Connect with us

Geral

Coordenadora do Primeira Infância Campineira recebe prêmio Zilda Arns

Publicado

em

A coordenadora do Plano Primeira Infância Campineira (PIC), Jane Valente, recebeu nesta terça-feira, dia 24 de abril, o Prêmio Nacional Medalha Zilda Arns de Boas Práticas para a Primeira Infância. Indicada pela Pastoral da Criança, a servidora pública da Prefeitura de Campinas integra o seleto grupo de dez pessoas, entre brasileiros e estrangeiros, premiadas por terem, com o seu trabalho, contribuído de forma significativa para a defesa e garantia de direitos da primeira fase de vida das crianças.
A entrega da medalha ocorreu durante o Seminário Nacional de Políticas Públicas para a Primeira Infância – Um Tributo a Zilda Arns, realizado em Forquilhinha, Santa Catarina, terra Natal da dra. Zilda Arns. O evento é uma realização do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Forquilhinha em parceria com Unicef – Fundo das Nações Unidas para a Infância e Pastoral da Criança.
Jane Valente comenta que é uma honra receber este prêmio e participar da construção de políticas públicas para a primeira infância. “É uma honra receber esta homenagem. Só amplia a minha responsabilidade pela continuidade no compromisso com a infância e a adolescência. Estou muito feliz!”. E Jane Valente continua: “Sempre digo que é um trabalho de muitas mãos, por isso, agradeço aos que comigo convivem, pessoal e profissionalmente”.
Convidado para a cerimônia de entrega do prêmio, o prefeito Jonas Donizette enviou uma mensagem à organização do evento desculpando-se pela ausência, ocasionada por compromissos inadiáveis, e parabenizando a homenageada: “conceder tal distinção a Jane Valente reconhece um trabalho incansável, de grande valor e efetividade em nossa cidade, a qual tenho a honra de testemunhar no meu cotidiano. Trata-se de uma honraria merecida e oportuna”.
A secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, Eliane Jocelaine Pereira, comemora a premiação. “Assistente Social da Prefeitura, Jane Valente tem sua vida profissional embasada na proteção integral de crianças e adolescentes, e sua indicação para esse prêmio fortalece o nosso trabalho, principalmente neste momento em que estamos elaborando o Plano para a Primeira Infância Campineira”, frisou.
O Prêmio Nacional Medalha Zilda Arns de Boas Práticas para a Primeira Infância é um instrumento para identificar e disseminar as práticas bem-sucedidas na área da primeira Infância, que estejam contribuindo de forma significativa para a defesa e garantia dos direitos desta importante fase da vida do ser humano.
Em sua mensagem, o prefeito destacou que “Zilda Arns elevou o nome do Brasil no mundo com seu trabalho incansável em prol da infância de nosso país”. Jonas Donizette disse, ainda, que a honraria “mantém viva sua memória e reforça o compromisso em prol da cidadania e da emancipação dos povos, temas caros a essa grande brasileira”.
De acordo com os organizadores, o Seminário Nacional realizado em Santa Catarina abriga um dos mais importantes debates sobre a primeira infância da atualidade. Atrai personalidades de renome que representam instituições como Unicef; Plan International Brasil; Rede Nacional Primeira Infância; Movimento Nacional Direitos Humanos; Fundação Abrinq; Rede Não Bata, Eduque; Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal e Movimento Nacional Pró Convivência Familiar e Comunitária, entre outros.
Seleção
Jane Valente construiu sua vida profissional voltada à atenção às crianças e adolescentes, somando mais de 40 anos de trabalho nesta área. A indicação para receber a Medalha Zilda Arns ocorreu a partir da sua tese “Família Acolhedora – As relações de cuidado e de proteção no serviço de acolhimento”.
A obra, transformada em livro, analisa a trama de cuidado e de proteção observada no contexto do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora da Prefeitura de Campinas, o Sapeca. A publicação foi editada em 2014, pela Paulus – entidade de assessoramento na Assistência Social
Até o momento foram distribuídos 38 mil livros. A distribuição tem acontecido em eventos e por meio de remessas diretas para todos os municípios brasileiros. Para isso, a autora e a editora contaram com a ajuda do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Unicef, entre outros.
PIC
A elaboração do Plano Primeira Infância Campineira (PIC) tem o objetivo de implantar um programa intersetorial específico para qualificar o atendimento de crianças em situação de vulnerabilidade social durante a primeira infância, período que abrange do nascimento até os seis anos de idade. A ideia central é unir os serviços existentes no município e conhecer as lacunas que devem ser preenchidas para qualificar esse atendimento.
Assim, o PIC deverá adotar uma política coordenada para a primeira infância que potencialize a articulação entre todos os setores municipais, estabelecendo parcerias com instituições da comunidade que promovam o bem-estar de todos os cidadãos, em particular das crianças.

Geral

Novo alerta de dengue traz dez bairros com risco de transmissão

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde divulgou nesta terça-feira, 11 de maio, o Alerta 18 de Dengue na cidade. O documento traz novas áreas com risco de transmissão da doença. São dez bairros: Jardim Novo Campos Elíseos, Parque Vista Alegre, Jardim Telesp, Jardim San Diego, Jardim Proença, Jardim Itatiaia, Vila Padre Anchieta, Núcleo Residencial Boa Vista, Vila Régio e Cidade Universitária II (Barão Geraldo).

 

 

  

 

Conforme a coordenadora do Programa de Arboviroses de Campinas, Heloísa Malavasi, o objetivo dos boletins é alertar a população sobre novas áreas de transmissão da dengue e mobilizar as pessoas para que contribuam com o controle de criadouros do mosquito.

 

 

  

“É essencial que as pessoas verifiquem seus quintais, vasos de plantas e outros possíveis criadouros, e nos ajudem no controle da doença em nossa cidade. É muito importante que a população assuma sua responsabilidade no controle dos criadouros”, falou Heloísa.

 

  

 

O trabalho de controle da dengue continua sendo realizado pelas equipes da Secretaria de Saúde, mas os cidadãos precisam tomar os cuidados necessários para evitar o ciclo de vida e reprodução do mosquito Aedes aegypti. Isso porque 80% dos criadouros estão nos quintais e dentro de casa.

 

 

 

Entre os cuidados, os moradores devem manter caixa d’água fechada ou telada; limpar as calhas e, caso necessário, desentupi-las; trocar a água de vasos de plantas e lavar o recipiente com bucha e sabão para remover os ovos do mosquito.

 

 

 

As pessoas que têm bromélia devem regar a planta com mangueira de pressão uma vez por semana e limpar a face interna de todas as folhas (onde a água fica acumulada, o que favorece a proliferação de ovos e larvas do mosquito).

 

 

 

Outra recomendação é evitar o acúmulo de entulho e recicláveis. Quem precisa descartar este material, deve levar até um dos 16 ecopontos da cidade. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura homologa licitação para conclusão de obras do CS Santa Odila

Publicado

em

Por

As obras de ampliação do Centro de Saúde Santa Odila, paralisadas desde 2019, serão retomadas. O Diário Oficial do Município publicou nesta terça-feira, 11 de maio, a homologação da licitação para a conclusão das obras remanescentes, que terá custo de R$ 225,8 mil.
A previsão do secretário de Infraestrutura, Carlos José Barreiro, é de que as obras sejam concluídas em, no máximo, 120 dias. A retomada ocorre após a empresa que havia sido contratada para a realização da ampliação da unidade ter abandonado o serviço, deixando 15% das obras sem conclusão.
Outras duas empresas foram chamadas, mas tiveram limitações técnicas e jurídicas. Uma nova licitação precisou ser realizada e a vencedora foi a empresa a Spalla Engenharia Eirelli.
Os serviços remanescentes incluem colocação de esquadrias, instalação de peças sanitárias e acessórios, bancadas, implantação de itens relacionados à segurança e combate a incêndio, execução das instalações de gases medicinais, finalização de serviços nas instalações elétricas e hidráulicas e instalações de sistema de proteção contra descargas atmosféricas.

Continue Lendo

Geral

Lagoa do Taquaral: banheiro próximo ao Parcão ficará pronto no 2º semestre

Publicado

em

Por

A Secretaria de Serviços Públicos está construindo um sanitário na Lagoa do Taquaral, próximo ao Parcão, Parque dos Cães, área do antigo kartódromo, portão 6. O novo banheiro vai substituir o antigo, que estava desativado havia anos e foi demolido.

 

 

 

 

A obra começou em fevereiro e deve ser concluída no início do segundo semestre. A construção tem 38 metros quadrados, dividida em masculino e feminino. Cada um tem três vasos sanitários, sendo um deles com acessibilidade, e dois lavatórios. No masculino também terá dois mictórios. As paredes terão azulejo e o piso será de cerâmica. 

 

 

 

 

De acordo com a equipe da Secretaria de Serviços Públicos, o banheiro nesse local vem atender a uma demanda dos frequentadores, que já usavam o espaço do antigo kartódromo para andar de bicicleta e fazer caminhadas. Com a inauguração do Parcão, em 17 de outubro de 2020, o público aumentou naquele ponto do parque.

 

 

 

O Parcão é o primeiro parque para cachorros de Campinas, idealizado para lazer e atividades físicas dos cães. Tem uma área de 3 mil metros quadrados, cercada por alambrado, obstáculos para cães, iluminação e paisagismo. A capacidade é receber entre 30 e 50 cachorros.

 

 

 

 

A Lagoa do Taquaral fica na Avenida Heitor Penteado, s/nº, Taquaral.

Continue Lendo







Populares