Connect with us

Geral

Criançada aprende sobre meio ambiente em férias no Bosque dos Jequitibás

Publicado

em

Cerca de 60 crianças, entre 7 e 10 anos de idade, foram recebidas no Bosque dos Jequitibás nesta terça-feira, dia 12 de julho, das 8h às 12h, para o início das ecoférias, que estavam suspensas há cinco anos. São atividades lúdicas com trilhas, brincadeiras, passeios ao zoo, entre outras, com foco na educação ambiental. As ecoférias continuam até quinta-feira, dia 14, das 8h às 12h. Nesta quarta-feira, 13, haverá uma sessão noturna, das 18h às 21h, na qual a criançada poderá percorrer o parque e conhecer os hábitos dos bichos que ficam acordados durante a noite.

 

 

“São atividades de educação ambiental, planejadas com o objetivo principal de despertar o interesse das crianças e sensibilizá-las para a importância da conservação da biodiversidade, das espécies animais e dos biomas. Também destacamos a importância dos zoológicos e dos aquários na conservação e nos cuidados com os animais silvestres, muitas vezes vítimas de tráfico, maus-tratos ou acidentes”, enfatiza o veterinário do Bosque dos Jequitibás, Douglas Presotto.

 

Publicidade

 

O veterinário explica que o Bosque dos Jequitibás recebe alguns animais silvestres resgatados pela Polícia Ambiental. Cuidam deles e, quando possível, fazem a soltura e a reintrodução na natureza. O Bosque dos Jequitibás tem cerca de 200 animais vivendo em recintos, a maioria aves e répteis. Também há felinos, hipopótamo, anta, macacos e outros. De vida livre, que circulam soltos pelo bosque, a estimativa é de cerca de 100 animais como cotias, preguiças, macacos, tatus e outros. Além desses há as aves que frequentam o espaço.

 

 

As atividades das ecoférias são monitoradas e orientadas por profissionais e estagiários das áreas de biologia e veterinária do Bosque dos Jequitibás, incluindo o Museu de História Natural, que funciona dentro do parque. Profissionais da clínica veterinária Selva Urbana, parceira do Bosque, também participam das ecoférias, voluntariamente.

Publicidade

 

 

O parque é uma das áreas verdes mais antigas da cidade, é um espaço repleto de natureza, também tem lanchonetes no local; parquinho; fonte de água; Museu de História Natural; Teatro Infantil Carlito Maia; Aquário; Casa dos Animais Interessantes, e outras.

 

 

Publicidade

O Bosque dos Jequitibás fica na Rua Cel. Quirino, 2, Bosque. É aberto ao público de terça-feira a domingo, das 6h às 18h. A entrada é gratuita.

Geral

Centros de saúde estão abastecidos para campanha de pólio e multivacinação

Publicado

em

Por

A população de Campinas pode procurar 66 centros de saúde municipais para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação. Os estoques estão abastecidos e a Secretaria de Saúde alerta sobre a importância de manter a caderneta de vacinas em dia para evitar doenças preveníveis. A vacina contra a pólio é voltada para as crianças de 1 a 4 anos, mesmo as que já receberam as doses, e a multivacinação visa atualizar doses para os menores de 15 anos. 

 

A campanha começou na última segunda-feira, dia 8 de agosto, e termina em 9 de setembro. De acordo com balanço do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), nos dois primeiros dias, 918 crianças de 1 a 4 anos foram vacinadas contra a poliomielite em Campinas. Elas também tiveram a carteira de vacina avaliada pelas equipes dos centros de saúde e puderam atualizar outras doses faltantes. 

 

“Mesmo as crianças abaixo de 4 anos que tenham o esquema vacinal completo para a pólio estão recebendo a dose de reforço. Por isso é importante que os pais e responsáveis levem os pequenos até um centro de saúde”, explica a articuladora do Programa Municipal de Imunização, Chaúla Vizelli. A meta é vacinar 95% do público-alvo de menores de 4 anos, estimado em 58.813 crianças.

Publicidade

 

Pelos dados do início da campanha, nos dias 8 e 9 de agosto, 778 crianças menores de 1 ano compareceram às salas de vacina e 614 delas receberam algum tipo de vacina. Já entre a faixa de 5 a 14 anos, foram registrados 737 pessoas, sendo vacinadas 310, que estavam com alguma dose faltando na carteira de vacinação. Para a multivacinação a meta é atualizar o esquema vacinal das crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, de acordo com as recomendações do calendário nacional.

 

Os dados iniciais apontam que a participação da população precisa melhorar para ampliar a cobertura vacinal, segundo Vizelli. “Os estoques de vacinas estão normalizados e as equipes disponíveis nos centros de saúde. Tem havido redução no índice de vacinação e isso pode trazer de volta doenças consideradas erradicadas, como a poliomielite. Então, vacinar é a única opção para evitar essa série de doenças preveníveis e esperamos que as famílias levem seus menores de 15 anos para participar da campanha”, reforça.

 

Publicidade

As doses estarão disponíveis em 66 centros de saúde de Campinas (apenas o CS Boa Esperança não aplica a vacina). Não há necessidade de agendamento, basta comparecer no horário de funcionamento da sala de vacinas de cada CS. Pais e/ou responsáveis precisam apresentar a carteira de vacinação e documento com foto da criança ou adolescente. Não há necessidade de intervalo após a vacinação contra a covid-19.

 

Dia D

 

Para pessoas que tenham dificuldade de comparecer durante a semana aos centros de saúde, está agendado para o sábado, 20 de agosto, o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação.

Publicidade

 

Alerta da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) informa que a queda da imunização durante a pandemia de covid-19 equivale à perda de 30 anos de avanço na vacinação infantil, segundo apontado em relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). 

 

De acordo com a entidade, no Brasil, o cenário é tão preocupante como no resto do mundo: a cobertura vacinal contra a pólio (paralisia infantil) vem apresentando resultados abaixo da meta de 95% desde 2016. Neste ano, a porcentagem de crianças vacinadas contra o sarampo não chegou nem em 50%. E, desde o início da pandemia de covid-19, diminuiu o número de doses da vacina contra a febre amarela aplicadas em quatro regiões do País – na Norte foi registrada queda de 34,71%; na Centro-Oeste, 21,72%; na Sul, 63,50%; e na região Sudeste, 34,42%.

 

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Prefeitura altera cronograma do concurso para agente de educação infantil

Publicado

em

Por

A Secretaria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas publica nesta sexta-feira, 12 de agosto, comunicado que altera as datas inicialmente previstas do cronograma do concurso público para agentes de educação infantil. O comunicado pode ser consultado no Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/) e no site da Vunesp (www.vunesp.com.br).

 

No dia 16 de agosto estão previstas as publicações dos resultados das questões dissertativas e a nota de corte para essas questões. Nos dias 17 e 18 os candidatos poderão entrar com recurso sobre essas duas publicações.

 

No dia 9 de setembro, estão planejadas mais quatro publicações: resultado dos recursos sobre a nota de corte e sobre os resultados das questões dissertativas; o resultado da prova de títulos; a classificação prévia; e a convocação para avaliação presencial dos classificados como pessoas pretas e pardas e como pessoas com deficiência.

Publicidade

 

As demais datas do cronograma, neste momento, permanecem inalteradas.

 

“É importante que os candidatos acompanhem as publicações no Diário Oficial e no site da Vunesp. Qualquer alteração de cronograma, convocação ou outros assuntos importantes para os candidatos são divulgadas nesses meios”, explicou Juliana Miorin, coordenadora de Concursos, Recrutamento e Seleção.

 

Publicidade

Agente de Educação Infantil

 

O salário do agente de educação infantil é R$ 2.681,93 para uma jornada de 32 horas semanais e os profissionais também terão direito ao auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.350,00, além do vale-transporte, que é opcional e válido para Campinas.

 

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Trecho de pista interna da Irmã Serafina terá bloqueio viário no domingo

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) interdita ao tráfego de veículos trecho da pista interna da Rua Irmã Serafina, no Centro. O bloqueio será neste domingo, 14 de agosto, Dia dos Pais; no período das 9h até as 12h. 

 

O fechamento da pista interna da via será na altura do numeral 767, no cruzamento com a Rua Ferreira Penteado. O local recebe o trabalho de remoção de tampão de poço de visita (PV), sob responsabilidade da Sanasa. O local terá uma cobertura definitiva. 

 

A Emdec programou duas rotas de desvio. Para os veículos convencionais, pelas vias Ferreira Penteado, Luzitana e Conceição. Para os ônibus do sistema de transporte público coletivo municipal, pela pista externa da Rua Irmã Serafina, a partir da Avenida Dr. Moraes Salles; e retorno para a pista interna da Irmã Serafina, após a Conceição. O ponto da pista interna será remanejado para a mesma altura, na pista externa da Rua Irmã Serafina. 

Publicidade

 

Serão 28 linhas impactadas. São elas: 114; 117; 131.1; 135; 154; 161; 190; 192; 197; 212; 224; 225; 229; 230; 240; 244; 264; 352; 353; 355; 356; 366; 375; 390; 391; 410; 413; e 416. 

 

Agentes da Mobilidade Urbana monitoram o trânsito na região. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”. No caso de chamadas realizadas a partir de outra cidade ou DDD, o telefone é (19) 3731-2910. 

Publicidade
Continue Lendo

Populares