Connect with us

Geral

Emdec adota recursos virtuais para conscientização na volta às aulas

Publicado

em

Para garantir que o trabalho de educação e conscientização no trânsito seja realizado com a comunidade escolar mesmo durante a pandemia, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) lançou nesta semana, no endereço eletrônico bit.ly/voltaàsaulasemdec, materiais pedagógicos sobre mobilidade urbana e segurança no trânsito voltados às redes pública e privada de ensino. 

 

Foram desenvolvidos dois materiais: um infográfico interativo que apresenta informações em um cenário da chegada à escola, para alunos de Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II, e um quiz “Quem é você no trânsito?”, que pergunta sobre atitudes na circulação aos alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, traçando quatro diferentes perfis. 

 

“A Emdec já realiza diversas ações e programas de educação nas escolas, mas preparamos novas soluções de aprendizagem a distância para preservar os professores e alunos na pandemia da Covid-19”, destaca o diretor-presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva. “O infográfico e o quiz foram criados por nosso setor de Educação, apostando em elementos de jogos (games) para alcançar o público-alvo”.  

 

O infográfico interativo traz orientações de segurança ao circular pela cidade a pé, de bicicleta, moto, carro, ônibus e transporte escolar.

 

Já o quiz apura como o estudante atravessa a rua, o que faz ao embarcar no veículo, o comportamento no ônibus, o que observa na chegada à escola e os cuidados usando bicicleta ou skate. Dependendo da pontuação das respostas, o resultado pode ser “Informado(a)”, “Distraído(a)”, “Observador(a) e cuidadoso(a)” ou “Atento(a), multiplicador(a) e responsável”. Ao final do questionário, é possível imprimir marcadores de página com os personagens Leo, Tavinho, Aninha e Dani.  

 

Para a divulgação dos materiais, a Emdec fez contato com as diretorias de ensino Leste e Oeste do Estado, com a Secretaria Municipal de Educação e com escolas da rede particular.  

 

Educação on-line  

Em razão da pandemia, a Emdec tem expandido suas ações educativas pela internet. O projeto “A gente aprende. Agente ensina”, por exemplo, em que os agentes da mobilidade urbana orientam alunos de Ensino Fundamental e Médio nas salas de aula, já conta com uma versão em vídeo, que pode ser acessada em bit.ly/Vídeos_Agente_Ensina. A ideia é ampliar esta e outras soluções on-line.   

 

Fale Conosco 

Para conhecer todos os programas de educação de trânsito da Emdec, acesse www.emdec.com.br/educacao. Se desejar fazer parcerias com a área de Educação, entre em contato pelo Fale Conosco, em www.emdec.com.br/faleconosco ou no aplicativo da Emdec.

Geral

Saúde atualiza dados do novo coronavírus em Campinas nesta quinta-feira

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Saúde registrou mais 36 casos de Covid-19 em Campinas nesta quinta-feira, dia 5 de março. O sistema do Ministério da Saúde está fora do ar, comprometendo a notificação de casos. Agora são 70.795 na cidade.

Foram registradas mais nove mortes pela Covid-19, que agora somam 1.914. Desses nove óbitos, cinco eram homens e quatro mulheres. Apenas uma pessoa não tinha doenças preexistentes.

Vítimas

Das nove mortes, seis tinham mais de 60 anos.
– Homem de 56 anos. Tinha comorbidades. Morreu no dia 2 de março.
– Mulher de 68 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 2 de março.
– Mulher de 70 anos. Tinha comorbidades. Morreu no dia 2 de março.
– Homem de 68 anos. Tinha comorbidades. Morreu no dia 3 de março.
– Homem de 81 anos. Tinha comorbidades. Morreu no dia 15 de janeiro.
– Homem de 75 anos Tinha comorbidades. Morreu no dia 18 de fevereiro.
– Homem de 76 anos. Tinha comorbidades. Morreu no dia 19 de fevereiro.
– Mulher de 57 anos. Tinha comorbidades. Morreu no dia 25 de fevereiro.
– Mulher de 56 anos. Não tinha comorbidades. Morreu no dia 28 de fevereiro.

Vacinação

A vacinação contra o novo coronavírus prossegue em Campinas. Já foram aplicadas 67.534 primeiras doses e 30.596 segundas doses, segundo mais recente levantamento da Secretaria Municipal de Saúde.

Continue Lendo

Geral

Gripário do Hospital Metropolitano já está recebendo pacientes

Publicado

em

Por

O Hospital Metropolitano, mais uma unidade de saúde que reforçará o combate à pandemia do novo coronavírus em Campinas, começou a funcionar às 15h desta quinta-feira, dia 4 de março. Até as 17h, havia recebido 15 pacientes. A unidade permanecerá aberta também durante a noite. Nos próximos dias, dez leitos de UTI e 20 de enfermaria Covid serão abertos no Metropolitano, que desde terça-feira está sob gestão da Rede Mário Gatti.
A área farmacêutica e sete leitos exclusivos para esse atendimento já estão estruturados nesse novo espaço. A rede de gases também já foi revisada. Os primeiros pacientes a serem atendidos no Metropolitano foram transferidos do gripário, que atualmente funciona no Ambulatório do Hospital Mário Gatti .
Com isso, os pacientes que procurarem o ambulatório a partir de agora serão direcionados para o Metropolitano. O gripário é um espaço exclusivo para o atendimento de pessoas com sintomas gripais, funciona como um pronto-socorro e a demanda é espontânea.
Atualmente, o gripário está atendendo entre 120 e 140 pessoas por dia (contra até 100 pessoas/dia em fevereiro) e já terá imediatamente sete leitos de observação, o que não havia no espaço antigo. Alguns pontos importantes diferenciam o novo espaço para atender o aumento da procura: a estrutura oferece mais recursos e conforto aos usuários e profissionais. Um grande reforço, a partir de agora, é que o espaço também contará com 12 pontos de oxigenoterapia, que substituem os antigos cilindros.
A equipe conta com médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem e poderá ser reforçada conforme necessidade. Todo o gerenciamento da unidade – após a incorporação pela Prefeitura Municipal de Campinas – ficará a cargo da Rede Mário Gatti, incluindo a estrutura física, remanejamentos ou contratações emergenciais.

Continue Lendo

Geral

Mortes por Covid-19 em pessoas com menos de 60 anos aumentam na cidade

Publicado

em

Por

O prefeito Dário Saadi participou na manhã desta quinta-feira, dia 4 de março, da reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 e fez um alerta sobre o aumento no número de mortes de pessoas com menos de 60 anos na cidade.

Nos três primeiros meses de pandemia, em 2020, Campinas registrou 34 óbitos nesta faixa etária; este ano, até o momento, já foram 54 mortes. O número de internações entre menores de 60 anos também aumentou 48%, passando de 344 para 713.

“É um dado assustador e importante. O vírus não descansa, não podemos relaxar”, disse o prefeito. “É muito triste ver jovens sendo entubados, por isso todos temos que nos conscientizar de que o que estamos passando não é brincadeira, por isso, cuidem-se”, completou.

Até o momento, Campinas registrou 1.905 óbitos e 70.759 casos de Covid-19.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Andrea von Zuben, o momento é crítico e todo cuidado se faz necessário. “As pessoas precisam se conscientizar de que o distanciamento social e o uso da máscara e do álcool em gel são as grandes armas que temos, enquanto a vacina não chega para todos”, disse Andrea. “Independente do tipo de vírus que está em circulação, as pessoas têm que adotar todas as medidas de segurança”, completou.

Continue Lendo









<





Populares