Connect with us

Geral

Emdec inicia novo processo de redução de velocidade na Campos Sales

Publicado

em

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) inicia nesta segunda-feira, dia 11 de dezembro, novo processo de redução da velocidade máxima permitida na Avenida Dr. Campos Sales. Com quatro faixas de rolamento, a via é um dos principais corredores do transporte público coletivo no Centro, com faixas exclusivas para os ônibus à direita e à esquerda. Também possui intenso fluxo veicular e de circulação de pedestres.

 

 

 

A velocidade máxima permitida cairá de 50 km/h para 40 km/h. Em agosto de 2016, a velocidade máxima permitida na via já havia abaixado de 60 km/h para 50 km/h, quando ocorreu a implantação de nova faixa exclusiva para os ônibus.

 

 

 

A alteração da sinalização viária, com a implantação de novas placas de trânsito, começa nesta segunda. Nos próximos dias, a Campos Sales receberá equipamento de fiscalização eletrônica, que será implantado no semáforo do cruzamento com a Rua Álvares Machado. O equipamento irá detectar o avanço de sinal vermelho, parada sobre a faixa de pedestre e velocidade.

 

 

 

O novo processo de transição da velocidade máxima na Campos Sales terá em torno de 45 dias, com o início da efetiva fiscalização na segunda quinzena de janeiro de 2018. O período é necessário para a realização de teste assistido, pela Emdec; e nova adaptação dos motoristas.

 

 

 

“Estamos perseguindo, continuamente, a meta da redução dos acidentes e mortes no trânsito de Campinas. A redução da velocidade em importantes vias é uma grande aliada na concretização deste objetivo”, revela o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro.

 

 

 

Para Barreiro, “com velocidades menores, o grau de severidade e risco de fatalidade, durante um acidente de trânsito, também são reduzidos; além de aumentar a sensação de segurança viária”.

 

 

 

Características

 

Estudo técnico realizado pela Emdec constatou que a velocidade praticada pelos veículos na Avenida Dr. Campos Sales, principalmente no trecho próximo à Rua Álvares Machado, provoca riscos potenciais para a circulação dos pedestres. O local tem intenso comércio, com pessoas transitando a todo o momento.

 

 

 

A via também possui declividade, que colabora para o desenvolvimento da velocidade. Além da várias entradas e saídas de veículos, para os diversos estabelecimentos e estacionamentos ao longo da sua extensão.

 

 

 

A Campos Sales tem faixa exclusiva de ônibus à direita, da Rua 11 de Agosto até a Avenida Francisco Glicério; e também à esquerda, da 11 de Agosto até a Rua José Paulino.

 

 

 

Pelo local circulam 100 linhas de ônibus. São 477 veículos vinculados à frota, com circulação média de 227 ônibus por hora. São nove pontos de embarque e desembarque. Por dia útil, circulam pela via uma média de 15 mil veículos.

 

 

 

Redução da velocidade

 

O processo de redução da velocidade máxima em importantes vias do município começou em outubro de 2015, com a Avenida Dr. Heitor Penteado. Confira as vias até aqui:

 

 

 

– Avenida Dr. Heitor Penteado (entorno da Lagoa do Taquaral): de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenida Francisco Glicério: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenida Dr. José Roberto Magalhães Teixeira (Marginal do Piçarrão): de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenidas Mackenzie / Iguatemi: de 70 km/h para 60 km/h (Mackenzie). Nos trechos de travessia de pedestres (Iguatemi), de 60 km/h para 50 km/h e 40 km/h.

 

 

– Avenida Benjamin Constant: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenida Dr. Campos Sales: de 60 km/h para 50 km/h e 40 km/h.

 

 

– Avenida da Saudade: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Rua da Abolição: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Rua Carolina Florence: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Rua Dr. Buarque de Macedo: de 60 km/h para 50 km/h.

 

 

– Avenida Dr. Campos Sales: de 50 km/h para 40 km/h.

 

 

 

Penalidades

 

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê as seguintes penalidades para o desrespeito à velocidade máxima regulamentada na via:

 

 

– Transitar acima da velocidade máxima permitida em até 20%. Infração Média, com 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 130,16.

 

 

– Transitar acima da velocidade máxima permitida em mais de 20% e até 50%.  Infração Grave, com 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 195,23.

 

 

– Transitar acima da velocidade máxima permitida em mais de 50%. Infração Gravíssima, com 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 880,41 (3 vezes o valor da multa por infração gravíssima), suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

Geral

Saúde aplica mais de 2 mil doses de vacina contra a covid-19 no sábado, 27

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde aplicou durante este sábado, 27 de novembro, 2.168 doses de vacina contra a covid-19, por meio da ação Campinas Vacina Mais. Pessoas de todas as faixas de idade acima dos 12 anos puderam se vacinar, sem precisar fazer agendamento, em diversos pontos. 

 

As ações do Campinas Vacina Mais começaram na sexta-feira, 26 de novembro, e seguem durante este domingo, dia 28. O objetivo é aumentar a cobertura vacinal, principalmente nos adolescentes e nos adultos entre 18 e 24 anos. O balanço completo do fim de semana será divulgado na segunda-feira.

 

Estão sendo aplicadas primeiras e segundas doses, assim como as doses adicionais. No caso das duas últimas, serão cumpridos os intervalos estabelecidos pelo Programa Estadual de Imunização (confira abaixo). 

 

Todas as pessoas precisam levar CPF e comprovante de endereço. No caso de segunda dose ou dose adicional é necessário apresentar o cartão de vacinação.

 

Intervalo

 

Vacina da Pfizer – para receber a segunda dose da Pfizer é preciso um intervalo de pelo menos 21 dias (três semanas) para pessoas a partir de 18 anos. No caso de adolescentes, o intervalo é a partir de oito semanas.

 

Vacina Astrazeneca – o intervalo entre as doses da vacina da Astrazeneca é de, no mínimo, oito semanas.

 

Vacina CoronaVac – o intervalo entre as doses da vacina CoronaVac é de quatro semanas.

 

Dose adicional – Pessoas a partir de 18 anos precisam ter completado o esquema vacinal há pelo menos cinco meses. Pessoas com alto grau de imunossupressão podem receber a dose adicional a partir de 28 dias da segunda dose.

 

Agendamento

 

Independentemente do “Campinas Vacina Mais”, o agendamento para receber as vacinas contra a covid-19 continua aberto.

 

A escolha do dia, horário e local pode ser feita no site https://vacina.campinas.sp.gov.br

Continue Lendo

Geral

Centros de Saúde começam a vacinar alunos em escolas da rede estadual

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou a vacinação contra covid-19 nas escolas estaduais de Campinas para ampliar a cobertura vacinal de adolescentes e jovens adultos. Cada centro de saúde está responsável pela imunização das comunidades escolares das suas áreas de abrangência. O calendário é organizado de acordo com a disponibilidade dos estabelecimentos de Educação e de Saúde. As ações fazem parte do “Campinas Vacina Mais”, com vacinação sem agendamento em pontos estratégicos da cidade, iniciada em 23 de outubro. 

 

A medida foi tomada depois que um levantamento do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) apontou que cerca de 23 mil alunos da rede estadual com idade a partir de 12 anos estão sem a primeira dose da vacina. Em relação à segunda dose, são cerca de 14 mil com a imunização incompleta.

 

Em Campinas, a cobertura vacinal de primeira dose dos adolescentes entre 12 e 14 anos é de 64,3%. Entre as pessoas de 15 a 17 anos, a cobertura é de 67,1%.

 

Documentos

 

Os menores de idade devem levar RG e/ou CPF e autorização dos pais. Os adultos devem apenas levar o documento.

 

Campinas Vacina Mais

 

Neste final de semana, de 27 e 28 de novembro, serão realizadas outras ações do Campinas Vacina Mais em vários pontos da cidade. 

 

Clique e confira os locais e endereços em https://vacina.campinas.sp.gov.br/vacinas/covid-19.

 

 

Agendamento

 

Independente das ações do “Campinas Vacina Mais”, o agendamento para receber as vacinas contra a covid-19 continua aberto. 

 

A escolha do dia, horário e local pode ser feita no site https://vacina.campinas.sp.gov.br.

Continue Lendo

Geral

Performance será ato pela valorização da arte e história afro-descendente

Publicado

em

Por

No mês da Consciência Negra e combate ao racismo, os artistas Andrea Mendes e Antônio Pulquerio realizarão uma performance no Parque Portugal (Lagoa do Taquaral). A atividade artística terá início às 10h no portão principal da área de lazer e continuará até o Lago do Café, onde percorrerá as alamedas até a Casa de Vidro. Para finalizar, será feita uma ação de ativação artística na Liteira, que integra o acervo do Museu da Cidade.
Segundo os organizadors, a performance/cortejo revisita ritos ancestrais, evoca presenças de antepassados afro-descendentes para reviver memórias de origens que transcendem o peso das desumanizações que marcaram os corpos de seu povo. Os artistas classificam a performance como “uma celebração de (re)existência que proclama: Arroba não! Somos o peso milenar da nossa força ancestral!”
A intervenção é parte das ações artísticas realizadas durante a exposição “Ocupação Escritas Ocultadas”, que tem como curadora Sônia Fardin.

Data – 27/11
Início – 10h, no portão 1 do Parque Portugal (Taquaral)
Término – 11h, no Museu Casa de Vidro

Continue Lendo

Populares