Connect with us

Geral

Camprev realiza eleição para compor Conselho Fiscal e Junta de Recursos

Avatar

Publicado

em

O Camprev realiza nesta quinta-feira, 16 de janeiro, eleição para os novos integrantes do Conselho Fiscal e da Junta de Recursos. Podem votar servidores ativos e inativos. Serão disponibilizados cinco locais de votação: Camprev, das 9h às 17h; Câmara Municipal, das 9h às 17h; Setec, das 7h às 19h; Hospital Municipal Dr. Mário Gatti, das 7h às 19h; e Paço Municipal, das 9h às 17.
De acordo com o presidente do Camprev, Marionaldo Maciel, a participação dos servidores é fundamental. “Embora o voto não seja obrigatório, esperamos que a maioria dos servidores participe, porque essa é uma excelente oportunidade de escolher quem os representará nos próximos três anos”, disse. “É importante que os servidores analisem o currículo de cada candidato e veja como eles poderão contribuir para a sustentabilidade da previdência municipal”.
Maciel comentou, ainda, o número de inscritos. “O processo eleitoral criou uma grande expectativa, o que podemos observar pela quantidade de servidores inscritos, interessados em participar do Conselho e da Junta de Recursos, órgãos importantes para a previdência dos servidores”, completou.
Mais de 22,5 mil servidores, sendo 14.138 ativos e 8.373 inativos, estão aptos a votar.
O Conselho Fiscal é composto por quatro pessoas, sendo duas eleitas pelos servidores ativos e duas pelos inativos. Para a Junta de Recursos também serão nomeados quatro servidores, sendo dois eleitos pelos ativos e inativos e dois indicados pelo Executivo.
O mandato dos dois órgãos será para o triênio 2020 – 2023.
A relação com os candidatos inscritos pode ser consultada no Diário Oficial do Município do dia 20 de dezembro (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/).
Conselho e Junta
O Conselho Fiscal é responsável por emitir parecer sobre os balancetes mensais, balanços anuais e demais demonstrativos financeiros sobre as aplicações dos recursos financeiros destinados ao custeio do regime próprio. O órgão também opina sobre o plano plurianual, diretrizes orçamentárias e proposta orçamentária anual da previdência municipal, entre outros.
Já a Junta de Recursos julga, em última instância, recursos dos segurados e pensionistas que se sentirem prejudicados nos seus direitos e dá parecer a consultas formuladas pela diretoria.
Serviço
Eleição para o Conselho Fiscal e Junta de Recursos
Data: 16 de janeiro, quinta-feira
Relação de candidatos: Diário Oficial de 20 de dezembro (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/)
Quem pode votar: servidores efetivos e servidores inativos
Locais e horários de votação:
– Câmara Municipal de Campinas
das 9h às 17h
Votam apenas os servidores lotados na Câmara
– Camprev
das 9h às 17h
Votam neste local apenas os servidores inativos
– Hospital Municipal Dr. Mário Gatti
das 7h às 19h
Votam apenas os servidores lotados na Rede Mário Gatti (Hospital Ouro Verde, Hospital Mário Gatti, Samu, UPAs São José e Campo Grande e PA Padre
Anchieta).
– Setec
das 7h às 19h
Votam apenas nos servidores lotados neste local
– Paço Municipal
das 9h às 17h
Votam todos os servidores não relacionados nos demais locais.

Geral

Campinas passa para a Fase Vermelha; medida entra em vigor na segunda, 6

Avatar

Publicado

em

Por

Campinas passou para a Fase Vermelha, conforme determinação do Plano São Paulo, do governo do Estado de São Paulo. A medida, que entra em vigor na segunda-feira, 6 de julho, foi anunciada pelo prefeito Jonas Donizette, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais na manhã desta sexta-feira, 3 de julho.

 


 

“Campinas foi reclassificada para a Fase Vermelha, pelas regras do Estado, e voltará a funcionar com os serviços essenciais. Embora estivéssemos na Fase Laranja, já havíamos restringido o funcionamento do comércio”, disse o prefeito.

 


 

De acordo com o secretário municipal de Assuntos Jurídicos, Petter Panutto, um decreto com o detalhamento das atividades essenciais que poderão funcionar será publicado em edição extraordinária neste sábado, 4 de julho. Como atividades essenciais, volta a valer o que foi estabelecido no dia 21 de março, pelo decreto 20.782. A cidade permanecerá nesta Fase até nova avaliação.

 

 

São consideradas atividades essenciais e que poderão funcionar na Fase Vermelha: assistência à saúde, incluindo serviços médicos, hospitalares e de óticas; serviços de segurança privada; transporte de passageiros por táxi ou aplicativo; serviços de alimentação, como restaurantes, bares e congêneres, por entrega (delivery) ou retirada (drive thru); padarias, supermercados, atacadistas e comércios que vendam gêneros alimentícios e produtos de limpeza; farmácias; serviços bancários, incluindo casas lotéricas; indústrias e fábricas, com a capacidade máxima de 30% nos refeitórios; hotéis, pousadas e outros meios de hospedagem; lavanderias e serviços de limpeza; entregas em geral; transportadoras, postos de combustíveis e derivados, armazéns, oficinas de veículos automotores, borracharias e serviços congêneres; construção civil com contratos para obras essenciais em vigor com a administração pública; veterinárias e pet; manutenção predial, elétrica ou hidráulica; lojas de materiais de construção; comércio de insumos para oficinas mecânicas; comércio de bens e serviços automotivos; abastecimento e logística de agropecuária e a agroindústria; serviços de entrega (delivery) ou retirada (drive thru) em geral; assistência técnica de eletroeletrônicos;  atividades internas em comércios, escritórios e prestadores de serviço, sem atendimento a clientes e os hospitais privados continuam proibidos de realizar cirurgias eletivas, até nova decisão e os serviços da Administração pública.

 

Os templos religiosos poderão permanecer abertos, com 20% da capacidade. mas maiores de 60 anos e pessoas com doenças prévias, não devem ir. A recomendação é de que os cultos sejam virtuais.   

 

Para quem descumprir as medidas, seja o de abrir ou não seguir as regras sanitárias, haverá multa de 400 UFICs, o que equivale a R$ 1.446,44. Em caso de reincidência, a multa dobra, e na terceira autuação o estabelecimento é fechado enquanto durar a quarentena.

 

Para a Fase Laranja

 

O prefeito Jonas Donizette avisou que foi permitido, pelo Estado que o comércio de rua e de shoppings poderão funcionar durante seis horas, em quatro dias da semana, de quarta-feira a sábado, para as cidades que estiverem na Fase Laranja.

 

Em Campinas, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, Alexandra Caprioli, disse que tem conversado com os comerciantes que atuam em lojas de rua e de shopping, para definir os horários do comércio, quando for novamente permitido. Os lojistas do comércio de rua demonstraram interesse em abrir, das 10h às 16h, e os de shopping, das 14h às 20h.

Continue Lendo

Geral

Hospital Ouro Verde terá mais 48 leitos para pacientes com Covid-19

Avatar

Publicado

em

Por

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, abordou na live desta sexta-feira, dia 3 de julho, a visita técnica que realizou ontem, quinta-feira, dia 2 de julho, no Hospital Ouro Verde. O objetivo foi conhecer os novos leitos que o hospital vai disponibilizar para pacientes com coronavírus.

 


A partir dos próximos dias, a Rede Mário Gatti de Urgência e Emergência Hospitalar vai disponibilizar mais dez leitos de UTI e 38 de retaguarda para Covid-19 no Hospital Ouro Verde. Com isso, o hospital contará com um total de 55 leitos UTI Covid e 84 leitos de retaguarda Covid.

 

 


 

“Quero cumprimentar aos operários que estão trabalhando. No total, fizemos um aumento de quase 200% no número de leitos, tanto de UTI quanto de retaguarda somente na rede municipal”, afirmou o prefeito Jonas Donizette. 

 

Os leitos de UTI serão montados no espaço anteriormente ocupado pela recuperação pós anestésica do centro cirúrgico ambulatorial – as cirurgias estão suspensas por causa da pandemia. Já os de retaguarda, serão instalados no espaço da recepção do ambulatório de reabilitação e no antigo salão de reabilitação. 

 

O grupo Expedicionários da Saúde (EDS), que montou o Hospital de Campanha, instalou a estrutura de rede de gases medicinais das áreas que serão destinadas aos leitos de retaguarda. O espaço destinado aos leitos de UTI já tinha estrutura adequada. “O Expedicionários estão fazendo toda a parte de instalações”, contou Jonas Donizette.

 

 

 

A visita foi acompanhada pelo presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta, e pela diretora do Hospital Ouro Verde, Cynthia Herrera. 

 

O custeio dos leitos é de cerca de R$ 5 milhões por 60 dias. A Prefeitura vai utilizar R$ 2 milhões repassados pela Câmara de Vereadores, fruto de economia da casa. Atualmente, o Hospital Ouro Verde conta com 45 leitos de UTI Covid e 46 de Enfermaria Covid.

Continue Lendo

Geral

RH convoca 25 agentes de ação social aprovados em processo seletivo

Avatar

Publicado

em

Por

O Diário Oficial do Município traz na edição desta sexta-feira, 3 de julho, a convocação de 25 agentes de ação social aprovados no processo seletivo simplificado. A convocação é para a reunião de escolha de vagas, que acontecerá no dia 9 de julho, no Salão o Vermelho do Paço Municipal.

 


Dos candidatos convocados, 19 são da lista de ampla concorrência, cinco da lista especial de pessoas pretas e pardas e uma da lista especial de pessoas com deficiência.

 

Por conta da conferência dos títulos, os atendimentos serão individualizados, por isso, o candidato deve ficar atento ao horário da sua reunião.


 

Durante a reunião, os candidatos deverão apresentar, além dos documentos pessoais, a documentação referente aos títulos informados no formulário de inscrição, pelos quais receberam pontuação na classificação final do processo de seleção.

 

“Os títulos deverão comprovar a experiência que foi informada, pelo candidato, no formulário de inscrição. O candidato deverá nos apresentar o documento original – para conferência – e uma cópia simples, que ficará retida, sendo aceitos somente os comprovantes conforme consta no edital”, explicou Juliana Miorin, coordenadora de Concursos, Recrutamento e Seleção.

 

Ainda segundo Juliana, comprovada a informação cadastrada na inscrição e a experiência em atividades compatíveis com as da função de agente de ação social, a pontuação será confirmada e o candidato seguirá para a reunião de preenchimento de vagas. “Se não houver comprovação, a pontuação atribuída será retirada e o candidato será excluído do processo seletivo”, completou.

 

Os convocados que não puderem comparecer têm o direito de indicar um representante legal, que deve apresentar uma procuração simples, além da sua documentação pessoal e do candidato. O não comparecimento implica na perda dos direitos referentes ao processo seletivo.

 

Após a reunião de escolha de vagas, os candidatos serão encaminhados para exame médico. A previsão é que comecem a atuar ainda no mês de julho.

 

“Esses profissionais comporão a equipe de referência de vários serviços sociosssistenciais, e neste momento de pandemia serão fundamentais para as ações emergenciais em execução na Secretaria”, disse Eliane Jocelaine Pereira, secretária de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos.

 

A relação com os nomes e os horários das reuniões está disponível na versão online do Diário Oficial, no endereço www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/ .

 

Seleção

 

Esse é o primeiro processo de seletivo realizado com a aplicação da Lei Complementar nº 250 de dezembro de 2019, que estabeleceu cotas raciais para negros nos concursos e processos seletivos da Prefeitura.

 

Mais de 2,8 mil candidatos disputaram as 25 vagas que estão sendo oferecidas. Deste total, 952 disputaram vagas da cota racial e cinco para pessoas com deficiência.

 

Os agentes serão contratados pelo prazo de até 12 meses, sem possibilidade de prorrogação. O salário desses profissionais será de R$ 2.690,79, além do auxílio alimentação de R$ 1.041,51 e vale transporte nos mesmos moldes do pago aos servidores municipais.

Continue Lendo