Connect with us

Policial

Câmara aprova moções que apelam por segurança na Vila Georgina e contra o corte de verba na área da Ciência

Publicado

em

Duas moções de autoria do vereador Ailton da Farmácia (PSD) foram aprovadas, por unanimidade, na sessão da Câmara dessa segunda-feira, 9/10. O primeiro documento será direcionado ao governo do Estado, especificamente, à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e ao comando do 35º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPMI). Já o segundo foi motivado pelo anúncio no corte de verbas, por parte do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações Comunicações, para a área da Ciência – o que afeta diretamente o Projeto Sirius, em Campinas.
“Obras do novo Laboratório de Luz Sincrotron, equipamento que servirá para o uso civil e militar, aguardam a liberação de recursos. Para ser colocado em prática, o projeto aguarda sinalização e a liberação do Ministério na ordem de R$ 85 milhões, de um total de 102 milhões”, frisa o vereador na justificativa da moção. As verbas são provenientes do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento. O Centro já recebeu o corte de 40% da dotação orçamentária para este ano.
Com relação à Vila Georgina, bairro da região sul, a Câmara solicita aumento nas ações de segurança por parte da Polícia Militar. Na quinta-feira da semana passada, 5/10, o engenheiro Deividi Willian Bach foi morto com um tiro na frente da esposa grávida quando estava na residência de seu sogro, localizada na Vila Georgina.
“A Vila Georgina não aguenta mais a violência que se instalou. Há cerca de um ano, instituições do bairro vêm sofrendo com furtos e vandalismo, como é o caso da paróquia Santa Luzia, da Igreja Nossa Senhora de Lourdes e da creche beneficente Irmã Maria Ângela. Até então, os prejuízos eram materiais. Mas, na última semana, perdemos uma vida. É hora de dar um basta. Precisamos que o governo do Estado assuma o posicionamento de cuidar da segurança da população”, finaliza o vereador.
Texto: gabinete do vereador Ailton da Farmácia Foto: Central de Comunicação Institucional da CMC

Policial

Policia realiza operação na região

Publicado

em

Por

A Polícia Militar do Estado de São Paulo vem realizando ações especiais de prevenção e de repressão imediata à prática de infrações penais na circunscrição de Polícia Ostensiva do Comando de Policiamento do Interior-2 e de Polícia Judiciária do DEINTER-2, por meio dos Batalhões de Polícia Militar de Campinas e Região, nos 38 municípios que compõem a Região, por meio da OPERAÇÃO “CONJUNTA PM/PC”.

O objetivo da operação é intensificar o combate das ações delituosas, especialmente as relacionadas aos crimes de homicídio, latrocínio, roubo (inclusive o de veículos) e tráfico de drogas ilícitas, de forma conjunta entre as Forças de Segurança Estaduais (PM/PC), bem como contando com a integração de outros órgãos do Poder Público. Nesta data, como vem ocorrendo em outras cidades da região, a concentração para revista e conferência dos efetivos e distribuição das missões que serão desencadeadas durante todo dia, está ocorrendo no Largo do Rosário, em Campinas.

A prática dos crimes de homicídio, latrocínio, roubo (inclusive o de veículos) e tráfico de drogas merecem especial e constante atenção da sociedade paulista e das Instituições Policiais, em vista do impacto na preservação da vida e da integridade física das pessoas e, por conseguinte, na sensação de segurança da comunidade.

Nesse contexto, há necessidade de novas ações para captura de criminosos procurados pela justiça, intensificando ações preventivas para a apreensão de armas de fogo e de entorpecentes, bem como a saturação de espaço por meio da presença ostensiva em áreas específicas das principais cidades da região, onde a Polícia Militar empregará, de forma maciça e especial, os recursos humanos e materiais de Ações Especiais de Polícia, Força Tática, ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas), Policiamento a Cavalo, Policiamento com Cães e indicadores criminais.

Continue Lendo

Policial

Guarda Municipal reforça segurança no entorno do estádio para dérbi

Publicado

em

Por

A Guarda Municipal de Campinas estará com um efetivo reforçado nas ruas próximas ao estádio Moisés Lucarelli, a partir do início da tarde desta quarta-feira, 5 de maio, para ações visando garantir a segurança e evitar aglomeração de pessoas no dérbi entre Ponte Preta e Guarani. A partida está marcada para as 21h, com portões fechados ao público como medida preventiva para contenção da pandemia do coronavírus (Covid-19).

Segundo o secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Christiano Biggi Dias, por causa das medidas restritivas do Plano São Paulo, a GM atuará em conjunto com a Setec (Serviços Técnicos Gerais) e a Secretaria de Planejamento e Urbanismo (Seplurb) para evitar aglomeração de torcedores nas ruas e praças próximas ao estádio.

A medida visa também inibir a presença de ambulantes no local e, ainda, notificar o comércio do entorno a fechar as portas às 20h. Serão montados bloqueios na região dos estádios para monitorar o trânsito de veículos e pessoas.
Além da GM, a Polícia Militar dará apoio à operação.

Trânsito

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) fará uma operação de trânsito no entorno do estádio para evitar a circulação de veículos. Serão oito pontos de bloqueios totais. As interdições começam a partir das 18h.

Os fechamentos ocorrem nos acessos para a Rua Casper Líbero, pelas vias Afonso Pena, Frei José de Monte Carmelo, Salvador Caruso e Fernando Costa. Também no cruzamento da Rua Capitão Pedro de Alcântara com a Rua Luzitana; e Rua Fernando Costa com a Rua Thomaz Ortale.  

A expectativa da Emdec é de encerrar os bloqueios viários por volta das 23h30. Serão sete agentes da Mobilidade Urbana em atuação, em campo. Dúvidas sobre circulação podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”.

Continue Lendo

Policial

Caminhoneiro morre apos acidente na Bandeirantes

Publicado

em

Por

Na madrugada dessa quinta (08), um caminhoneiro morreu após um acidente na Bandeirantes (SP-348), na altura do quilometro 92, em Campinas (SP).

De acordo com a Policia Rodoviária , ambos caminhões seguiam mesmo sentido pela rodovia. O caminhão Mercedez bens Amarelo, não se sabendo os motivos bateu na traseira da carreta.

O Corpo de Bombeiros, juntamente com a equipe de resgate da concessionária que administra a rodovia, fizeram a retirada do motorista, que ficou preso às ferragens. Porém, devido aos graves ferimentos que sofreu, morreu no local. Já o outro motorista não ficou ferido.

Policiais rodoviários preservaram o local até a chegada da Perícia Técnica, para apurar o que realmente aconteceu.

Fonte: Alerta Campinas

Continue Lendo

Populares