Connect with us

Geral

Conselho da Juventude tem novos membros para o próximo biênio

Publicado

em

Os novos membros do Conselho Municipal da Juventude (CMJ) para a gestão 2018-2020 foram empossados pelo prefeito Jonas Donizette na tarde desta quarta-feira, dia 24 de janeiro. Órgão permanente e vinculado à Coordenadoria Setorial de Políticas para a Juventude da Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania, o CMJ tem entre suas atribuições o acompanhamento e a fiscalização da gestão local das políticas públicas voltadas às pessoas entre 15 a 29 anos.
Na cerimônia, o prefeito destacou a importância da união dos diversos segmentos para a construção conjunta de políticas públicas que efetivamente apresentem resultados. “O Conselho da Juventude é composto por diferentes segmentos, com suas opiniões e demandas diversas. Desta forma, se todos derem as mãos e trouxerem suas sugestões, conseguiremos fazer a diferença na vida das pessoas”, observou o prefeito.
Para a secretária de Cidadania, Eliane Jocelaine Pereira, o Conselho é um espaço fundamental para que o jovem tenha sua voz reconhecida para uma cultura de paz efetiva. “Este é um espaço de diálogo para os jovens. Um local onde podem apontar o caminho que a política pública deve seguir e, assim, tornar a juventude uma janela promissora para ações de garantia de direitos para aqueles que vivenciam as questões excludentes”, ressaltou.
O Conselho da Juventude, entre outras atividades, apoia a articulação com outros órgãos da administração pública e com a sociedade civil. Também participa da elaboração de planos, conferências, programas e estudos relativos aos jovens.
O colegiado é composto por 47 conselheiros, entre titulares e suplentes, sendo 24 do poder público municipal e 23 representantes da sociedade civil. Esses 23 conselheiros são eleitos por voto popular e fazem parte de movimentos sociais e populares ou são pessoas jurídicas com fins não econômicos nos setores de cultura e arte; pessoa com deficiência; educação e medidas socioeducativas; esporte e lazer; jovem aprendiz e empreendedorismo; relações étnico raciais; saúde/meio ambiente; mobilidade urbana; diversidade religiosa; gênero e diversidade sexual; Movimento Estudantil Secundarista (MES); e Movimento Estudantil Universitário (MEU).
Conselho
Responsável pelo incentivo e controle social da Política Municipal de Juventude, o CMJ é um órgão consultivo e deliberativo, criado pela Lei Complementar nº 115, de agosto de 2015.
A mesma lei criou a Coordenadoria de Políticas para a Juventude e reestruturou a política municipal para o setor. A criação dos dois órgãos eram demandas antigas da juventude em Campinas.
A primeira gestão, entre 2015 e 2017, teve a função de organizar o regimento interno e questões formais do órgão, abrindo espaço para que os próximos conselheiros se concentrem mais nas atividades fins. Para esta nova gestão, cinco conselheiras reeleitas levarão a experiência dos primeiros anos para o próximo biênio.
Novos membros
Representantes do Poder Público
Secretaria Municipal de Assistência Social e Segurança Alimentar
Titular: Mariana de Souza Maia
Suplente: Giovanna Puosso Labbate
Secretaria Municipal de Cultura
Titular: Marcela Bonetti
Suplente: Rosangela da Glória N. Reis
Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania
Titular: Geziel Antonio dos Santos
Suplente: Deolídia Divina S. Benages
Secretaria Municipal de Educação
Titular: Mário Marcelo Ramos
Suplente: Flávia Martins Guimarães Fung
Secretaria Municipal de Esportes e Lazer
Titular: Rodrigo Gimiliani Alves
Suplente: Luiz Antonio Júnior
Secretaria Municipal de Saúde
Titular: André Santos Di Trani
Suplente: Edison Martins da Silveira
Secretaria Municipal de Segurança Pública
Titular: Gabriel Trevisan Formigoni
Suplente: Carlos Roberto Longuini
Secretaria Municipal de Trabalho e Renda
Titular: Paulo Henrique Reda Claro
Suplente: Eric Nunes Iamarino
Secretaria Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Titular: Dominique Missio de Faria
Suplente: Diego Poggetti
Secretaria Municipal de Transportes
Titular: Guilherme damasceno Fernandes
Suplente: Mariangela Marini dos Santos Pereira
Órgão Responsável pela Política de Cidadania
Titular: Felipe Gonçalves da Silva
Suplente: Vinicus Pazzoto
Gabinete do Prefeito
Titular: Walquiria Sonati
Suplente: Renata Morais de Carvalho
Representantes da Sociedade Civil
Cultura e Arte
Titular: Kauê Nascimento Manzani – Associação da Parada e Apoio LGBT de Campinas
Suplente: Marina Quintanilha da Cunha – União da Juventude Socialista (UJS)
Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida
Titular: Estevam Trovato Castorino – Ação Voluntária Emergente (AVE)
Suplente: Rafael Henrique Guidetti Frazatto – Recicla Lar Corrente do Bem
Educação e Medidas Socioeducativas
Titular: Gabriela Silva Junqueira de Lacerda – Projeto Resgate de Efraim
Suplente: José Clenilton Henrique Guimarães Costa – Juventude Socialista Brasileira (JSB)
Esporte e Lazer
Titular: Matheus Marcon Miranda – Juventus Futebol e Amizade
Suplente: Tatiane Regina de Oliveira Augusto – Renovação Kátia Gadelha
Jovem Aprendiz e Empreendedorismo
Titular: Cristiane Isabel Canella – Associação de Ensino Social Profissionalizante (ESPRO)
Suplente: Carlos Henrique Estevam da Silva – Centro Comunitário da Criança e Adolescente Parque Itajaí
Relações Étnico Raciais
Titular: Maura Samili da Silva Baltazar – União de Negros pela Igualdade (Unegro)
Suplente: Vanessa Cristina de Dias Souza – Rede Articula Juventude (Reaju)
Saúde/Meio Ambiente
Titular: Liliana Cristina Mussi – OSCIP Terra das Andorinhas
Suplente: Carolina Branco Claudino Gomes Vancini – JPSDB
Diversidade Religiosa
Titular: Paulo Silas da Silva – Federação da Mocidade Presbiteriana (UMPS)
Suplente: Lilian Fernanda da Silva – Pastoral da Juventude
Mobilidade Urbana
Titular: Pedro Otávio dos Santos Oliveira – Associação Campinas pra Melhor
Suplente: Bruno Liporaci Silva – União Municipal das Entidades Comunitárias de Campinas – Umecc
Gênero e Diversidade Sexual
Titular: Cecília Carvalho Moraes – Mulheres Socialistas Brasileiras (MSB)
Suplente: Rayssa Inês Mariano – União Brasileira de Mulheres de Campinas
Movimento Estudantil Secundarista
Titular: Rebeca Pâmela Batista dos Santos – Grêmio Carlos Alberto Galhiego
Suplente: Isabela Sato Maziero Domingues da Silva – Grêmio Estudantil Vitor Meireles
Movimento Estudantil Universitário
Titular: Camile Tauana dos Santos – DCE Anhanguera

Geral

Taubaté, estratégica para o Estado, vem buscar orientação da Defesa Civil

Publicado

em

Por

Profissionais da Defesa Civil de Taubaté se reuniram na tarde desta segunda-feira, dia 4 de julho, com a Defesa Civil de Campinas, na Sala de
Resiliência do Paço Municipal. A visita teve como objetivo trocar
informações sobre a estrutura, trabalho e os fluxos do serviço em
Campinas.
De acordo com o coordenador regional e diretor da Defesa Civil de
Campinas, Sidnei Furtado, Taubaté é estratégica para o Estado, sendo
importante contribuir para o fortalecimento do sistema e a estruturação
das ações de resiliência na cidade. “Ter uma visão sistêmica sobre a
atuação da Defesa Civil e de todos os setores envolvidos no atendimento
a situações de emergência e desastres é fundamental”,
destacou.
Segundo o coordenador do serviço em Taubaté, Danilo Ricci, a intenção da visita foi conhecer a atuação do serviço campineiro para pode replicar as boas
experiências. “Sempre fomos admiradores de Campinas e nosso objetivo foi
buscar conhecimentos, entender a estruturação do serviço em Campinas
como um todo, para poder levar para nossa cidade”.
O gestor da Defesa Civil de Taubaté, subtenente Antunes, reforçou que a
visita foi uma oportunidade de ouvir de Campinas como é a dinâmica do
setor no município. Taubaté já aderiu à iniciativa “Construindo Cidades
Resilientes (MCR2030)” da Organização das Nações Unidas (ONU) e os
gestores aproveitaram a experiência de Campinas como exemplo.
A estrutura e os fluxos de atendimento do telefone 199 foram outros pontos abordados abordados durante a reunião. Participaram o
chefe de divisão, Leandro Rosa e o engenheiro ambiental, Adriano
Rodrigues, de Taubaté; o coordenador de Operações, Daniel Oliveira; a coordenadora do Setor de Monitoramento e Alerta da
Defesa Civil de Campinas, Sueli Aparecida Castiglieri Oliveira.

Continue Lendo

Geral

Semana Guilherme de Almeida reverencia o talento do poeta campineiro

Publicado

em

Por

A arte, a poesia, a literatura e a cultura foram os destaques da abertura da Semana Guilherme de Almeida, na manhã desta segunda-feira, 4 de julho. As atividades foram realizadas justamente na histórica praça que leva o nome do poeta campineiro, localizada em frente ao Palácio da Justiça.

A largada na programação lembrou o talento do poeta, considerado um dos maiores da história do país, convidou os campineiros a admirarem sua arte, e Campinas a se orgulhar do filho famoso. O numeroso conjunto de entidades que participa da Semana mostra que o autor do Hino do Expedicionário – aquele que fala de um lindo Brasil de praias sedosas, montanhas alterosas, pampa e seringal, margens crespas dos rios e verdes mares bravios – não está esquecido.

A Semana Guilherme de Almeida acontece de 4 a 11 de julho, com várias atividades abertas ao público. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, por meio da Coordenadoria Departamental de Bibliotecas e da comissão organizadora, promove o evento, que este ano volta a ser presencial, depois de homenagens on-line em 2020 e 2021. A Semana Guilherme de Almeida é realizada anualmente, conforme a Lei Municipal 10.138, de 25 de junho de 1999.
A solenidade de abertura da Semana teve a presença da secretária municipal de Cultura e Turismo, Alexandra Caprioli; do diretor de Cultura, Gabriel Rapassi, e dos membros da comissão organizadora da Semana, que reúne 16 entidades. O vereador Luiz Carlos Rossini participou em nome da Câmara Municipal.

A Secretaria Municipal de Educação participa da Semana com os alunos da rede, que estarão no workshop e na oficina para concurso de haicais.

Poesia na bandeja
As obras do poeta foram lembradas em declamações na praça. Mas as poesias e haicais de Guilherme de Almeida também foram oferecidos ao público na bandeja, literalmente: impressos, eram distribuídos ao público, que desdobrava o presente. Apresentação musical com a Banda EsPCEx e o Conservatório Carlos Gomes, varal de haicais e doações de livros pela Associação OndulArte e Coordenadoria de Bibliotecas completaram o programa da manhã desta segunda-feira.

Publicidade

A secretária municipal de Cultura e Turismo, Alexandra Caprioli, agradeceu a toda a comissão organizadora por “aproximar a população da poesia, proporcionar mais cultura e arte, honrando e elevando o nome do poeta campineiro”.

Neste período, a gente reflete sobre a importância de falar de arte, de poesia, e, por meio disso, tocar a vida das pessoas. Temos que olhar esse momento que a gente vive, tão ligados nas redes sociais, quando, por vezes, deixamos de lado a literatura e a poesia, esquecendo quão necessárias são para as nossas vidas”, disse.

A coordenadora departamental de Bibliotecas, Renata Alexsandra da Silva, explicou que a programação acontece em vários lugares, aproximando a vida e a memória de Guilherme de Almeida das pessoas. Ela destacou a participação dos “poetas vivos, que estão na cidade, e que também participam da Semana, ao longo da programação”.

Na abertura, senhoras vestidas com roupas de época e representando a arte moderna, recebiam o público. A performance estava de acordo com o tema deste ano: a Semana Guilherme de Almeida e da Arte Moderna.

Programação
A programação foi elaborada de forma a reunir atividades diversificadas, com poesia e arte abertas ao público, concurso de haicais (poema curto de origem japonesa, forma de poesia praticada por Guilherme de Almeida) com alunos da rede municipal, saraus, declamação, exposições. Contempla, ainda, palestras e debates sobre a vida, a trajetória e as obras do poeta campineiro.

Publicidade

Ao longo da Semana, entre outros destaques, haverá um bate papo com o museólogo da Casa Guilherme de Almeida e coordenador do CAE (Coordenadoria de Apoio ao Escritor) do Museu Casa das Rosas, na Biblioteca Municipal Prof. Ernesto Manoel Zink. Também constam da programação novos episódios radiofônicos na Rádio Educativa FM 101.9.

A programação completa e mais informações sobre a Semana estão disponíveis em https://semanaguilhermedea.wixsite.com/2022.

Príncipe dos Poetas Brasileiros
Guilherme de Almeida, poeta e ensaísta, nasceu em Campinas, em 24 de julho de 1890, e faleceu em São Paulo, em 11 de julho de 1969. Filho do jurista e professor de Direito Estevam de Almeida, estudou nos ginásios Culto à Ciência, de Campinas, e São Bento e Nossa Senhora do Carmo, de São Paulo. Cursou a Faculdade de Direito de São Paulo, onde formou-se bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, em 1912. Dedicou-se à advocacia e à imprensa em São Paulo e no Rio de Janeiro. Foi redator de O Estado de São Paulo, diretor da Folha da Manhã e da Folha da Noite, fundador do Jornal de São Paulo e redator do Diário de São Paulo.

A publicação do livro de poesias “Nós” (1917), início de sua carreira literária, e dos que se seguiram, até 1922, de inspiração romântica, colocou-o entre os maiores líricos brasileiros. Em 1922, participou da Semana de Arte Moderna, fundando depois a revista Klaxon.

Percorreu o Brasil difundindo as ideias da renovação artística e literária, em conferências e artigos, adotando a linha nacionalista do Modernismo, segundo a tese de que a poesia brasileira “deve ser de exportação e não de importação”. Os seus livros “Meu” e “Raça” (1925) exprimem essa orientação fiel à temática brasileira.

Publicidade

A sua entrada na Casa de Machado de Assis significou a abertura das portas aos modernistas. Formou, com Cassiano Ricardo, Manuel Bandeira, Menotti del Picchia e Alceu Amoroso Lima, o grupo dos que lideraram a renovação da Academia Brasileira de Letras. Em concurso organizado pelo Correio da Manhã foi eleito, em 16 de setembro de 1959, “Príncipe dos Poetas Brasileiros”.

Foi membro da Academia Paulista de Letras; do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo; do Seminário de Estudos Galegos, de Santiago de Compostela; e do Instituto de Coimbra. Traduziu, entre outros, os poetas Paul Géraldy, Rabindranath Tagore, Charles Baudelaire, Paul Verlaine e, também, a peça “Entre quatro paredes”, de Jean Paul Sartre.

Comissão organizadora
A comissão organizadora da “Semana Guilherme de Almeida e da Arte Moderna” é composta pela Academia Campineira de Letras, Ciências e Artes das Forças Armadas; Academia Campineira de Letras e Artes; Academia Campinense de Letras; Associação Brasileira Carlos Gomes de Artistas Líricos; Associação Lítero-Sócio-Cultural OndulArte; Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro; Ateliê Lisa França; Biblioteca Pública Distrital de Sousas “Guilherme de Almeida”; Câmara Municipal de Campinas; Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura; Casa Guilherme de Almeida – Centro de Estudos de Tradução Literária; Centro de Ciências, Letras e Artes; Companhia Teatral Cenarte Produções Artísticas; Conservatório Carlos Gomes; Coordenadoria Departamental de Bibliotecas Públicas de Campinas; MMDC Campinas; Rotary Clube de Campinas Cambuí; Secretaria Municipal da Educação; Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e União Brasileira de Trovadores UBT Seção Campinas.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura divulga boletim semanal com dados de sintomáticos respiratórios

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou nesta segunda-feira, dia 4 de julho, o Boletim de Monitoramento de Síndromes Respiratórios.

 

Divulgado semanalmente, o documento apresenta os números de atendimentos de sintomáticos respiratórios no SUS municipal, além de dados das redes pública e privada, como o índice de positividade de covid-19, os casos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e SG (Síndrome Gripal), além de crianças e adultos internados por SRAG em UTIs. 

 

 

Publicidade

Os dados de casos e óbitos por covid-19 continuam sendo atualizados diariamente no painel covid, no site covid-19.campinas.sp.gov.br.

 

Situação Epidemiológica semanal

 

 

Publicidade

– Positividade de testes para covid (semana de 19 a 25/06): 32,9% (redes pública e privada);

 

– Atendimentos de sintomáticos respiratórios no SUS municipal (semana de 19 a 25/06): 14.028;

 

– Casos notificados de SRAG e SG nas redes pública e privada (semana de 19 a 25/06): 9.509;

Publicidade

 

– Crianças internadas em UTI por SRAG nas redes pública e privada – 25/06/22: 28;

 

– Adultos internados em UTI Por SRAG nas redes pública e privada – 25/06/22: 49.

Publicidade
Continue Lendo

Populares