Connect with us

Geral

Campinas apresenta serviço de Acolhimento Familiar em ação da Fiesp/Ciesp

Publicado

em

O serviço de Acolhimento Familiar foi divulgado pela Prefeitura de Campinas nesta terça-feira, dia 3 de março, em evento organizado na capital paulista pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). Campinas foi convidada para expor o trabalho porque o município é referência na área.
O evento incluiu uma oficina, dirigida para a proposta de desenvolver ideias e soluções inovadoras para três desafios temáticos ligados a programas sociais para crianças na primeira infância. Os desafios foram colocados para um grupo de pessoas que se inscreveram aleatoriamente para participar da dinâmica.
Os temas, apresentados por especialistas, foram “Transparência na demanda por vagas em creches”; “Empresas e a Primeira Infância” e “Famílias Acolhedoras”. Este último tema foi apresentado pela coordenadora do Plano Primeira Infância Campineira, Jane Valente.
O desafio proposto por Jane foi encontrar fórmulas para fortalecer o voluntariado pela modalidade de famílias acolhedoras. Os participantes tinham que refletir e sugerir ideias para envolver empresas e voluntários, a fim de viabilizar a expansão dos serviços de famílias acolhedoras.
O objetivo é conseguir que crianças, na primeira infância, não permaneçam em instituições de acolhimento durante o período de afastamento familiar por medida de proteção. “A reflexão também abrangeu a questão de possíveis incentivos que possam ser oferecidos pelas empresas para garantir a implementação de serviços de acolhimento familiar,” explicou a coordenadora.
A oficina realizada pela Fiesp/Ciesp integra um conjunto de ações e projetos que vêm acontecendo desde 2018. As iniciativas inserem-se no programa Ideathon Primeira Infância, implantado pela instituição.
Primeira Infância
Primeira Infância é a etapa da vida que começa no exame pré-natal e se prolonga até o sexto ano de vida. Pesquisas comprovaram que esse é um período crucial para o crescimento e o desenvolvimento do ser humano.
É exatamente nesses primeiros anos que o cérebro humano se desenvolve em um ritmo sem precedentes se comparado a qualquer outro momento da vida: nos primeiros mil dias de vida, quase mil células cerebrais se conectam por segundo. São essas conexões as responsáveis pela saúde mental e física, assim como pelos resultados da aprendizagem, aquisição de competências sociais e capacidade do ser humano de se adaptar e ser produtivo. “É por isso que falar de investimento em Primeira I
nfância é falar de investimento no futuro”, define Jane Valente.

Geral

Prefeitura atualiza dados da pandemia nesta quarta, 14, em Campinas

Publicado

em

Por

Continue Lendo

Geral

Campinas tem 89,66% dos leitos de UTI-Covid ocupados nesta quarta, 14

Publicado

em

Por

Continue Lendo

Geral

Esportes promove Mostra Online de Ginástica Rítmica para incentivar alunos

Publicado

em

Por

Continue Lendo







Populares