Connect with us

Geral

Diagnóstico do Plano Viário de Campinas é apresentado para a comunidade

Publicado

em

Na manhã desta quarta-feira, dia 24 de janeiro, foi a vez de representantes de entidades de classe e da comunidade conhecerem o diagnóstico do Plano Viário / Mobilidade de Campinas. O encontro, realizado no Auditório da Ima, na Ponte Preta, também marcou as ações para a realização da VII Conferência Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana.
Hoje estamos em uma missão dupla. Damos início aos trabalhos da Conferência de Trânsito e Transporte. E, também, apresentamos à sociedade o diagnóstico do Plano Viário”, destacou o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro.
O diagnóstico do Plano Viário foi apresentado à sociedade civil pela equipe da empresa TTC, responsável pela elaboração do estudo, em conjunto com equipe técnica da Emdec. O Plano Viário será o instrumento de orientação do desenvolvimento da infraestrutura viária do município. O documento reúne um Plano Viário que se soma ao Plano de Mobilidade Urbana para os próximos dez anos, e um Plano Viário mais robusto, contemplando 25 anos.
O Plano, como parte integrante do Plano de Mobilidade Urbana, conterá as diretrizes que fundamentam a ação pública nos transportes; delimitam os espaços de circulação, indicando prioridades que regulem a relação entre o Poder Público e os agentes privados provedores de serviços de transporte; e disciplinam o uso público dos espaços de circulação.
Para Barreiro, o momento é um marco para Campinas. “Estamos construindo um documento histórico, por meio do qual Campinas terá um planejamento de longo prazo para o trânsito e o transporte”.
O próximo passo do trabalho será a elaboração de propostas para a solução dos problemas apresentados a partir da radiografia do município. Em seguida, a construção de uma Minuta de Projeto de Lei, para a devida tramitação. Os trabalhos seguem até o final de 2018.
DOTS
O Plano de Mobilidade Urbana e o Plano Viário têm como princípio o Desenvolvimento Orientado pelo Transporte Sustentável (DOTS). É diretriz da Administração municipal a priorização do transporte público coletivo.
O DOTS envolve oito pontos principais: caminhar, pedalar, conectar, usar, promover mudanças, adensar, misturar e compactar. Também contempla uma hierarquização de princípios, como a mobilidade ativa (feita por pedestre e ciclista), transporte público coletivo, transporte de cargas e, por último, a mobilidade individual motorizada.
Os conceitos do DOTS já estão inseridos no Plano Diretor Estratégico (PDE) do município.
Política Mobilidade Urbana
A Política Nacional de Mobilidade Urbana, conforme a Lei Federal nº 12.587/2012, define a Mobilidade Urbana como um atributo das cidades relativo à facilidade de deslocamento de pessoas e bens no espaço urbano.
Para o desenvolvimento e melhoria da Mobilidade Urbana, aspectos de transportes, de trânsito e de circulação devem ser tratados de forma articulada com o planejamento urbano, a gestão do uso do solo e a implantação do sistema viário, incluindo os passeios públicos.
Adicionalmente, o aumento do índice de mobilidade deve estar relacionado à melhoria das condições de locomoção, tanto no que diz respeito a sua quantidade como à qualidade. A qualidade da mobilidade está associada à oferta e às características da infraestrutura (sistema viário, sistema cicloviário, sistema de circulação de pedestres); à oferta e ao grau de coordenação e de complementaridade dos diversos modais; e à distribuição de atividades no território urbano.
VII Conferência
Neste ano, a Emdec realiza a XII Conferência Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana. A abertura dos trabalhos começou nesta quarta-feira, 24, durante a reunião setorial do Plano Viário.
No período de 1 até 28 de fevereiro será realizada a mobilização da sociedade, com envolvimento de vários segmentos, como universitários, pessoas com deficiência e ciclistas. Também haverá o envio de sugestões para o site da Emdec.
Nos dias 6, 8, 13, 15 e 20 de março serão realizadas as pré-conferências regionais, envolvendo as regiões Noroeste, Sul, Leste, Sudoeste e Norte.
E em 24 de março ocorre a realização da VII Conferência. Todas as informações estarão disponíveis no site da Emdec, no endereço eletrônico www.emdec.com.br.

Geral

No Dia do Médico, prefeito agradece à equipe do Mário Gatti pela dedicação

Publicado

em

Por

O prefeito Dário Saadi agradeceu nesta segunda-feira, 18 de outubro, o trabalho da equipe médica do Hospital Municipal Mário Gatti pela dedicação com que atua no atendimento à população e, especialmente, pela forma como enfrentou a sobrecarga de trabalho durante os piores momentos da pandemia. A gratidão à equipe foi manifestada durante um café da tarde no hospital, em homenagem aos profissionais, no Dia do Médico, comemorado nesta segunda-feira.
Começamos o ano com a expectativa da pandemia de certa forma controlada. Mas aí veio a segunda onda, que foi avassaladora. Chegamos a ter 238 pacientes com Covid esperando leitos de UTI e enfermaria. Eu vinha no Mário Gatti e no Ouro Verde e via a situação agoniante que os médicos e os profissionais de saúde estavam enfrentando. Tomamos algumas medidas duras de enfrentamento”, afirmou.
Entre as medidas, disse, uma teve impacto importante, que foi a requisição administrativa do Hospital Metropolitano. “Não foi fácil fazer isso, mas naquele momento não havia outra solução. Mas o mais importante foi o trabalho dos profissionais de saúde, que enfrentavam a sala vermelha lotada com macas, à espera de leitos para internar pacientes, e graças a Deus e a cada um dos profissionais, estamos superando essa situação jamais vista no sistema de saúde”, afirmou.
Para o prefeito, se hoje é possível ver um futuro melhor com o controle da pandemia, muito se deve ao trabalho incansável dos profissionais da área médica. Dário disse que tem orgulho de ser médico do Mário Gatti, hospital no qual ingressou recém-formado.
O presidente da Rede Mário Gatti, Sérgio Bisogni, definiu este 18 de outubro como “um dia de cumprimento e de agradecimento”, lembrando que a data é comemorada todo ano, mas que “este ano adquire um significado especial, lembrando que a equipe enfrentou dois anos de pandemia”.
Ele disse que “os médicos, enfermagem, toda a equipe de saúde suplantou a pandemia de forma gloriosa”, e ainda lembrou que muitos profissionais faleceram, perderam entes queridos ou ficaram com doenças crônicas depois de pegar Covid. “Por tudo isso, este ano o nosso agradecimento tem que ser ainda mais intenso”, completou.
Diretores e funcionários do hospital também participaram do encontro. Os vereadores Nélson Hossri e Paulo Haddad representaram o Legislativo na ocasião.

Continue Lendo

Geral

Fim de semana com teatro e esporte encerra programação do Mês das Crianças

Publicado

em

Por

A programação do Mês das Crianças termina neste final de semana com show de trapezistas, show dog, apresentação da minicidade da Emdec e uma série de oficinas de esporte. Todas as atividades são gratuitas e agendadas para o sábado e o domingo, das 8h às 12h, na Praça de Esportes Tancredo Neves e no Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim. A realização é conjunta das secretarias de Cultura e Turismo e de Esportes e Lazer de Campinas.
A criançada vai poder ver o Show Dog da Guarda Municipal, a Minicidade da Emdec e participar das oficinas de futsal, basquete e jiu-jitsu. Os irmãos Sabatino, artistas e trapezistas, apresentam nos dois dias o espetáculo “O Maior Artista da Terra” e “O Carteiro e a Bicicleta Acrobática”.
O Maior Artista da Terra é o primeiro espetáculo autoral dos irmãos Sabatino. Grande sucesso de público, este espetáculo surpreende pela simpatia, carisma, precisão e destreza. Com esquetes, cascatas, improvisos, personagens inusitados, a narrativa é cheia de reviravoltas e palhaçadas, um hub de criatividade e ação, trazendo o que o circo tem de melhor.
O Carteiro e a Bicicleta Acrobática é o mais novo espetáculo da companhia. Uma peça que resgata a moda antiga dos carteiros e do envio de cartas. Com uma bicicleta, muitas encomendas, tons poéticos apoiados pela trilha sonora, a obra surpreende o público quando manobras, equilíbrios e acrobacias na bicicleta revelam a intimidade e a conexão entre personagem e bike.
Confira a programação
23/10
Praça de esportes Tancredo Neves
Avenida das Amoreiras 4445 – Jd. Novo Campos Elíseos
8h-12h
Oficina de futsal
Oficina de basquete
Aula aberta de Jiu-jítsu
Atividades Braille
Minicidade – Emdec
Apresentações
9h – Show Dog- GM
10h – Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática
11h – Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática
24/10
Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim
R. Raul Teixeira Penteado, 2 – Vila Brandina.
8h-12h – Minicidade – Emdec
10h – Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática
11h – Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática

Continue Lendo

Geral

Sancionada lei que desburocratiza análise de habitação de interesse social

Publicado

em

Por

O projeto de lei complementar 44/20, que disciplina a implantação do Empreendimento Habitacional de Interesse Social (EHIS), foi sancionado pelo prefeito Dário Saadi, conforme publicação no Diário Oficial do Município (DOM), desta segunda-feira, 18 de outubro. O texto da lei, elaborado com a participação da Companhia Habitação Popular de Campinas (Cohab), entra em vigor a partir de hoje, mas ainda passará por regulamentação.
O PL foi encaminhado pelo Executivo e tem como foco impulsionar novos projetos de empreendimentos de interesse social. Dessa forma, as novas regras têm potencial para aumentar a oferta de unidades habitacionais destinadas à população de baixa renda.
A nova lei tem regras urbanísticas/construtivas mais simples, com o objetivo de agilizar os processos e ampliar a atração do setor privado para investir em empreendimentos de interesse social, fortalecendo a política habitacional da cidade. A publicação no DOM detalha os benefícios previstos com as alterações.
A intenção é que as novas medidas possam reduzir o valor de imóveis e aumentar as oportunidades de aquisição para quem sonha com a casa própria. E, ao estimular a construção civil, também impulsionar a geração de empregos no setor.
As regras da nova lei valem para requerimentos com entrada a partir desta publicação no Diário Oficial, em 18 de outubro. No entanto, as empresas que estiverem com processos em andamento podem solicitar que a análise seja feita sob a nova legislação. O pedido para a mudança deve ser feito em até 180 dias a partir da publicação da lei.
O EHIS é direcionado a famílias com renda de até dez salários-mínimos. Para até seis salários, há benefícios fiscais, como isenção de ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) e ISS (Imposto Sobre Serviços).

Continue Lendo

Populares