Connect with us

Geral

Curso de empreendedorismo da Cohab já mostra resultados positivos

Publicado

em

 

A primeira etapa do curso de empreendedorismo coordenado pelo Trabalho Técnico Social(TTS) da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas) e promovido sob a orientação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) oferecido aos beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) no Residencial Santa Luzia, região Sul do município, já apresenta os primeiros resultados positivos.

 

 

Foram administradas diversas oficinas de capacitação profissional com destaque para Formalização de Microempreendedor Individual, Empreendedorismo, Atendimento ao Cliente, Transformação de Ideias em Modelos de Negócios e Planos de Negócios.

 

 

As oficinas começaram no dia 11 de setembro no salão de festas do condomínio com 22 participantes e se encerrou no último dia 9 de outubro. No grupo que participou das oficinas, está a moradora Patrícia Aquino. No passado ela vendia roupas, mas começou a fazer sorvetes caseiros que ela batizou de “geladinho” e acabou revertendo o lucro dessa venda para a confecção bolos. Investiu na produção e apresentação dos produtos e está utilizando os conhecimentos adquiridos no curso para firmar o pequeno negócio.

 

 

“Meu marido trabalha como encanador e este curso abriu as portas para que eu ajudasse na composição da renda familiar. Eu sofro com a Dislexia, mas mesmo assim, com a minha dificuldade na leitura e no aprendizado, os professores do curso tiveram paciência e me ajudaram muito. Tenho uma média de cinco clientes por dia e cada bolo sai por R$ 25”, disse alegremente.

 

 

Hellen Fernandes Rosa também conta que aproveitou os ensinamentos.

 

 

“Junto com meu marido vou abrir uma ótica. Eu tinha muito medo com questões tipo escolha do melhor ponto, investimento a ser feito, mas o curso me ensinou a elaborar uma rotina, um cronograma antes de abrir oficialmente o negócio. Já me matriculei também em outro curso do Sebrae (Super Mei Gestão) para aprender mais.

 

 

Outro morador que aproveitou bem os conhecimentos adquiridos é o José Antonio Marques de Paula. O morador batizou o empreendimento de “Tonny Lanches” e oferece as mais variadas opções de refeição rápida, sendo que o melhor lanche que ele serve, o X-Tudo com muitos ingredientes, custa R$ 14.

 

 

“Eu trabalho à noite e tive de conversar com meu chefe pra ajustar o horário e, assim, poder me matricular no curso do Sebrae. Minha esposa me ajuda e já atendo encomendas que giram em torno de 30 lanches por semana, fora os pedidos extras que aparecem esporadicamente”, contou.

 

 

Segundo a assistente social da Cohab-Campinas, Graziela dos Santos Galdino de Souza, o resultado tem sido surpreendente.

 

 

“Quando chegamos aqui encontramos as pessoas sem perspectivas e nem alternativas financeiras para poderem arcar com despesas com as quais elas não estavam muito acostumadas, como taxa de condomínio, por exemplo. O curso foi bem recebido, um morador foi motivando o outro e, pra você ter uma ideia, aqui no condomínio está em formação uma cooperativa com 15 mulheres que confeccionam sabonetes. O primeiro lote elas entregaram na semana passada. Enfim, ver o sucesso dessa gente nos enche de alegria e de motivação para trazer e apresentar a eles novos desafios”, contou.

 

 

De acordo com o secretário de Habitação e presidente da Cohab-Campinas, Samuel Rossilho, além da moradia, a Cohab-Campinas sempre busca alternativas para oferecer às pessoas.

 

 

“Promover oportunidades, criar estímulos para que todos atinjam mobilidade social é o que buscamos no trabalho desenvolvido pela Cohab e fazer isto, por meio do empreendedorismo é muito importante”, destacou.

 

 

A partir do próximo dia 22, o Sebrae vai oferecer o Curso Super Mei Gestão, que será ministrado no Condomínio Santa Luzia, Residencial Sírius e Residencial Vilas de Taubaté.

 

 

 

 

 

 

Geral

Emdec reforça sinalização de velocidade máxima na Av. Washington Luiz

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) reforçará nesta quarta-feira, 14 de abril, a sinalização da variação da velocidade máxima permitida na Avenida Washington Luiz, no trecho sentido Centro após o cruzamento com a Rua Agnaldo Macedo, no Parque Prado.
A velocidade máxima já é reduzida de 60 km/h para 50 km/h no local, contando com as devidas placas de regulamentação, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A nova placa que será instalada amplia a comunicação com os motoristas, trazendo o texto “A partir deste ponto” ao lado da indicação de “50 km/h”.
A variação da velocidade é justificada pelo maior fluxo de pedestres e veículos no entorno do Shopping Prado Boulevard, da Estação de Transferência Parque Prado, Escola Estadual Professora Neli Helena Assis de Andrade e próximo aos condomínios residenciais e estabelecimentos comerciais. Também há a Ciclovia Washington Luiz no canteiro central da avenida.
A Washington Luiz recebeu, em 2020, uma média diária de até 31 mil veículos, considerando os dois sentidos de circulação.
A nova placa abre a segunda etapa do reforço da sinalização em vias que possuem variações de velocidade, por características técnicas específicas”, explica o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva. “A instalação deverá aumentar a segurança viária. O principal objetivo é evitar acidentes e preservar vidas. O projeto também promove maior transparência na fiscalização de trânsito”.
Vias já sinalizadas
A Washington Luiz é o oitavo eixo viário que tem a sinalização reforçada.
Outros trechos viários já foram contemplados no município:
– Avenida Lix da Cunha (24/02);
– Túnel Joá Penteado e Avenida Dr. Ruy de Almeida Barbosa (03/03);
– Avenida Cônego Antônio Roccato / Rua Sylvia da Silva Braga (10/03);
– Avenida Comendador Aladino Selmi (17/03);
– Rodovia Dr. Heitor Penteado / Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros (24/03);
– Avenida Antônio Carlos de Salles Júnior (31/03);
– Avenida Theodureto de Almeida Camargo (07/04).
Todos estes locais possuem equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade (radares) e grande fluxo de veículos.
A segunda fase do projeto alcançará, ainda, o eixo composto pela Avenida Prefeito Magalhães Teixeira e Rua Dr. Celso da Silveira Rezende.

Continue Lendo

Geral

Saúde divulga alerta de alta incidência de dengue em diversos bairros em Campinas

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Campinas emitiu, nesta terça-feira, dia 13 de abril, um alerta para alta incidência de casos de dengue nas regiões Sudoeste (especialmente nos bairros Jardim Profilurb e Parque Universitário de Viracopos), Noroeste (Jardim Florence II e Jardim Satélite Iris I), Norte (Bosque das Palmeiras ,Vila Boa Vista e Jardim Campineiro) e Leste (Vila Costa e Silva).

Quem mora nesses bairros citados acima deve intensificar o controle dos criadouros em suas residências para evitar o ciclo de vida e reprodução do mosquito Aedes Aegypti, já que, segundo a Secretaria de Saúde, 80% dos focos estão nos quintais e dentro de casa.

Entre os cuidados, os moradores devem manter caixa d’água fechada ou telada; limpar as calhas e, caso necessário, desentupi-as; trocar a água de vasos de plantas e lavar o recipiente com bucha e sabão para remover os ovos do mosquito.

As pessoas que têm bromélia devem regar a planta com mangueira de pressão uma vez por semana e limpar a face interna de todas as folhas (onde a água fica acumulada, o que favorece a proliferação de ovos e larvas do mosquito).

Outra recomendação é evitar o acúmulo de entulho e recicláveis. Quem precisa descartar este material, deve levar até um dos 16 ecopontos da cidade. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php.

As equipes da Secretaria de Saúde realizam diariamente, de segunda a sábado, ações de nebulização para o controle do mosquito. No entanto, o combate à dengue depende também da colaboração da população.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura publica decreto de combate contra a corrupção na Administração

Publicado

em

Por

Continue Lendo







Populares