Connect with us

Geral

Ciência para Redução de Desigualdades é tema da Semana Municipal de C&T;

Publicado

em

Foi realizada em Campinas na manhã desta terça-feira, 16 de outubro, a abertura oficial da 6ª Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação em conjunto com a 15ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O evento ocorreu no auditório do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI) e contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas, André von Zuben. A Semana teve início nesta segunda-feira, 15 de outubro, e vai até o próximo domingo, 21.

 

 

 

 

Publicidade

A Semana Nacional é promovida pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. O tema deste ano, também adotado pela Semana Municipal de Campinas, é a “Ciência para redução das desigualdades”. A pauta permite trazer à tona o debate acerca da contribuição das Ciências Sociais e Humanas para a redução das desigualdades no Brasil. Fomentar os usos sociais da ciência e da tecnologia permitirá ampliar as possibilidades de se combater a desigualdade social por meio da popularização e da divulgação da ciência e da tecnologia.

 

 

 

 

Publicidade

Representando o prefeito Jonas Donizette na abertura oficial da Semana, o secretário André von Zuben destacou que o objetivo é expandir o alcance do conhecimento científico no município. “A Semana é importante para popularizar a Ciência e Tecnologia para o público em geral, em especial para as crianças, adolescentes e jovens. Este trabalho é feito com a participação de várias instituições, entre universidades, centros de pesquisas e empresas, que abrem suas portas para que os estudantes possam participar de ações com uma linguagem acessível e com experimentos que estimulem a curiosidade e os motivem a discutir as implicações sociais da Ciência”, destacou André von Zuben, que é o autor da lei que instituiu a Semana Municipal de Ciência e Tecnologia na cidade, em 2013.

 

 

 

 

Publicidade

A programação da Semana Municipal envolve oficinas, palestras, visitas monitoradas, entre outras atividades nas principais Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) de Campinas e outras organizações apoiadoras. Nesta quarta-feira, 16 de outubro, com a participação de alunos da rede municipal de ensino, estão acontecendo atividades no CTI, Unicamp, PUC-Campinas, Museu Dinâmico de Ciências de Campinas, Observatório Municipal de Campinas – Jean Nicolini e Informática de Municípios Associados S/A (IMA). Mais informações e a programação completa da Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Campinas podem ser encontradas no site www.semanacet.campinas.sp.gov.br.

 

 

 

 

Publicidade

A Semana Municipal é uma realização do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia, com apoio da Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, Secretaria de Educação e Secretaria de Cultura.

 

 

 

 

Publicidade

A abertura oficial no CTI nesta quarta-feira contou com uma intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) durante as falas das autoridades que fizeram parte da mesa de cerimônia. Além do secretário André von Zuben, a mesa foi composta pelo diretor substituto do CTI, Rogério Winter, do secretário executivo da Facti (Fundação de Apoio à Capacitação em Tecnologia da Informação), Alexandre Cândido de Paulo, e do diretor adjunto do Instituto Federal de São Paulo, Marcelo Garcia Bonfim.

 

 

 

Campinação

Publicidade

 

Assim como no ano passado, a Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação conta com o “Campinação”, que é uma disputa por meio de projetos realizados pelos alunos dos ciclos II (4º e 5º anos) e IV (8º e 9º anos) das escolas municipais inscritas. As três equipes vencedoras de cada ciclo levarão como prêmio um kit pedagógico de robótica para as escolas que estão representando e receberão um estudo do meio para conhecer uma ICT participante da semana. As finais acontecem na tarde desta quarta-feira, 17 de outubro, na sede do Instituto Cultural Nipo Brasileiro de Campinas.

 

 

 

Publicidade

As instituições participantes da Semana Municipal são: Centro Nacional de Pesquisa em Energias e Materiais (CNPEM), Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), Ecobrinquedoteca, Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Roberto Mange, Informática de Municípios Associados (IMA), Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp (IMECC), Instituto de Geociências da Unicamp (IG), Grupo de Educadores Google (GEG Campinas), Museu Dinâmico de Ciências de Campinas e Planetário (MDCC), Museu Exploratório de Ciências da Unicamp, Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini, PUC-Campinas, Aeroporto Internacional de Viracopos, Teatro IMA Cultural e 3S Projetos.

Geral

Saúde realiza ação educativa contra febre maculosa nesta quinta-feira, 19

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde realiza na próxima quinta-feira, 19 de maio, mais uma ação educativa sobre a febre maculosa no Parque Linear José Mingone, no Jardim Capivari, região Sudoeste da cidade.

Durante os eventos, as pessoas que estiverem no parque serão abordadas por profissionais de saúde para receber orientações sobre a doença (cuidados, sintomas, transmissão etc).

No dia 26 deste mês, uma nova ação está prevista no mesmo local.

Na segunda-feira, 16 de maio, foi confirmada a primeira morte por febre maculosa em Campinas em 2022. A vítima é um homem de 18 anos, que apresentou sintomas em 20 de abril e morreu no dia 24 do mesmo mês. O local provável de infecção fica na região Norte. Este também é o primeiro caso da doença confirmado este ano na cidade.

Em 2021, foram registrados 11 casos e cinco mortes. Em 2020, foram sete casos e cinco óbitos.

Publicidade

Cuidados

A febre maculosa é uma infecção grave, causada por uma bactéria e transmitida pelo carrapato conhecido como estrela.

Pessoas que residam, trabalhem ou tenham frequentando durante outras atividades, como lazer, áreas com vegetação, mata e próximos a rios, lagos e lagoas, devem ficar atentas aos sintomas da doença, que são febre, dor de cabeça, dor intensa no corpo, mal-estar generalizado, náuseas, vômitos e, em alguns casos, manchas vermelhas pelo corpo.

Ao apresentar um destes sinais, a pessoa deve procurar o serviço de saúde o mais rápido possível e descrever os sintomas e informar que teve contato com o carrapato e/ou esteve com locais de risco, pois os indicativos podem ser confundidos com outras doenças, como dengue, viroses respiratórias, entre outras.

Não existe vacina contra a febre maculosa e não é possível eliminar totalmente o carrapato. A doença tem cura, mas o tratamento com antibióticos apropriados deve ser iniciado precocemente.

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Com umidade baixa, Campinas entra em Estado de Atenção

Publicado

em

Por

O município de Campinas está em Estado de Atenção pela baixa Umidade Relativa do Ar (URA). Às 12h40 desta terça-feira, dia 17 de maio, o índice atingiu 28%, conforme boletim emitido pelo Departamento de Defesa Civil do município, a partir de dado recebido da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte, responsável pela medição.

 

O Estado de Atenção é decretado quando a umidade relativa do ar registra índice entre 20% e 30%. Nesse caso, a principal recomendação é consumir muita água e ter cuidado especial com crianças e idosos.

 

Também é aconselhado que a população evite exercícios físicos ao ar livre, entre 11h e 15h, e mantenha os ambientes umidificados com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água.

Publicidade

 

É sugerido, ainda, aguar os jardins e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas. Outra orientação é evitar queimadas que, além de proibidas por lei, prejudicam o meio ambiente e a saúde.

 

 

 

Publicidade

 

 

 

Continue Lendo

Geral

Prefeitura abre agendamento para castração gratuita no Jardim São José

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Campinas realiza o agendamento para a castração gratuita de cães e gatos nesta terça e quarta-feira, 17 e 18 de maio, para tutores de animais que sejam moradores do Jardim São José, localizado na região Sul de Campinas. Os agendamentos devem ser feitos presencialmente, das 9h às 16h, no Centro Esportivo Educacional São José, na Rua Rodolfo Panoni, altura do número 57. São disponibilizadas 1.000 vagas. 

 

As castrações ocorrerão na semana que vai de segunda-feira, 30 de maio, até sexta-feira, 3 de junho. Os procedimentos serão realizadas no Castramóvel – ônibus adaptado que realiza as cirurgias em ação que percorre os bairros do município. 

 

Para realizar o agendamento, é preciso ser maior de 18 anos, levar comprovante de endereço no nome do solicitante e documentos pessoais.

Publicidade

 

A castração evita fugas, agressividade, marcação de território, tumores, infecções, ninhadas indesejadas e, por consequência, o abandono de filhotes, de acordo com o diretor do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal (PBEA), Vagner Bellini. “É uma decisão muito importante para a saúde dos cães e dos gatos, garante melhor qualidade de vida e longevidade para os bichos”, explica.

 

O serviço é uma realização do DPBEA, órgão da Secretaria Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS). Novas ações como esta ocorrerão em outras regiões da cidade durante o ano. A Prefeitura realizou 4.600 castrações gratuitas até o mês de abril deste ano e estão previstas mais 1.600 castrações para o mês de maio de 2022.

 

Publicidade

 

Continue Lendo

Populares