Connect with us

Geral

Educação premia alunos vencedores do Campinação – gincana do conhecimento

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Educação reuniu 80 alunos e professores de 11 escolas da Rede para entregar os kits de robótica aos participantes da Campinação – gincana de conhecimento. A cerimônia, realizada no NAED Leste (Núcleo de Ação Educativa Descentralizada), no Parque Taquaral, também foi oportunidade para parabenizar os medalhistas das Olimpíadas Brasileiras de Astronomia e Astronáutica (OBA).
A prova da OBA – Olimpíada Brasileira de Astronomia – foi realizada em maio passado. Na ocasião, 665 mil alunos de todo o País participaram do exame. Em Campinas, 16 alunos de três escolas municipais foram medalhistas.
A Campinação é uma gincana realizada pelas Secretaria de Educação em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo. Este ano, o tema foi “A água e sua relação com a redução das desigualdades”. Os estudantes apresentaram seminários sobre assunto e 281 deles, de 16 escolas, se classificaram para “O grande desafio”, realizado em outubro.
Os participantes da segunda etapa do Campinação, na qual foram aplicados testes de conhecimentos, ganharam prêmios como estudos do meio, arborização dos colégios e kits de robótica. Esses conjuntos incluem um curso de formação para capacitar os professores a usar os kits e realizar aplicações práticas em sala de aula.
A Escola Municipal de Ensino Fundamental Edson Luís Lima Souto, localizada no bairro San Martin foi uma das ganhadoras. Além do kit de robótica, os alunos da unidade tiveram a oportunidade de realizar dois estudos do meio, visitando o Aeroporto Internacional de Viracopos e o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), no distrito de Barão Geraldo.
Vitória Pereira está no 9° ano da Edson Luís Lima Souto e participou da Campinação pela segunda vez este ano. Ela conta que ficou “empolgadíssima” com a prova, que aprendeu mais sobre a questão da água e das desigualdades, para além do conhecimento superficial. Quando visitou o CNPEM, disse que viu na prática o que aprende em sala de aula.
A secretária de Educação, Solange Pelicer, o diretor do Departamento Pedagógico, Luiz Marighetti, e os organizadores da Campinação parabenizaram alunos e professores pelo esforço e lembraram da qualidade da educação pública campineira, que garante oportunidades como a participação na olimpíada e na gincana.

Geral

Saúde atualiza dados da pandemia do coronavírus nesta terça-feira, 11

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde atualizou, nesta segunda-feira, 11 de maio, dados sobre a pandemia do novo coronavírus em Campinas. Foram registrados 434 novos casos de Covid-19 e mais 32 mortes. Com os novos dados, Campinas totaliza 96.193 casos e 3.154 óbitos causados pelo novo coronavírus.

 

 

 

 

 

Dos novos casos fatais, 15 eram mulheres e 17 eram homens; 28 tinham outras doenças e quatro não tinham comorbidades. Da faixa etária, 24 tinham mais de 60 anos, um tinha 28 e outro, 58 anos.

 

 

 

 

 

No balanço consta que já foram aplicadas 366.457 doses da vacina contra a Covid-19. Desse total, 227.678 pessoas receberam a primeira dose e 138.779, a segunda.

 

 

 

 

 

Sobre as vítimas

 

 

– Mulher de 28 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 1 de maio.

 

– Homem de 58 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 2 de abril.

 

– Homem de 78 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 2 de maio.

 

– Mulher de 62 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 3 de maio.

 

– Homem de 66 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 4 de maio.

 

– Homem de 69 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 5 de abril.

 

– Homem de 56 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 6 de abril.

 

– Mulher de 60 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 6 de maio.

 

– Mulher de 61 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 6 de maio.

 

– Mulher de 54 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 7 de maio.

 

– Mulher de 62 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 7 de maio.

 

– Homem de 65 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 7 de maio.

 

– Mulher de 69 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 7 de maio.

 

– Homem de 69 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 7 de maio.

 

– Homem de 66 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de janeiro.

 

– Mulher de 47 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de abril.

 

– Homem de 38 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de maio.

 

– Homem de 61 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de maio.

 

– Mulher de 63 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de maio.

 

– Mulher de 64 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de maio.

 

– Mulher de 72 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de maio.

 

– Homem de 72 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de maio.

 

– Homem de 38 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 9 de maio.

 

– Mulher de 48 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 9 de maio.

 

– Mulher de 66 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 9 de maio.

 

– Homem de 68 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 9 de maio.

 

– Homem de 72 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 9 de maio.

 

– Homem de 64 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 10 de maio.

 

– Mulher de 72 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 15 de abril.

 

– Homem de 85 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 19 de fevereiro.

 

– Mulher de 73 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 20 de abril.

 

– Homem de 84 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 26 de abril.

Continue Lendo

Geral

Reunião marca início da implantação do Plano Municipal de Igualdade Racial

Publicado

em

Por

A secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas, Vandecleya Moro, abriu oficialmente na tarde desta terça-feira, 11 de maio, a reunião inicial do Comitê de Implantação do Plano Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

 

 

 

 

A solenidade aconteceu no Salão Vermelho do Paço Municipal. “Faço votos que os trabalhos que se iniciam agora sejam produtivos e consigam alcançar resultados que promovam os direitos e reparem injustiças”, afirmou Vandecleya Moro.

 

 

 

 

O ato antecipa também a celebração do Dia de Luta pela Reparação para o Povo Negro do Brasil, celebrado em 13 de maio em Campinas e estabelecido pela Lei 14.053, de 27/04/2011. A reunião deu início a uma série de discussões sobre normas e protocolos para assegurar a promoção da igualdade racial na Prefeitura de Campinas.

 

 

 

 

O Plano Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial pode ser consultado no site da Prefeitura (http://www.campinas.sp.gov.br/arquivos/direitos-deficiencia/plano%20igualdade%20racial_%20compl.pdf). 

Continue Lendo

Geral

Novo alerta de dengue traz dez bairros com risco de transmissão

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde divulgou nesta terça-feira, 11 de maio, o Alerta 18 de Dengue na cidade. O documento traz novas áreas com risco de transmissão da doença. São dez bairros: Jardim Novo Campos Elíseos, Parque Vista Alegre, Jardim Telesp, Jardim San Diego, Jardim Proença, Jardim Itatiaia, Vila Padre Anchieta, Núcleo Residencial Boa Vista, Vila Régio e Cidade Universitária II (Barão Geraldo).

 

 

  

 

Conforme a coordenadora do Programa de Arboviroses de Campinas, Heloísa Malavasi, o objetivo dos boletins é alertar a população sobre novas áreas de transmissão da dengue e mobilizar as pessoas para que contribuam com o controle de criadouros do mosquito.

 

 

  

“É essencial que as pessoas verifiquem seus quintais, vasos de plantas e outros possíveis criadouros, e nos ajudem no controle da doença em nossa cidade. É muito importante que a população assuma sua responsabilidade no controle dos criadouros”, falou Heloísa.

 

  

 

O trabalho de controle da dengue continua sendo realizado pelas equipes da Secretaria de Saúde, mas os cidadãos precisam tomar os cuidados necessários para evitar o ciclo de vida e reprodução do mosquito Aedes aegypti. Isso porque 80% dos criadouros estão nos quintais e dentro de casa.

 

 

 

Entre os cuidados, os moradores devem manter caixa d’água fechada ou telada; limpar as calhas e, caso necessário, desentupi-las; trocar a água de vasos de plantas e lavar o recipiente com bucha e sabão para remover os ovos do mosquito.

 

 

 

As pessoas que têm bromélia devem regar a planta com mangueira de pressão uma vez por semana e limpar a face interna de todas as folhas (onde a água fica acumulada, o que favorece a proliferação de ovos e larvas do mosquito).

 

 

 

Outra recomendação é evitar o acúmulo de entulho e recicláveis. Quem precisa descartar este material, deve levar até um dos 16 ecopontos da cidade. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php.

Continue Lendo







Populares