Connect with us

Geral

Campinas inaugura Feira do Produtor Rural na próxima terça-feira

Publicado

em

 

Campinas passa a contar a partir da próxima terça-feira, 9 de outubro, com a Feira do Produtor Rural. A população terá uma boa opção para comprar produtos frescos direto dos pequenos produtores rurais da cidade. Localizada na área externa do Bonvenon Eventos, ao lado do Terminal Rodoviário de Campinas, a feira funcionará todas as terças-feiras, das 16h às 20h, com a comercialização de hortaliças, vegetais, frutas e produtos orgânicos.

 

 

 

 

O projeto é uma ação conjunta entre a Prefeitura de Campinas, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e o Sindicato Rural de Campinas. Além de ajudar os produtores rurais, a feira também promete ser uma boa alternativa para quem compra, já que as mercadorias chegarão à mesa do consumidor com valores mais em conta.

 

 

 

 

A iniciativa, que valoriza a agricultura familiar, é resultado de um programa desenvolvido pelo Senar, visando desenvolver o potencial empreendedor do produtor rural. “Nosso objetivo é criar uma opção de renda alternativa para o pequeno produtor rural, capacitando-o para a comercialização direta ao consumidor do que é produzido em sua própria terra”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas, André von Zuben, que é também presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e do Agronegócio.

 

 

 

Capacitação

 

 

 

A capacitação gratuita teve duração de 272 horas durante seis meses e foi dividida por módulos, nos quais os produtores aprenderam desde as boas práticas de manipulação de alimentos até a comercialização, atendimento ao cliente e gestão do negócio. “Nossa meta agora é ampliar a participação dos pequenos produtores rurais ao programa, criando novas turmas de capacitação. Assim, poderemos realizar feiras em outras regiões da cidade”, projeta o secretário André von Zuben.

 

 

 

 

Esta primeira etapa do programa contará com seis estandes de bambus padronizados, construídos pelos próprios produtores rurais durante a capacitação. O Senar acompanhará as quatro primeiras edições da feira e depois o grupo ganha a sua autonomia e passa a ser coordenado por uma Comissão Gestora, composta por representantes dos produtores rurais que participam da capacitação, pelo Sindicato Rural de Campinas e Prefeitura de Campinas.

 

 

 

 

No dia 27 de setembro, os pequenos produtores rurais, animados com a iniciativa, participaram de uma aula prática no espaço da feira atendendo ao público. “Toda a capacitação me acrescentou muito e acredito que a feira dará uma alavancada em nossa renda familiar. É muito bom também ter este contato direto com o consumidor para mostrar os nossos produtos”, comemora a produtora rural Kenia Lousada.

 

 

 

Feira do Produtor Rural

 

 

 

O lançamento da Feira do Produtor Rural de Campinas acontecerá no dia 9 de outubro, das 16h às 20h, no Bonvenon Eventos, na Avenida Lix da Cunha, 103, na Vila Industrial, ao lado do Terminal Rodoviário de Campinas. A Feira será realizada todas as terças-feiras, no mesmo horário e local.

 

 

 

Os produtores rurais que tiverem interesse em aderir ao programa e participar das próximas turmas do curso de capacitação devem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo – telefone: (19) 2116-0864 – ou com o Sindicato Rural de Campinas – (19) 3746-1081.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Geral

Emdec reforça sinalização de velocidade máxima na Av. Washington Luiz

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) reforçará nesta quarta-feira, 14 de abril, a sinalização da variação da velocidade máxima permitida na Avenida Washington Luiz, no trecho sentido Centro após o cruzamento com a Rua Agnaldo Macedo, no Parque Prado.
A velocidade máxima já é reduzida de 60 km/h para 50 km/h no local, contando com as devidas placas de regulamentação, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A nova placa que será instalada amplia a comunicação com os motoristas, trazendo o texto “A partir deste ponto” ao lado da indicação de “50 km/h”.
A variação da velocidade é justificada pelo maior fluxo de pedestres e veículos no entorno do Shopping Prado Boulevard, da Estação de Transferência Parque Prado, Escola Estadual Professora Neli Helena Assis de Andrade e próximo aos condomínios residenciais e estabelecimentos comerciais. Também há a Ciclovia Washington Luiz no canteiro central da avenida.
A Washington Luiz recebeu, em 2020, uma média diária de até 31 mil veículos, considerando os dois sentidos de circulação.
A nova placa abre a segunda etapa do reforço da sinalização em vias que possuem variações de velocidade, por características técnicas específicas”, explica o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva. “A instalação deverá aumentar a segurança viária. O principal objetivo é evitar acidentes e preservar vidas. O projeto também promove maior transparência na fiscalização de trânsito”.
Vias já sinalizadas
A Washington Luiz é o oitavo eixo viário que tem a sinalização reforçada.
Outros trechos viários já foram contemplados no município:
– Avenida Lix da Cunha (24/02);
– Túnel Joá Penteado e Avenida Dr. Ruy de Almeida Barbosa (03/03);
– Avenida Cônego Antônio Roccato / Rua Sylvia da Silva Braga (10/03);
– Avenida Comendador Aladino Selmi (17/03);
– Rodovia Dr. Heitor Penteado / Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros (24/03);
– Avenida Antônio Carlos de Salles Júnior (31/03);
– Avenida Theodureto de Almeida Camargo (07/04).
Todos estes locais possuem equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade (radares) e grande fluxo de veículos.
A segunda fase do projeto alcançará, ainda, o eixo composto pela Avenida Prefeito Magalhães Teixeira e Rua Dr. Celso da Silveira Rezende.

Continue Lendo

Geral

Saúde divulga alerta de alta incidência de dengue em diversos bairros

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Campinas emitiu, nesta terça-feira, dia 13 de abril, um alerta para alta incidência de casos de dengue nas regiões Sudoeste (especialmente nos bairros Jardim Profilurb e Parque Universitário de Viracopos), Noroeste (Jardim Florence II e Jardim Satélite Iris I), Norte (Bosque das Palmeiras ,Vila Boa Vista e Jardim Campineiro) e Leste (Vila Costa e Silva).
Quem mora nesses bairros citados acima deve intensificar o controle dos criadouros em suas residências para evitar o ciclo de vida e reprodução do mosquito Aedes Aegypti, já que, segundo a Secretaria de Saúde, 80% dos focos estão nos quintais e dentro de casa.
Entre os cuidados, os moradores devem manter caixa d’água fechada ou telada; limpar as calhas e, caso necessário, desentupi-as; trocar a água de vasos de plantas e lavar o recipiente com bucha e sabão para remover os ovos do mosquito.
As pessoas que têm bromélia devem regar a planta com mangueira de pressão uma vez por semana e limpar a face interna de todas as folhas (onde a água fica acumulada, o que favorece a proliferação de ovos e larvas do mosquito).
Outra recomendação é evitar o acúmulo de entulho e recicláveis. Quem precisa descartar este material, deve levar até um dos 16 ecopontos da cidade. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php.
As equipes da Secretaria de Saúde realizam diariamente, de segunda a sábado, ações de nebulização para o controle do mosquito. No entanto, o combate à dengue depende também da colaboração da população.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura publica decreto de combate contra a corrupção na Administração

Publicado

em

Por

Continue Lendo







Populares