Connect with us

Geral

Emdec inicia novo processo de redução de velocidade na Campos Sales

Publicado

em

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) inicia nesta segunda-feira, dia 11 de dezembro, novo processo de redução da velocidade máxima permitida na Avenida Dr. Campos Sales. Com quatro faixas de rolamento, a via é um dos principais corredores do transporte público coletivo no Centro, com faixas exclusivas para os ônibus à direita e à esquerda. Também possui intenso fluxo veicular e de circulação de pedestres.

 

 

 

A velocidade máxima permitida cairá de 50 km/h para 40 km/h. Em agosto de 2016, a velocidade máxima permitida na via já havia abaixado de 60 km/h para 50 km/h, quando ocorreu a implantação de nova faixa exclusiva para os ônibus.

 

 

 

A alteração da sinalização viária, com a implantação de novas placas de trânsito, começa nesta segunda. Nos próximos dias, a Campos Sales receberá equipamento de fiscalização eletrônica, que será implantado no semáforo do cruzamento com a Rua Álvares Machado. O equipamento irá detectar o avanço de sinal vermelho, parada sobre a faixa de pedestre e velocidade.

 

 

 

O novo processo de transição da velocidade máxima na Campos Sales terá em torno de 45 dias, com o início da efetiva fiscalização na segunda quinzena de janeiro de 2018. O período é necessário para a realização de teste assistido, pela Emdec; e nova adaptação dos motoristas.

 

 

 

“Estamos perseguindo, continuamente, a meta da redução dos acidentes e mortes no trânsito de Campinas. A redução da velocidade em importantes vias é uma grande aliada na concretização deste objetivo”, revela o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro.

 

 

 

Para Barreiro, “com velocidades menores, o grau de severidade e risco de fatalidade, durante um acidente de trânsito, também são reduzidos; além de aumentar a sensação de segurança viária”.

 

 

 

Características

 

Estudo técnico realizado pela Emdec constatou que a velocidade praticada pelos veículos na Avenida Dr. Campos Sales, principalmente no trecho próximo à Rua Álvares Machado, provoca riscos potenciais para a circulação dos pedestres. O local tem intenso comércio, com pessoas transitando a todo o momento.

 

 

 

A via também possui declividade, que colabora para o desenvolvimento da velocidade. Além da várias entradas e saídas de veículos, para os diversos estabelecimentos e estacionamentos ao longo da sua extensão.

 

 

 

A Campos Sales tem faixa exclusiva de ônibus à direita, da Rua 11 de Agosto até a Avenida Francisco Glicério; e também à esquerda, da 11 de Agosto até a Rua José Paulino.

 

 

 

Pelo local circulam 100 linhas de ônibus. São 477 veículos vinculados à frota, com circulação média de 227 ônibus por hora. São nove pontos de embarque e desembarque. Por dia útil, circulam pela via uma média de 15 mil veículos.

 

 

 

Redução da velocidade

 

O processo de redução da velocidade máxima em importantes vias do município começou em outubro de 2015, com a Avenida Dr. Heitor Penteado. Confira as vias até aqui:

 

 

 

– Avenida Dr. Heitor Penteado (entorno da Lagoa do Taquaral): de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenida Francisco Glicério: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenida Dr. José Roberto Magalhães Teixeira (Marginal do Piçarrão): de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenidas Mackenzie / Iguatemi: de 70 km/h para 60 km/h (Mackenzie). Nos trechos de travessia de pedestres (Iguatemi), de 60 km/h para 50 km/h e 40 km/h.

 

 

– Avenida Benjamin Constant: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenida Dr. Campos Sales: de 60 km/h para 50 km/h e 40 km/h.

 

 

– Avenida da Saudade: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Rua da Abolição: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Rua Carolina Florence: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Rua Dr. Buarque de Macedo: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenida Dr. Campos Sales: de 50 km/h para 40 km/h.

 

 

 

Penalidades

 

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê as seguintes penalidades para o desrespeito à velocidade máxima regulamentada na via:

 

 

– Transitar acima da velocidade máxima permitida em até 20%. Infração Média, com 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 130,16.

 

 

– Transitar acima da velocidade máxima permitida em mais de 20% e até 50%.  Infração Grave, com 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 195,23.

 

 

– Transitar acima da velocidade máxima permitida em mais de 50%. Infração Gravíssima, com 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 880,41 (3 vezes o valor da multa por infração gravíssima), suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

Geral

Liberadas mais vagas para vacinar gestantes da área da saúde contra Covid

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Campinas vai reabrir, a partir das 19h desta quarta-feira, 5 de maio, o agendamento para a vacinação de trabalhadoras de saúde
No grupo de trabalhadoras de saúde estão incluídas as profissionais que têm graduação ou curso técnico na área e as mulheres que trabalham no setor, incluindo recepcionistas de serviços de saúde, trabalhadoras da limpeza e lavanderias de serviços de saúde, cozinheiras de serviços de saúde, balconistas de farmácias, drogarias, entre outras que trabalham em estabelecimentos como hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios, drogarias, farmácias entre outros, além de cuidadoras de idosas registradas por empresas da área.
Profissionais de saúde devem apresentar o registro no Conselho de Classe e/ou outro comprovante, além de comprovante de trabalho no setor, que pode ser contrato de trabalho, contrato de prestação de serviços, holerite, crachá (desde que contenha minimamente as informações: nome do estabelecimento, nome e sobrenome da pessoa, cargo ou função) ou declaração emitida pelo serviço de saúde que comprove o vínculo empregatício da pessoa.
Grávidas e puérperas terão que levar o cartão pré-natal (caderneta da gestante). As lactantes devem apresentar a certidão de nascimento do bebê.
Todas as agendadas terão que apresentar o comprovante de agendamento impresso ou salvo como imagem em seu celular, documento oficial com foto e comprovante de residência no município em seu nome.

Continue Lendo

Geral

Aberto agendamento para vacinação de pessoas a partir dos 60 anos

Publicado

em

Por

Continue Lendo

Geral

Campinas zera fila de espera por leitos de enfermaria e UTI-Covid

Publicado

em

Por

Continue Lendo







Populares