Connect with us

Geral

Corredor BRT Ouro Verde tem mais 1 km liberado para circulação

Publicado

em

Na manhã desta quinta-feira, 7 de novembro, a administração municipal atingiu mais de 10 quilômetros de corredores exclusivos do BRT (Bus Rapid Transit, Ônibus de Trânsito Rápido) liberados para a circulação em 2019. A marca foi alcançada com a abertura de mais um trecho do Corredor BRT Ouro Verde, de cerca de 1 km, na Avenida Ruy Rodriguez. O trecho está inserido entre a futura Estação Santa Lúcia, na altura do Extra Amoreiras e a Avenida Professora Maria Julieta Godoi Cartezani, cortando os bairros Jardim Santa Lúcia, Jardim Capivari e Jardim Yeda. 
São dez faixas de rolamento no total, sendo quatro faixas expressas para os veículos em geral (duas faixas por sentido) e quatro faixas nas vias marginais. As duas faixas centrais, junto ao canteiro central, são exclusivas do sistema de transporte público coletivo municipal. Feitas em pavimento rígido (concreto), as faixas exclusivas são mais resistentes ao fluxo intenso de veículos. O pavimento das vias marginais também será requalificado. A iluminação dos corredores é em LED, com a fiação subterrânea.  
A região recebeu nova pavimentação asfáltica nas faixas por onde circulam os demais veículos. Também foi executada nova sinalização viária, tanto vertical (placas), como horizontal (solo). O canteiro central recebeu o plantio de grama e foram implantados novos semáforos, que ampliaram a segurança viária, próximo à Rua Dra. Joana Zanaga Aboim Gomes.
Este é o quinto trecho dos Corredores BRT que entregamos para a população. Com essas entregas parciais, a população já sente, em seu dia a dia, os benefícios que as obras estão trazendo”, destacou o prefeito Jonas Donizette durante o evento de entrega do trecho. “O trabalho é amargo, mas o fruto é doce. É natural que uma obra dessa proporção traga incômodos, mas para fazer as coisas acontecerem, temos que encarar desafios e sair da rotina”, complementou.
A cerimônia contou com a participação de secretários municipais, vereadores, moradores da região, diretores e funcionários da empresa responsável pela obra e funcionários da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec).
O secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, destacou que o cronograma de implantação dos Corredores BRT no município está sendo cumprido com êxito. “Os três corredores serão totalmente entregues à população até o meio do próximo ano. Um terço do projeto já está liberado para a circulação de veículos. Essa entrega marca o início de uma sequência de novos trechos que também serão liberados para a circulação nos próximos meses”, detalhou.
A região liberada para circulação nesta quinta-feira integra o Trecho 2 do Lote 4 do Corredor BRT Ouro Verde, que vai do futuro Terminal Campos Elíseos até o Terminal Ouro Verde, com 5,7 km de extensão. A empresa responsável pelas obras é o Consórcio BRT Campinas (Artec; Metropolitana). O valor total do lote é de R$ 104,9 milhões.
Durante a cerimônia, o secretário de Transportes prestou reconhecimento público aos profissionais da Emdec que atuam diretamente nas obras de implantação dos Corredores BRT, destacando a dedicação da equipe para o cumprimento dos cronogramas de entregas.
Operação Transporte  
Neste primeiro momento, as faixas exclusivas do corredor serão utilizadas de forma expressa pela linha 130 (Terminal Vida Nova / Terminal Central). O tempo de viagem será reduzido, favorecendo os cerca de dois mil passageiros que utilizam a linha diariamente. A linha 130, que antes operava somente nos horários de pico (manhã e tarde), terá os horários ampliados nos dias úteis, passando a circular no período de entrepico. Serão sete veículos circulando nos horários de pico e quatro veículos nos entrepicos. 
Já as linhas que fazem paradas no trecho liberado para a circulação, na Avenida Ruy Rodriguez, seguem utilizando as paradas atuais, com embarque e desembarque pela faixa da direita.
No total, 14 linhas do sistema de transporte público coletivo circulam pelo trecho liberado. Os atendimentos serão redimensionados de forma gradativa, resultando na redução do tempo de viagem das linhas, redução dos intervalos dos ônibus e melhoria da fluidez viária.
Ao todo, serão beneficiados quase 53 mil passageiros que utilizam essas linhas diariamente. Além da 130, circulam pelo trecho liberado as linhas 116, 116.1, 118, 121, 125, 131, 132, 133, 134, 136, 140, 142 e 199.
Liberações
Esta é a quinta liberação de trechos dos Corredores BRT no município, totalizando mais de 10 km. Mais de 230 mil passageiros já são beneficiados com mais agilidade nas viagens. As liberações das faixas exclusivas para os ônibus do atual sistema de transporte proporcionam ainda a redução de veículos nas vias marginais e uma significativa melhoria da fluidez viária.
Em setembro, foi aberto para circulação um trecho de 1,8 km na Avenida das Amoreiras, entre o viaduto da Rodovia Anhanguera e o futuro Terminal BRT Campos Elíseos, após a Vila Rica. Foram 79 mil passageiros beneficiados.
Em agosto, foi liberado para circulação um trecho de 4,25 km do Corredor BRT Campo Grande, na Avenida John Boyd Dunlop, entre o viaduto da Rodovia dos Bandeirantes (Jardim Ipaussurama) até o viaduto da linha férrea (Jardim Florence). O atual sistema de transporte público utiliza as faixas exclusivas do BRT, com paradas transitórias. Em torno de 69 mil passageiros foram favorecidos.
Em junho, foi liberado para circulação um trecho de 1,8 km do Corredor BRT Ouro Verde, nas Avenidas Ruy Rodriguez e Camucim, desde o Spazio Ouro Verde até a Avenida Aglaia. As faixas do BRT são utilizadas pelo transporte público e compartilhadas com o trânsito comum. A melhoria atinge, ao todo, 31 mil passageiros.
Em maio, foram liberados os novos acessos viários entre o Parque Industrial e o Jardim Miranda, em trecho de cerca de 1 km. A região, por onde passa o BRT Perimetral, é um importante elo entre as avenidas John Boyd Dunlop e Amoreiras.
BRT Campineiro
A maior obra de mobilidade urbana em andamento no País envolve a construção de três corredores BRT – Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral. Ao final das obras, Campinas terá 36,6 quilômetros de corredores, 18 pontes e viadutos, 37 estações e seis terminais. Com custo total de R$ 451,5 milhões, a entrega total da obra está prevista para meados de 2020 e beneficiará, diretamente, 450 mil pessoas.
O BRT campineiro abrange terminais, estações e infraestrutura adequada; veículos articulados; corredores exclusivos com espaços para ultrapassagens; embarque e desembarque pela esquerda (junto ao canteiro central das avenidas); embarque em nível; e pagamento desembarcado. Será um sistema mais seguro, rápido, eficiente e confiável.

Geral

Oficina pedagógica discute conteúdos de mobilidade urbana com professores

Publicado

em

Por

A Semana Municipal do Trânsito (Semutran 2021) terá nesta terça-feira, dia 28 de setembro, às 9h, uma oficina pedagógica em que educadores da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) trabalharão conteúdos de educação para a mobilidade com profissionais das redes municipal, estadual e particular de ensino de Campinas. 
A oficina “Educação para Mobilidade na Primeira Infância – Intersetorialidade e Garantia de Direitos no Projeto Político-Pedagógico”, a terceira deste ano, é voltada a escolas da Educação Infantil ao Ensino Médio. Apesar do nome primeira infância, as discussões abrangem todas as faixas etárias de crianças e adolescentes. 
O evento será on-line, pelo Microsoft Teams. Os educadores devem se inscrever até as 23h59 desta segunda-feira, 27 de setembro, pelo formulário eletrônico bit.ly/educacao_mobilidade_pic. O link de acesso é enviado na confirmação da inscrição. 
Programação
Após a abertura, os profissionais da Emdec abordarão o tema “mobilidade e infância”, com estudos e diagnósticos das dificuldades encontradas por crianças, adolescentes e cuidadores no trânsito. 
Entrará em pauta o papel das escolas neste cenário: o que pode ser feito para melhorar a circulação, dentro e fora do espaço escolar?
A mobilidade urbana estaria presente na própria construção do projeto pedagógico da escola, pois envolve questões de acesso, de onde e como vêm os estudantes, aspectos de segurança (viária e pública) e de formação histórica dos bairros.  
Mais informações 
A Secretaria Municipal de Transportes (Setransp) e a Emdec realizam o encontro em parceria com o Comitê Intersetorial pela Primeira Infância Campineira (PIC). 
Se precisarem de orientações, os educadores podem entrar em contato pelo e-mail [email protected]​​ ou telefone (19) 3772-7123​. 
Acesse a programação completa da Semutran em www.emdec.com.br/semutran2021. 

Continue Lendo

Geral

Campinas ganha destaque na União Internacional de Transporte Público

Publicado

em

Por

 

O presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Ayrton Camargo e Silva, que agora integra o Comitê de Autoridades Internacionais da União Internacional de Transporte Público / Divisão da América Latina (UITP), foi convidado para ser o anfitrião virtual da 49ª Reunião do Comitê, que contou com 20 autoridades mundiais, nesta última semana. 

 

 

A UITP é a única rede mundial que reúne todas as partes interessadas no transporte público e todos os modos de transporte sustentáveis. São mais de 1,8 mil membros no mundo, distribuídos em 16 escritórios, incluindo o da América Latina, que se encontra em São Paulo.  

 

 

Durante o encontro com autoridades dos Estados Unidos, Canadá, Rússia, China, Portugal, Singapura, França, Alemanha, Inglaterra, Suécia, Argentina, entre outros, Camargo apresentou um panorama geral do transporte público na América Latina e destacou a cidade de Campinas e o seu potencial econômico, turístico e social. Também apresentou dados da Região Metropolitana (RMC-Campinas).  

 

 

Os integrantes do Comitê Internacional puderam conhecer a estrutura organizacional da Emdec, suas ações, responsabilidades e diretrizes para a mobilidade urbana nos próximos anos. 

 

 

Camargo ressaltou o papel pioneiro da cidade em temas da mobilidade no Brasil, lembrando a adoção da fiscalização eletrônica digital e da tecnologia de pagamento por cartão nos ônibus do transporte público. A infraestrutura e a operação do transporte foram destacados. Camargo trouxe os dados de passageiros transportados, linhas, táxis, aplicativos, terminais e informações referentes ao BRT. 

 

 

Os participantes fizeram perguntas sobre o Sistema Bus Rapid Transit (BRT) – que vem sendo implantado, a integração entre os transportes, os dados de movimentação e Origem-Destino dos passageiros, e ainda sobre as ciclovias. 

 

 

Os participantes discutiram, ainda, a elaboração de dois documentos: um para orientar as autoridades sobre “Como ajudar na Sustentabilidade das Cidades”; e outro sobre “Como trazer passageiros que foram perdidos de volta ao sistema de transporte público”. 

 

 

A UITP tem o seu escritório central localizado em Bruxelas (Bélgica) e mais de 135 anos de história (foi fundada em 1885). 

 

Continue Lendo

Geral

Expresso Solidário inaugura roteiro do trem turístico pelo Vale das Frutas

Publicado

em

Por

Um grupo de 115 jovens, adultos e idosos embarcou no Expresso Solidário, passeio turístico de trem que partiu na tarde desta sexta-feira, dia 24 de setembro, da Estação Cultura de Campinas rumo a Valinhos. Foi a estreia do futuro roteiro do trem turístico pelo Vale das Frutas. A viagem foi uma realização das Secretarias Municipais de Cultura e Turismo e de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.

 

 

O Expresso Solidário contou com a participação de 20 jovens do Programa Juventude Conectada, 35 da Associação Beneficente Boa Amizade, entidade localizada no Jardim Eulina, e 60 da Guardinha Campinas. O grupo estreou o passeio de trem turístico pelo Vale das Frutas.

 

 

O Expresso Solidário é um projeto idealizado pelo Vale das Frutas Convention & Visitors Bureau e pela Associação de Preservação Histórica de Valinhos (APHV). A operação fica a cargo da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), organização sem fins lucrativos com expertise na operação de trens turísticos e tem apoio da Rumo Logística, concessionária do trecho entre Jundiaí e Campinas.

 

Juventude Conectada

 

O Juventude Conectada de Campinas prevê a formação e atuação de jovens de 15 a 29 anos com oferta de bolsas pedagógicas e uma grade de formação em cidadania e desenvolvimento pessoal, cultura digital e gestão de telecentros, preparando esse jovem para atender o público do telecentro com a realização de oficinas e acesso livre à internet bem como, para o exercício da cidadania e o mercado de trabalho.

Continue Lendo

Populares