Connect with us

Geral

Desassoreamento da Norte-Sul aumenta capacidade de contenção de água

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos está trabalhando no desassoreamento do piscinão, uma área de 90 mil metros quadrados, que fica no entrocamento da Avenida José de Souza Campos (Norte-Sul) com a Avenida Orosimbo Maia e onde desembocam os córregos que correm por essas duas vias. O serviço começou na semana passada, 6 de agosto, e segue até sexta-feira, dia 17. 

 

 

 

O desassoreamento do piscinão é feito duas vezes por ano, em abril e agosto, e tem como objetivo ampliar a capacidade de armazenamento de água da chuva e dos córregos. Com o serviço, a capacidade do piscinão passa de 130 mil para 270 mil litros de água. “O objetivo deste trabalho é aumentar a capacidade de armazenamento para conter maior volume de água em períodos de chuva”, explicou o secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella. 

 

 

 

 

Estão sendo utilizados cerca de dez caminhões e quatro máquinas para os serviços de retirada e transporte. Já foram retirados 400 caminhões de terra com cerca de 4 mil metros cúbicos cada para o aterro Delta A. Esse material, considerado fértil, será utilizado na manutenção de parques e praças da cidade. A expectativa da Secretaria é chegar a até mil caminhões até o fim do processo.

Geral

Novo alerta de dengue traz dez bairros com risco de transmissão

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde divulgou nesta terça-feira, 11 de maio, o Alerta 18 de Dengue na cidade. O documento traz novas áreas com risco de transmissão da doença. São dez bairros: Jardim Novo Campos Elíseos, Parque Vista Alegre, Jardim Telesp, Jardim San Diego, Jardim Proença, Jardim Itatiaia, Vila Padre Anchieta, Núcleo Residencial Boa Vista, Vila Régio e Cidade Universitária II (Barão Geraldo).

 

 

  

 

Conforme a coordenadora do Programa de Arboviroses de Campinas, Heloísa Malavasi, o objetivo dos boletins é alertar a população sobre novas áreas de transmissão da dengue e mobilizar as pessoas para que contribuam com o controle de criadouros do mosquito.

 

 

  

“É essencial que as pessoas verifiquem seus quintais, vasos de plantas e outros possíveis criadouros, e nos ajudem no controle da doença em nossa cidade. É muito importante que a população assuma sua responsabilidade no controle dos criadouros”, falou Heloísa.

 

  

 

O trabalho de controle da dengue continua sendo realizado pelas equipes da Secretaria de Saúde, mas os cidadãos precisam tomar os cuidados necessários para evitar o ciclo de vida e reprodução do mosquito Aedes aegypti. Isso porque 80% dos criadouros estão nos quintais e dentro de casa.

 

 

 

Entre os cuidados, os moradores devem manter caixa d’água fechada ou telada; limpar as calhas e, caso necessário, desentupi-las; trocar a água de vasos de plantas e lavar o recipiente com bucha e sabão para remover os ovos do mosquito.

 

 

 

As pessoas que têm bromélia devem regar a planta com mangueira de pressão uma vez por semana e limpar a face interna de todas as folhas (onde a água fica acumulada, o que favorece a proliferação de ovos e larvas do mosquito).

 

 

 

Outra recomendação é evitar o acúmulo de entulho e recicláveis. Quem precisa descartar este material, deve levar até um dos 16 ecopontos da cidade. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura homologa licitação para conclusão de obras do CS Santa Odila

Publicado

em

Por

As obras de ampliação do Centro de Saúde Santa Odila, paralisadas desde 2019, serão retomadas. O Diário Oficial do Município publicou nesta terça-feira, 11 de maio, a homologação da licitação para a conclusão das obras remanescentes, que terá custo de R$ 225,8 mil.
A previsão do secretário de Infraestrutura, Carlos José Barreiro, é de que as obras sejam concluídas em, no máximo, 120 dias. A retomada ocorre após a empresa que havia sido contratada para a realização da ampliação da unidade ter abandonado o serviço, deixando 15% das obras sem conclusão.
Outras duas empresas foram chamadas, mas tiveram limitações técnicas e jurídicas. Uma nova licitação precisou ser realizada e a vencedora foi a empresa a Spalla Engenharia Eirelli.
Os serviços remanescentes incluem colocação de esquadrias, instalação de peças sanitárias e acessórios, bancadas, implantação de itens relacionados à segurança e combate a incêndio, execução das instalações de gases medicinais, finalização de serviços nas instalações elétricas e hidráulicas e instalações de sistema de proteção contra descargas atmosféricas.

Continue Lendo

Geral

Lagoa do Taquaral: banheiro próximo ao Parcão ficará pronto no 2º semestre

Publicado

em

Por

A Secretaria de Serviços Públicos está construindo um sanitário na Lagoa do Taquaral, próximo ao Parcão, Parque dos Cães, área do antigo kartódromo, portão 6. O novo banheiro vai substituir o antigo, que estava desativado havia anos e foi demolido.

 

 

 

 

A obra começou em fevereiro e deve ser concluída no início do segundo semestre. A construção tem 38 metros quadrados, dividida em masculino e feminino. Cada um tem três vasos sanitários, sendo um deles com acessibilidade, e dois lavatórios. No masculino também terá dois mictórios. As paredes terão azulejo e o piso será de cerâmica. 

 

 

 

 

De acordo com a equipe da Secretaria de Serviços Públicos, o banheiro nesse local vem atender a uma demanda dos frequentadores, que já usavam o espaço do antigo kartódromo para andar de bicicleta e fazer caminhadas. Com a inauguração do Parcão, em 17 de outubro de 2020, o público aumentou naquele ponto do parque.

 

 

 

O Parcão é o primeiro parque para cachorros de Campinas, idealizado para lazer e atividades físicas dos cães. Tem uma área de 3 mil metros quadrados, cercada por alambrado, obstáculos para cães, iluminação e paisagismo. A capacidade é receber entre 30 e 50 cachorros.

 

 

 

 

A Lagoa do Taquaral fica na Avenida Heitor Penteado, s/nº, Taquaral.

Continue Lendo







Populares