Connect with us

Geral

Biblioteca Zink recebe mostra sobre Millôr Fernandes

Publicado

em

A genialidade de Millôr Fernandes (1923–2012) é revisitada na exposição “O Pif-Paf de Emmanuel Vão Gôgo: a seção de humor de Millôr Fernandes na Revista O Cruzeiro”, na Biblioteca Municipal “Professor Ernesto Manuel Zink”. Com curadoria do jornalista e colecionador João Antônio Bührer, a mostra destaca a fase final desta seção de humor da extinta revista O Cruzeiro, de 1957 a 1963.

 

“Em muitos dos jornais e revistas pelos quais passou, Millôr utilizou deste espaço para desfilar toda sua criatividade intelectual. Publicou nestas seções poemas, contos, teatros relâmpagos, fábulas, frases e até mesmos piadas. Seus textos eram ornamentados com desenhos de sua autoria, formando um todo ímpar, uma mancha gráfica de rara beleza. Suas seções eram espaços tão preciosos que pareciam ser publicações encartadas dentro de um outro periódico”, afirma o curador.

 

Millôr se inspirou no popular jogo de cartas ao dar o nome a esta seção na revista semanal O Cruzeiro. Era um dos destaques, tanto quanto O Amigo da Onça ou as conhecidas páginas das Garotas do Alceu. Na seção de página dupla que ocupou em O Cruzeiro de 20 de janeiro de 1945 a 1963, foi publicado o melhor do humor nacional. “A princípio, sua página foi escrita por Emmannuel Vão Gôgo, heterônimo dele, e ilustrada por Péricles. Isto aconteceu até mais ou menos 1955. Daí em diante, Millôr passou a desenhar e ilustrar suas páginas até que, no final dos anos 1950, seu desenho estava tão solidificado, que se deu ao luxo de transformar sua página dupla num exercício gráfico e textual sofisticado de alta criatividade plástica”, afirma Bührer.

Publicidade

 

Segundo o curador, “no final dos anos 1950, a revista O Cruzeiro passava por uma modernização gráfica, o Brasil era um país moderno e arrojado, com arquitetura de Brasília e a Bossa Nova na música explodindo nas ruas. A revista incorporou isto tudo na sua paginação e Millôr se aproveitou desta abertura para publicar a série de trabalhos gráficos textuais que ora mostramos nesta exposição. O cartunista estava próximo de abandonar seu heterônimo Emannuel Vão Gôgo e assumir seu próprio nome. Estava no auge da sua criatividade. Este recorte de O Pif-Paf é apenas um detalhe desta importante seção de humor da Imprensa brasileira. Parte de um projeto maior, qual seja revelar outros aspectos destas páginas duplas criadas por Millôr Fernandes ao longo de 18 anos”.

 

Serviço

Exposição “O Pif-Paf de Emmanuel Vão Gôgo: a seção de humor de Millôr Fernandes na Revista O Cruzeiro”

Publicidade

Onde: Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink” (Avenida Benjamin Constant, nº 1.633, Centro)

Quando: segundas a sextas-feiras, das 9h às 17h, até 7 de dezembro

Entrada gratuita

Geral

Estado de Alerta: Umidade do Ar em Campinas chega a 19,2%

Publicado

em

Por

Campinas está em Estado de Alerta pela baixa Umidade Relativa do Ar (URA). Às 14h20 desta terça-feira, dia 17 de maio, o índice atingiu 19,2%, conforme boletim emitido pelo Departamento de Defesa Civil do município, a partir de dado recebido da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte, responsável pela medição.

 

 

O Estado de Alerta é decretado quando a umidade relativa do ar registra índice entre 12% e 20%. Nesse caso, além de consumir muita água e ter cuidado especial com crianças e idosos é preciso suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas, evitar aglomerações em ambientes fechados e usar soro fisiológico para olhos e narinas.

 

Publicidade

 

Também é aconselhado manter os ambientes umidificados com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água.

 

 

É sugerido, ainda, aguar os jardins e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas. Outra orientação é evitar queimadas que, além de proibidas por lei, prejudicam o meio ambiente e a saúde.

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Saúde realiza ação educativa contra febre maculosa nesta quinta-feira, 19

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde realiza na próxima quinta-feira, 19 de maio, mais uma ação educativa sobre a febre maculosa no Parque Linear José Mingone, no Jardim Capivari, região Sudoeste da cidade.

Durante os eventos, as pessoas que estiverem no parque serão abordadas por profissionais de saúde para receber orientações sobre a doença (cuidados, sintomas, transmissão etc).

No dia 26 deste mês, uma nova ação está prevista no mesmo local.

Na segunda-feira, 16 de maio, foi confirmada a primeira morte por febre maculosa em Campinas em 2022. A vítima é um homem de 18 anos, que apresentou sintomas em 20 de abril e morreu no dia 24 do mesmo mês. O local provável de infecção fica na região Norte. Este também é o primeiro caso da doença confirmado este ano na cidade.

Em 2021, foram registrados 11 casos e cinco mortes. Em 2020, foram sete casos e cinco óbitos.

Publicidade

Cuidados

A febre maculosa é uma infecção grave, causada por uma bactéria e transmitida pelo carrapato conhecido como estrela.

Pessoas que residam, trabalhem ou tenham frequentando durante outras atividades, como lazer, áreas com vegetação, mata e próximos a rios, lagos e lagoas, devem ficar atentas aos sintomas da doença, que são febre, dor de cabeça, dor intensa no corpo, mal-estar generalizado, náuseas, vômitos e, em alguns casos, manchas vermelhas pelo corpo.

Ao apresentar um destes sinais, a pessoa deve procurar o serviço de saúde o mais rápido possível e descrever os sintomas e informar que teve contato com o carrapato e/ou esteve com locais de risco, pois os indicativos podem ser confundidos com outras doenças, como dengue, viroses respiratórias, entre outras.

Não existe vacina contra a febre maculosa e não é possível eliminar totalmente o carrapato. A doença tem cura, mas o tratamento com antibióticos apropriados deve ser iniciado precocemente.

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Com umidade baixa, Campinas entra em Estado de Atenção

Publicado

em

Por

O município de Campinas está em Estado de Atenção pela baixa Umidade Relativa do Ar (URA). Às 12h40 desta terça-feira, dia 17 de maio, o índice atingiu 28%, conforme boletim emitido pelo Departamento de Defesa Civil do município, a partir de dado recebido da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte, responsável pela medição.

 

O Estado de Atenção é decretado quando a umidade relativa do ar registra índice entre 20% e 30%. Nesse caso, a principal recomendação é consumir muita água e ter cuidado especial com crianças e idosos.

 

Também é aconselhado que a população evite exercícios físicos ao ar livre, entre 11h e 15h, e mantenha os ambientes umidificados com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água.

Publicidade

 

É sugerido, ainda, aguar os jardins e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas. Outra orientação é evitar queimadas que, além de proibidas por lei, prejudicam o meio ambiente e a saúde.

 

 

 

Publicidade

 

 

 

Continue Lendo

Populares