguintes trechos:

 

 

 

– Rua Dr. Ernesto Khulmann, entre as vias General Osório e Dr. Campos Sales. 

 

– Rua General Osório, em toda a extensão que abrange os cruzamentos entre as vias José Paulino e Dr. Ernesto Khulmann; José Paulino e Regente Feijó (Palácio da Justiça); Regente Feijó e Francisco Glicério; Francisco Glicério e Barão de Jaguara; e Barão de Jaguara e Dr. Quirino.

 

– Rua José Paulino, entre as vias General Osório e Bernardino de Campos.

 

– Rua José Paulino, entre as vias Dr. Campos Sales e General Osório (Palácio da Justiça).

 

– Avenida Dr. Campos Sales, entre as vias José Paulino e Regente Feijó (Palácio da Justiça).

 

– Avenida Dr. Campos Sales, entre as vias Regente Feijó e Francisco Glicério.

 

– Rua Regente Feijó, entre as vias Bernardino de Campos e General Osório.

 

– Rua Barão de Jaguara, entre as vias Conceição e General Osório.

 

 

 

Apenas caso seja necessário, serão feitos bloqueios seletivos entre as vias Dr. Campos Sales e José Paulino, permitindo somente a passagem de ônibus do transporte coletivo e desviando o restante dos veículos para a Rua José Paulino.

 

 

 

Dia da Eleição

 

Já no domingo, dia 28 de outubro, quando a população vai às urnas, os trabalhos têm início às 6h e se estendem até o final da apuração dos votos. Haverá bloqueio viário na Avenida Dr. Campos Sales, no trecho entre a Rua José Paulino e a Avenida Francisco Glicério, entre 6h e 12h. Após as 12h, a interdição será parcial, conforme demanda. No trecho, haverá reserva de vagas para estacionamento de veículos realizando carga e descarga de urnas eleitorais.

 

 

 

Para o estacionamento de veículos a serviço da Justiça Eleitoral, haverá interdição de uma faixa da Rua José Paulino, entre as vias Dr. Campos Sales e General Osório (Palácio da Justiça); e General Osório e Bernardino de Campos.

 

 

 

O estacionamento de veículos estará impossibilitado em trecho da Rua General Osório, entre as vias José Paulino e Regente Feijó, para garantir fluidez no trânsito no entorno do Palácio da Justiça. Também ocorre reserva de vagas para veículos autorizados nos demais trechos operacionalizados na véspera.

 

 

 

Nos dois dias, serão autorizados bolsões de estacionamento para veículos identificados com credenciais da Justiça Eleitoral, na Praça Guilherme de Almeida (Palácio da Justiça) e no Largo do Rosário. No domingo, além desses pontos, haverá bolsões na Praça José Bonifácio (em frente à Catedral Metropolitana de Campinas) e na Praça Rui Barbosa.

 

 

 

Locais de votação

 

No dia das eleições, entre 7h e 18h, agentes da Mobilidade Urbana serão alocados nas seguintes escolas com seções eleitorais: E.E. Carlos Gomes, Etec Bento Quirino, E.E. Prof. Aníbal de Freitas, E.E. Profº Adalberto Nascimento, E.E. Profª Laís Bertoni Pereira, E.E. Prof° Benevenuto Torres e E.E. Elvira de Pardo Meo Muraro. 

 

 

 

Haverá ainda monitoramento nas demais unidades de ensino onde as votações ocorrem. Também serão monitoradas as principais vias de deslocamento dos corredores Centro, Taquaral, Avenida Engenheiro Antônio Francisco de Paula Souza, Amoreiras, Ruy Rodriguez, John Boyd Dunlop, Lix da Cunha, Sousas e Barão Geraldo. Para proporcionar fluidez e segurança ao trânsito, haverá monitoramento e intervenções nos tempos semafóricos nas vias com apoio operacional.

 

 

 

O esquema operacional para o segundo turno das eleições envolve equipes da Emdec, CIMCamp (Central Integrada de Monitoramento de Campinas), Guarda Municipal, Polícia Militar e Samu.

 

 

 

Transporte

 

Assim como ocorreu no primeiro turno das eleições, realizado em 7 de outubro, neste segundo turno, em 28 de outubro, a Emdec adotará frota reserva nos principais terminais para suprir eventuais necessidades de demanda, no período das 7h às 17h. Serão 31 veículos adicionais, distribuídos de forma estratégica nos terminais Barão Geraldo, Campo Grande, Central, Mercado, Ouro Verde e Vida Nova.

 

 

 

Em razão do bloqueio viário a ser executado na Avenida Dr. Campos Sales, no dia 28 de outubro, haverá alteração do itinerário de 31 linhas do transporte coletivo que circulam aos domingos, no período das 6h até o término da votação.

 

 

 

As linhas que normalmente acessam a Avenida Francisco Glicério pela Dr. Campos Sales farão o acesso pelas vias José Paulino e General Osório. São elas: 173, 240, 244, 253, 265, 271, 271.1, 341, 349, 353, 355, 362, 366, 368, 369, 375, 375.1, 380, 381, 382, 383, 385, 386, 391, 392, 395, 397, 403 e 408.

 

 

 

Já as linhas 344 e 499, que acessam a Avenida Francisco Glicério pelas vias José Paulino e Dr. Campos Sales, deverão seguir pela José Paulino até a General Osório e acessar a Francisco Glicério na sequência.

Geral

Ação da Vigilância Sanitária interdita um estabelecimento e autua quatro

Publicado

em

Por

A Coordenadoria da Vigilância Sanitária autuou quatro estabelecimentos e interditou um em ações de fiscalização ontem, sexta-feira, dia 9 de abril. A interdição se deu em um estabelecimento não essencial que estava funcionando e as autuações por serviços essenciais, que descumpriam os protocolos sanitários.


Com o objetivo de atender denúncias recebidas via 156, as equipes da Vigilância vistoriaram academias, salões de beleza, clínicas médicas, consultórios, supermercados, hortifrutis, padarias, açougues, sorveterias, lojas de suplementos, drogarias, comércios de vestuário, lanchonetes, bares, restaurantes e adegas. Os proprietários e responsáveis pelos estabelecimentos foram orientados sobre as medidas sanitárias obrigatórias previstas nos decretos municipais vigentes.


Durante a operação, houve colaboração da população, que abordou os fiscais para tirar dúvidas e fazer denúncias de estabelecimentos funcionando irregularmente.
Uma equipe de técnicos inspecionou uma instituição de longa permanência para idosos (ILPI), na Vila Industrial, para avaliação das medidas adotadas para a prevenção da Covid-19. Os fiscais constataram irregularidades sanitárias e abriram processo administrativo para apurar os fatos.


A Coordenadoria da Vigilância Sanitária reforça que a população pode denunciar situações em desacordo com os decretos municipais e demais medidas de controle para prevenção da Covid-19 pelo Portal do Cidadão – 156 (por telefone ou site) ou pelo Canal de Denúncias Estadual, tel: 0800-771 3541. O órgão também pede a colaboração dos cidadãos, com relação ao uso de máscara em locais públicos, higienização das mãos e para evitar aglomerações, principalmente festas clandestinas.

Continue Lendo

Geral

GM acaba com festa clandestina com 150 pessoas em chácara no São Judas

Publicado

em

Por

A Guarda Municipal encerrou na noite de ontem, sexta-feira, dia 9 de abril, uma festa clandestina na Chácara Líder, no bairro São Judas Tadeu. A corporação chegou ao local por meio de uma denúncia anônima. O evento contava com cerca de 150 pessoas. A maioria fugiu com a chegada da GM, mas 34 acabaram detidas, entre organizadores e frequentadores.


A GM apreendeu bebida alcoólica no local. A Prefeitura vai aplicar as medidas administrativas cabíveis e multa de R$ 3.030,88 para os frequentadores e de R$ 6.6061,76 para cada um dos organizadores e para o proprietário da chácara.


Os promotores da festa foram conduzidos até a 2ª Delegacia Seccional, onde foi lavrado um termo de ocorrência pelo descumprimento das medidas sanitárias. Eles assinaram  termo de compromisso de comparecimento no Juizado Especial Criminal e foram liberados pela autoridade policial.
 

Toque de Recolher

Ontem (sexta-feira, 9 de abril) à noite, durante o Toque de Recolher, 451 veículos foram abordados nos bloqueios e 494 pessoas orientadas sobre as medidas sanitárias.
Agentes dos órgãos fiscalizadores municipais visitaram 121 estabelecimentos e três foram lacrados, entre eles a festa clandestina no São Judas Tadeu e um bingo no Jardim Eulina ontem à tarde.

De 18 de março, quando passou a vigorar em Campinas o Toque de Recolher, até ontem, 9 de abril, já foram 8.368 veículos abordados, 12.194 pessoas orientadas sobre a importância de ficar em casa e os protocolos sanitários, além de 1.736 estabelecimentos comerciais fiscalizados. Destes, 256, fechados e 85 lacrados.

As blitze consistem em abordar veículos e questionar os ocupantes sobre o motivo pelo qual estão na rua. As pessoas são orientadas a voltar para casa se o deslocamento não for por uma razão emergencial ou de trabalho. Não há multa ou punição, pois o objetivo desta atividade é fazer um trabalho educativo e de orientação. Os bloqueios são realizados pela Guarda Municipal, que uniu esforços com as polícias militar e civil.

Além das barreiras, a Prefeitura também intensificou a fiscalização, que tem como objetivo verificar se os estabelecimentos comerciais estão cumprindo as determinações dos decretos municipais vigentes.
 

BALANÇO DAS OPERAÇÕES DIA A DIA

OBS: entre 18 e 25 de março e a partir de 5 de abril só constam os dados do Toque de Recolher. As operações de Barreira Sanitária foram realizadas entre os dias 26 de março e 4 de abril devido ao feriado prolongado da Capital e Grande São Paulo.

 
18/3 (1º dia)
467 veículos abordados
958 pessoas orientadas
64 estabelecimentos vistoriados
1 multa
32 fechamentos
12 intimações
 
19/3 (2º dia)
306 veículos abordados
430 pessoas orientadas
69 estabelecimentos fiscalizados
16 estabelecimentos fechados
9 estabelecimentos lacrados
Um princípio de pancadão, com cerca de 70 pessoas, foi dispersado na região do Campo Belo, onde 3 veículos foram autuados e 2 recolhidos.
 
20/3 (3º dia)
1.157 veículos abordados
2.020 pessoas orientadas
89 estabelecimentos fiscalizados
40 estabelecimentos fechados
10 estabelecimentos lacrados
Um pancadão, com cerca de 200 pessoas, foi debelado na região do Ouro Verde.
Quatro veículos foram recolhidos com base na Lei do Pancadão
 
21/3 (4º dia)
298 veículos abordados
524 pessoas orientadas
63 estabelecimentos fiscalizados
12 estabelecimentos fechados
6 estabelecimentos lacrados
O proprietário de uma Adega no San Martin, após romper o lacre de seu estabelecimento foi conduzido ao 1º DP por infração ao disposto no Art. 268 do Código Penal.
 
22/3 (5º dia)
309 veículos abordados
507 pessoas orientadas
94 estabelecimentos fiscalizados
24 estabelecimentos fechados
 
23/3 (6º dia)
158 veículos abordados
282 pessoas orientadas
68 estabelecimentos fiscalizados
3 estabelecimentos fechados
4 estabelecimentos lacrados
 
24/3 (7º dia)
361 veículos abordados
461 pessoas orientadas
86 estabelecimentos fiscalizados
4 estabelecimentos fechados
5 estabelecimentos lacrados
 
25/3 (8º dia)
311 veículos abordados
418 pessoas orientadas
89 estabelecimentos fiscalizados
10 estabelecimentos fechados
3 estabelecimentos lacrados
 
26/3 (9º dia do toque de recolher e início da barreira sanitária)
263 veículos abordados na barreira sanitária
340 veículos abordados no toque de recolher
351 pessoas orientadas
93 estabelecimentos fiscalizados
11 estabelecimentos fechados
3 estabelecimentos lacrados

27/3 (10º dia)
317 veículos abordados na barreira sanitária
170 veículos abordados no toque de recolher
436 pessoas orientadas
94 estabelecimentos fiscalizados
33 estabelecimentos fechados
8 estabelecimentos lacrados
 
28/3 (11º dia)

216 veículos abordados na barreira sanitária
269 veículos abordados no toque de recolher
597 pessoas orientadas
54 estabelecimentos fiscalizados
14 estabelecimentos fechados
3 estabelecimentos lacrados
 
29/3 (12º dia)
297 veículos abordados na barreira sanitária
336 veículos abordados no toque de recolher
449 pessoas orientadas
68 estabelecimentos fiscalizados
6 estabelecimentos fechados
3 estabelecimentos lacrados
 
30/3 (13º dia)
120 veículos abordados na barreira sanitária
387 veículos abordados no toque de recolher
466 pessoas orientadas
73 estabelecimentos fiscalizados
6 estabelecimentos fechados
2 estabelecimentos lacrados
 
31/3 (14º dia)
271 veículos abordados na barreira sanitária
231 veículos abordados no toque de recolher
347 pessoas orientadas
68 estabelecimentos comerciais fiscalizados
14 estabelecimentos fechados
4 estabelecimentos lacrados
 
1º/4 (15º dia)

335 veículos abordados na barreira sanitária
398 veículos abordados no toque de recolher
577 pessoas orientadas
12 veículos recolhidas
78 estabelecimentos comerciais fiscalizados
3 estabelecimentos fechados
1 estabelecimento lacrado
 
2/4 (16º dia)
298 veículos abordados na barreira sanitária
397 veículos abordados no toque de recolher
540 pessoas orientadas
1 veículo recolhido
64 estabelecimentos comerciais fiscalizados
6 estabelecimentos lacrados

3/4 (17º dia)
278 veículos abordados na Barreira Sanitária
319 veículos abordados no toque de recolher
459 pessoas orientadas
3 veículos recolhidos
47 estabelecimentos comerciais fiscalizados
8 estabelecimentos fechados
3 estabelecimentos lacrados (2 bares e uma Adega)
Adega lacrada, no Jardim São Fernando com cerca de 800 pessoas. Público dispersado.

4/4 (18º dia do toque de recolher e último dia da barreira sanitária)
234 veículos  abordados na barreira sanitária
289 veículos abordados no toque de recolher
439 pessoas orientadas
13 veículos recolhidos
53 estabelecimentos comerciais fiscalizados
3 estabelecimentos fechados

5/4 (19º dia)
365 veículos abordados
340 pessoas orientadas
60 estabelecimentos comerciais fiscalizados
5 estabelecimentos fechados

6/4 (20º dia)
345 veículos abordados
396 pessoas orientadas
58 estabelecimentos comerciais fiscalizados
4 estabelecimentos fechados
3 estabelecimentos lacrados

7/4 (21º dia)
296 veículos abordados no toque de recolher
307 pessoas orientadas
71 estabelecimentos comerciais fiscalizados
4 estabelecimentos fechados
4 estabelecimentos lacrados

8/4 (22º dia)
408 veículos abordados no toque de recolher
396 pessoas orientadas
112 estabelecimentos comerciais fiscalizados
4 estabelecimentos fechados
5 estabelecimentos lacrados

9/4 (23º dia)
451 veículos abordados no toque de recolher
494 pessoas orientadas
121 estabelecimentos comerciais fiscalizados
3 estabelecimentos lacrados

TOTAL TOQUE DE RECOLHER
8.368 veículos abordados no toque de recolher
12.194 pessoas orientadas
1.736 estabelecimentos comerciais fiscalizados
256 estabelecimentos fechados
85 estabelecimentos lacrados


TOTAL BARREIRAS SANITÁRIAS (finalizadas)
Em dez dias de operações, foram abordados 2.629 veículos. Média de 263 carros por dia.

Continue Lendo

Geral

Prefeito participa de Dia D da Campanha Campinas Sem Fome no Paço

Publicado

em

Por

O Dia D da Campanha Campinas Sem Fome começou a receber doações pelo sistema drive-thru no Paço Municipal na manhã deste sábado, dia 10 de abril, com a participação do prefeito de Campinas, Dário Saadi, e outras autoridades. Até às 14h, 6,8 mil quilos de alimentos não perecíveis chegaram ao Banco de Alimentos. A arrecadação vai até às 17h de hoje e continua também amanhã, domingo, entre 9h e 17h.


A mobilização é na Prefeitura (Av. Anchieta, 200, Centro), com acesso pela Rua Barreto Leme. Para evitar aglomeração, não é necessário descer do veículo para entregar a doação. Basta parar num dos pontos de coleta, sendo o primeiro próximo à entrada do arruamento do Paço e o outro na entrada do estacionamento externo. Os voluntários retiram os produtos e direcionam para serem transportados em vans até o Banco de Alimentos. Os donativos serão destinados às famílias em situação de vulnerabilidade social e nutricional.


O prefeito Dário Saadi acompanhou o Dia D das doações desde o final da manhã. Ele cumprimentou os voluntários, as pessoas que foram levar alimentos e produtos de limpeza e higiene e ajudou na retirada das doações dos veículos. Ele estava acompanhado pela secretária de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, Vandecleya Moro; pelo vice-prefeito, Wanderley de Almeida; e pela Comandante da Guarda Municipal, Maria de Lourdes Soares.


A ação tem apoio das secretarias e autarquias municipais, da Guarda Municipal, Ceasa, Sanasa, Emdec e da Transurc. O Exército também apoia com duas equipes, uma no Paço e a outra na sede do Banco de Alimentos, onde será feita a triagem, pesagem e armazenamento adequado.


O prefeito fez uma avaliação desta manhã. “A Campanha está sendo um sucesso e a participação da população hoje é muito importante. As doações deste Dia ia D vão se somar às 230 toneladas de produtos que já foram enviadas ao Banco de Alimentos”, disse Dário. “Também é importante ressaltar que a Prefeitura não criou uma entrega paralela. A distribuição das doações está sendo feita pelas entidades assistenciais cadastradas na Prefeitura, não tem nenhum marketing”, frisou Dário.

 
Até ontem (sexta-feira, 9 de abril), mais de 230 toneladas de produtos chegaram ao Banco de Alimentos. O prefeito disse ainda que a Campanha continua por tempo indeterminado. “Vamos avaliando a cada semana, mas a ideia é manter”, informou.

O Dia D da Campanha Campinas contra a Fome conta com a participação de 130 voluntários, todos servidores públicos. As doações serão destinadas às 145 organizações da sociedade civil, parceiras do poder público que atuam nas comunidades. A entrega para as mais de 34 mil famílias inscritas no aplicativo “Viva Vida” terá data e hora agendada pelo próprio aplicativo e é feita de forma a evitar aglomerações.

Continue Lendo







Populares