Connect with us

Geral

Elefanta Ramba morre em santuário na Chapada dos Guimarães

Published

on

Dois meses depois de chegar ao Santuário de Elefantes Brasil, na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, morreu na quinta-feira (26) a elefanta Ramba. O animal chegou em outubro ao Brasil, desembarcando no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, vinda do Chile. Ramba tinha 53 anos e pesava aproximadamente 4 toneladas. Ela sofria de problemas renais crônicos.

“É com imenso pesar que comunicamos o falecimento de Ramba. Nossa vovó teimosa, linda e maior que a própria vida, não tinha mais forças para lutar contra seus problemas renais”, informou o santuário por meio do Facebook. Ramba é considerada a última elefanta de circo do Chile.

Ramba foi comprada na Ásia e levada para a Argentina, onde trabalhou em diversos circos até que em 1995 chegou ao Chile para apresentações no Los Tachuelas, o circo mais famoso do país. “Quando Ramba foi diagnosticada com doença renal, ainda no Chile, há sete anos, tínhamos muita esperança que ela conseguisse viver por mais um ano, no mínimo. Milagrosamente esse ano transformou-se em sete, dando-lhe forças que a ajudaram a chegar ao Santuário”, afirma o post do Santuário.

“Parece que os elefantes possuem um conhecimento profundo e inexplicável sobre a vida. Prometemos, repetidas vezes, que ela viria para o Santuário e ela lutou para chegar até aqui. Aqui encontrou uma alegria gigantesca, conseguiu explorar como sempre desejara e descobriu o sentido da verdadeira amizade. Talvez fosse tudo o que ela precisava e merecia”, disse o comunicado do santuário.

Resgate

Em 1997, após denúncias de maus-tratos e posse ilegal de animais, Ramba foi confiscada pelo Serviço Agrícola e Pecuário do Chile e proibida de fazer apresentações apesar de o circo continuar como seu depositário. O resgate de Ramba foi em 2011, após decisão judicial conseguida pela ONG chilena Ecópolis. Ela foi levada ao Parque Safári do Chile, localizado em Rancágua. O local fica a cerca de 97 quilômetros de Santiago do Chile. No entanto, por causa da localização do parque, atrás da Cordilheira dos Andes, a elefanta sofria com os invernos rigorosos.

Ramba tinha várias cicatrizes devido ao uso de correntes e sofria de problemas renais crônicos, decorrentes de falta de água potável – herança da época de circo.

“Sua morte deve ter sido repentina pois a grama ao seu redor estava intocada. Apenas um lindo elefante, deitado em um belo pasto, os olhos suavemente fechados e o rosto doce, tão calmo como costumava ser”, contou o Santuário.

Fonte EBC

Geral

Campinas vacina 27.870 e alcança marca de 100 mil doses feitas em Dias D

Published

on

By

Campinas aplicou 27.870 doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado, 19/06, no quarto Dia D contra a doença na cidade. Com o resultado de hoje, o município alcançou 100.104 doses aplicadas em quatro edições da estratégia. Também neste sábado foi a maior quantidade de doses aplicadas  em um único dia na cidade desde o início da campanha.

 

No primeiro Dia D, em 22 de maio, foram vacinadas 23.612 pessoas. Na segunda edição, 4 de junho, foram 23.104. Na terceira estratégia, em 12 de junho, foram aplicadas 25.518 doses de vacinas, até então o maior número de imunizados em um único dia.

 

Com os dados vacinais deste sábado, 457.778 pessoas já receberam a primeira dose contra a Covid em Campinas e 169.311 a segunda dose. No total, já foram aplicadas 627.089 doses desde o início da campanha, em janeiro, em residentes no município. Com isso, a cidade segue na liderança entre os municípios com mais de 500 mil habitantes que mais vacinaram no Estado de São Paulo.

 

A diretora da Secretaria de Saúde de Campinas, Deise Hadich, avaliou o Dia D como um sucesso. “Atingimos um recorde de vacinados, sem aglomeração, sem filas, sem espera, tudo com tranquilidade, as equipes de saúde com muita dedicação e excelente adesão da comunidade”, disse Deise.

 

A diretora de saúde alerta que cuidados básicos como uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos devem ser mantidos mesmo após a aplicação das duas doses do imunizante, uma vez que nenhuma vacina garante 100% de proteção contra a doença.

 

O agendamento da vacina contra a Covid para pessoas com mais de 50 anos e para aquelas incluídas em outros grupos prioritários segue aberto para a próxima semana em Campinas no site vacina.campinas.sp.gov.br

 

O Dia D é organizado pela Secretaria de Saúde em conjunto pelo Departamento de Vigilância em Saúde e Departamento de Saúde.  A Guarda Municipal dá apoio no transporte seguro das doses.

Continue Reading

Geral

Operação Aglomeração Zero verifica 139 comércios, fecha 20 e lacra dois

Published

on

By

Na primeira noite da Operação Aglomeração Zero em Campinas, entre as 21 horas da sexta-feira e as 5 horas da madrugada do sábado, a Prefeitura fiscalizou 139 estabelecimentos comerciais na cidade, fechou vinte e lacrou dois por não estarem cumprindo as medidas sanitárias e de isolamento social.

 

Durante as ações, 1.268 pessoas foram dispersadas e orientadas sobre as medidas sanitárias para a prevenção da Covid-19, como evitar aglomerações, usar máscaras e fazer constante higienização das mãos.

 

A Operação é coordenada pela Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública e endurece ainda mais as medidas da Administração para dispersar agrupamentos de pessoas na cidade. O objetivo é conter a propagação do novo coronavírus.

 

Também durante a ação, as barreiras do Toque de Recolher abordaram 297 veículos e orientaram 403 pessoas a retornarem para suas casas. As equipes de fiscalização partiram de frente ao Estádio Moises Lucarelli, na Ponte Preta, e visaram prioritariamente os locais e estabelecimentos mapeados com histórico de desobediência às medidas prevenção e, como consequência, classificadas como atividades de maior contaminação pelo vírus.

 

A Operação Aglomeração Zero estenderá por todas as noites e madrugadas até pelo menos o final do mês de junho, como medida de combate a pandemia. A partir da próxima segunda feira (21/06) o Toque de Recolher passa a vigorar a partir das 19 horas, horário que os estabelecimentos comerciais não essenciais também devem encerrar as atividades. As denúncias pelo não cumprimento das medidas podem ser feitas pelo 156 e 153.

Continue Reading

Geral

Em 2 horas e meia, Campinas vacina 12.324 no quarto Dia D contra Covid

Published

on

By

Campinas vacinou 12.324 pessoas contra a Covid até as 11h30 deste sábado, 19 de junho, no quarto Dia D contra a doença no município. Esta é a maior quantidade aplicada no período de duas horas e meia nas estratégias de Dia D no município. A vacinação começou às 9h e ocorre até as 17h em 64 Centros de Saúde.

 

É um excelente resultado, na avaliação do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) e do Departamento de Saúde da Prefeitura. No total, 29.980 pessoas dos grupos prioritários fizeram agendamento para receber a dose hoje.

 

A megaoperação mobiliza 1,2 mil profissionais de saúde, que começaram seus trabalhos às 6h da manhã, com apoio da Guarda Municipal no transporte das doses para as unidades.

 

A diretora de Saúde de Campinas, Deise Hadich, ressalta a dedicação das equipes que estão empenhadas neste quarto Dia D e destaca a importância da colaboração da comunidade no enfrentamento da pandemia.

 

“É a quarta semana seguida em que realizamos esta estratégia e o envolvimento das equipes do nosso SUS é fundamental para alcançarmos o objetivo de vacinar o maior número possível. Na contrapartida, precisamos da colaboração da sociedade no sentido de que continue com as medidas de distanciamento, uso de máscaras e higiene das mãos. Festas e aglomerações estão proibidas”, disse Deise.

 

No primeiro Dia D, em 22 de maio, foram vacinadas 23.612 pessoas. Na segunda edição, 4 de junho, foram 23.104. Na terceira estratégia, em 12 de junho, foram aplicadas 25.518 doses de vacinas, o maior número de imunizados num único dia.

 

O agendamento da vacina contra a Covid para pessoas com mais de 50 anos e para aquelas incluídas em outros grupos prioritários segue aberto para a próxima semana em Campinas no site vacina.campinas.sp.gov.br

Continue Reading

Populares