Connect with us

Geral

Cultura lançará edital destinado ao Patrimônio Cultural Imaterial

Publicado

em

No próximo mês, a Secretaria de Cultura de Campinas deverá disponibiliz o  edital ProAc Municípios, com recursos totais de R$ 345 mil. A publicação selecionará  29 projetos envolvendo o tema do Patrimônio Cultural Imaterial e suas diversas abordagens e possibilidades.

Os projetos terão como objetivo a difusão e a preservação do patrimônio imaterial e buscarão dialogar com as artes integradas, o audiovisual e o patrimônio cultural, por meio da educação patrimonial e do desenvolvimento da rede de parceiros.

Em Campinas já são reconhecidas como Patrimônio Imaterial as manifestações culturais da Capoeira, do Jongo, do Samba de Bumbo Campineiro, da Folia de Reis, a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas e a prática de Brincadeiras Tracionais de Rua.

 

Com o lançamento do edital de chamamento público, tendo como base o marco regulatório das organizações sociais civis (Lei Federal nº13019/14), Campinas tem como objetivo implementar o Programa Municipal de Patrimônio Imaterial (PMPI), instituído pela Lei Municipal nº 14.701/13, que prevê a preservação de manifestações culturais reconhecidas pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (Condepacc).

Os 29 projetos estão divididos nas categorias Educação Patrimonial; Desenvolvimento da Rede de Parceiros; e Difusão e Preservação do Patrimônio Cultural Imaterial. O edital fomentará o diálogo com as artes integradas, o audiovisual e com as ciências humanas relacionadas ao patrimônio imaterial permitindo a produção de espetáculos, seminários, fóruns e exposições, entre outras formas artísticas e científicas que tratem do tema.

 

Geral

Mudanças para tirar Carteira de Motorista começou a valer hoje (16)

Publicado

em

Por

Começa valer a nesta segunda-feira (16) a Resolução 778, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que define mudanças no processo de formação de motoristas. Entre as alterações, estão a que torna facultativo uso de simulador para a expedição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a que reduz de 25 para 20 horas o número de aulas práticas para a habilitação da categoria B.

O documento define também que a exigência de aulas noturnas diminui para 1 hora/aula prática tanto para a categoria A (moto) quanto categoria B (carro). Antes era de 20% sobre o total da carga horária. Outra mudança, é o aumento da validade da CNH que passa a ser de dez anos.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, disse que as mudanças visam reduzir a burocracia na retirada da CNH e diminuir os gastos do cidadão para obtenção da habilitação. “As aulas de simulador têm um custo diferente, mas dá para estimar que a gente vá ter uma redução de até 15%. A ideia é deixar que o mercado defina isso.”

O ministro ressaltou que não há comprovação sobre e eficácia do simulador na preparação do motorista. “O simulador não tem eficácia comprovada, ninguém conseguiu demonstrar que isso tem importância para formação do condutor. Nos países ao redor do mundo, ele não é obrigatório, em países com excelentes níveis de segurança no trânsito também não há essa obrigatoriedade. Então, não há prejuízo para a formação do condutor”, disse o ministro durante entrevista ao anunciar as mudanças em junho passado.

Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul é o estado onde a Resolução 778 ainda não tem validade. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região acolheu liminarmente ação do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do Estado do Rio Grande do Sul (SindiCFC) contra a União, requerendo a suspensão da eficácia e dos efeitos da norma.

Com isso, até decisão em contrário, vale no estado a situação anterior, que obriga a realização de aulas em simulador de direção para a categoria B (carro).

fonte ebc

Continue Lendo

Geral

Apoio ao Trabalhador realiza a 6ª edição do Dia D na sexta, dia 20

Publicado

em

Por

A Prefeitura Municipal de Campinas, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, promove nesta sexta-feira, dia 20 de setembro, a 6ª edição do Dia D, que tem por objetivo a inclusão no mercado de trabalho das pessoas com deficiência (PcDs) e reabilitados do INSS, em um dia de atendimento exclusivo a esse público. A ação começa às 8h e termina às 16h, com distribuição de senhas até as 15h, na sede do CPAT – Centro Público de Apoio ao Trabalhador, na Avenida Campos Sales, 427, Centro, em Campinas.
Na tarde da próxima quinta-feira, 19 de setembro, o CPAT vai publicar as vagas que serão ofertadas no Dia D. A relação poderá ser consultada em seu aplicativo para smartphones, chamado CPAT Vagas, e no site https://cpat.campinas.sp.gov.br
Para participar das entrevistas com as empresas, o candidato deverá primeiro passar pelo Setor de Atendimento ao Trabalhador, a fim de realizar ou atualizar o cadastro e verificar as oportunidades que estejam de acordo com seu perfil profissional. Para tanto, são necessários os seguintes documentos:
RG
CPF
Carteira de Trabalho
Cartão do PIS/PASEP ou Cartão-Cidadão
Comprovante de endereço
Laudos e ou históricos médicos (se tiver).
O secretário de Trabalho e Renda de Campinas, Luis Yabiku, ressaltou a importância da inclusão das PcDs no mercado de trabalho. ”Ao contratarem uma pessoa com deficiência, as empresas oferecem a elas não apenas um emprego, mas uma nova perspectiva de vida”, afirmou.
Durante a realização do Dia D, toda a estrutura do CPAT será colocada à disposição para o atendimento e encaminhamento das pessoas com deficiência às empresas contratantes, que realizarão o processo seletivo no próprio local. “Vale ressaltar que esse serviço de inclusão das PcDs no mercado de trabalho é feito pelo CPAT durante todo o ano”, explicou Yabiku.
Partindo para sua sexta edição, os números mostram uma evolução constante do CPAT no trabalho de inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Na comparação entre a edição do ano passado e a de 2017, o CPAT quase dobrou os encaminhamentos de candidatos. Em 2017, foram 729 encaminhamentos contra os 1.551 registrados em 2018.
O número de empresas participantes também aumentou bastante, saltando de 28 em 2017 para 94 empresas em 2018, um aumento de 235%, o que levou a organização a realizar o evento em duas etapas. Já o número de vagas ofertadas se manteve praticamente estável: 402 em 2017, contra as 419 cadastradas em 2018, um aumento de 4,2%.
Sobre o CPAT
Inaugurado em 16 de junho de 2008, o CPAT tem como objetivo intermediar ações de procura e oferta de mão de obra, seguro-desemprego, qualificação social e profissional, além de levantar informações sobre mercado de trabalho, garantindo um espaço destinado ao atendimento do trabalhador. Essas ações são desenvolvidas através do Convênio Plurianual firmado com o antigo Ministério do Trabalho.

Continue Lendo

Geral

Trecho da Rua Frei Antônio de Pádua será interditado nesta terça-feira

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) interdita totalmente o tráfego de veículos em trecho da Rua Frei Antônio de Padua, no Jardim Guanabara. O bloqueio viário ocorre na terça-feira, 17 de setembro, no período das 8h30 até as 16h.
A via será fechada na altura do número 1523, próximo à Rua Dom Pedro I. A medida é necessária para uma operação de ligação de água e esgoto, sob responsabilidade da Sanasa.
A Emdec programou desvio pelas ruas Dom Pedro I, Camargo Pimentel e Avenida Brasil. Agentes da Mobilidade Urbana acompanham a interdição, executando a sinalização necessária, monitorando o trânsito e orientando os motoristas.

Continue Lendo




error: Content is protected !!