Connect with us

Geral

As diversas formas de arte na coletiva na Estação Cultura

Publicado

em

 

A diversidade de temas e estilos pode ser conferida na mostra coletiva dos artistas Ewerton Rodrigues, Paola Packer, Rafaella Amaral Trevisan, Mariane Moreira e Maira Vuolo, em cartaz na Estação Cultura de Campinas, até o dia 8 de novembro, de segunda a domingo, das 9h às 21h, e aos feriados, das 10h às 20h. A exposição faz parte dos trabalhos de conclusão do curso de Artes Visuais da PUC-Campinas.

 

 

 

Publicidade

 

Com o título “Cultura a Granel”, Ewerton Rodrigues aborda a cultura nordestina em abundância e seus personagens icônicos da região como Lampião, Maria Bonita, Padre Cícero e Benjamin Abrahão.

 

 

 

Publicidade

 

“Beleza de Plástico”, de Paola Packer, tem como propósito trazer questionamentos sobre a forma na qual o mercado, a indústria e a mídia trabalham com a imagem do corpo feminino. Com temáticas sobre anorexia, depilação, gordofobia, padrões estéticos, as obras conversam com uma paleta de cores em tons pastéis e variam entre instalações, pinturas e objetos.

 

 

 

Publicidade

 

O trabalho fotográfico da artista Rafaella Amaral Trevisan, em “Meraki”, captura, através das lentes, a beleza de algumas mulheres que, aos próprios olhos, não se enxergavam mais. Já a artista Mariane Moreira apresenta “A Loucura Dela”. O sentimento é retratado em cores, desenhos e símbolos.

 

 

 

Publicidade

 

“Sob a Minha Pele” é o projeto da artista Maira Vuolo, que coloca na superfície do papel, figuras de animais selvagens paralisados em algum momento de tensão, incorporando sentimentos como agressão, medo e incompreensão.

 

 

 

Publicidade

 

 

Serviço

 

“Mostra Coletiva”

Publicidade

 

Quando: de 18 de outubro a 8 de novembro.

 

Onde: Estação Cultura de Campinas (Praça Mal Floriano Peixoto, s/n. Centro).

 

Publicidade

Visitação: segunda a domingo, das 9h às 21h, e aos feriados, das 10h às 20h.

 

Entrada gratuita.

 

 

Publicidade

 

 

 

 

 

Publicidade

 

 

 

 

Publicidade

Geral

Estado de Alerta: Umidade do Ar em Campinas chega a 19,2%

Publicado

em

Por

Campinas está em Estado de Alerta pela baixa Umidade Relativa do Ar (URA). Às 14h20 desta terça-feira, dia 17 de maio, o índice atingiu 19,2%, conforme boletim emitido pelo Departamento de Defesa Civil do município, a partir de dado recebido da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte, responsável pela medição.

 

 

O Estado de Alerta é decretado quando a umidade relativa do ar registra índice entre 12% e 20%. Nesse caso, além de consumir muita água e ter cuidado especial com crianças e idosos é preciso suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas, evitar aglomerações em ambientes fechados e usar soro fisiológico para olhos e narinas.

 

Publicidade

 

Também é aconselhado manter os ambientes umidificados com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água.

 

 

É sugerido, ainda, aguar os jardins e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas. Outra orientação é evitar queimadas que, além de proibidas por lei, prejudicam o meio ambiente e a saúde.

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Saúde realiza ação educativa contra febre maculosa nesta quinta-feira, 19

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde realiza na próxima quinta-feira, 19 de maio, mais uma ação educativa sobre a febre maculosa no Parque Linear José Mingone, no Jardim Capivari, região Sudoeste da cidade.

Durante os eventos, as pessoas que estiverem no parque serão abordadas por profissionais de saúde para receber orientações sobre a doença (cuidados, sintomas, transmissão etc).

No dia 26 deste mês, uma nova ação está prevista no mesmo local.

Na segunda-feira, 16 de maio, foi confirmada a primeira morte por febre maculosa em Campinas em 2022. A vítima é um homem de 18 anos, que apresentou sintomas em 20 de abril e morreu no dia 24 do mesmo mês. O local provável de infecção fica na região Norte. Este também é o primeiro caso da doença confirmado este ano na cidade.

Em 2021, foram registrados 11 casos e cinco mortes. Em 2020, foram sete casos e cinco óbitos.

Publicidade

Cuidados

A febre maculosa é uma infecção grave, causada por uma bactéria e transmitida pelo carrapato conhecido como estrela.

Pessoas que residam, trabalhem ou tenham frequentando durante outras atividades, como lazer, áreas com vegetação, mata e próximos a rios, lagos e lagoas, devem ficar atentas aos sintomas da doença, que são febre, dor de cabeça, dor intensa no corpo, mal-estar generalizado, náuseas, vômitos e, em alguns casos, manchas vermelhas pelo corpo.

Ao apresentar um destes sinais, a pessoa deve procurar o serviço de saúde o mais rápido possível e descrever os sintomas e informar que teve contato com o carrapato e/ou esteve com locais de risco, pois os indicativos podem ser confundidos com outras doenças, como dengue, viroses respiratórias, entre outras.

Não existe vacina contra a febre maculosa e não é possível eliminar totalmente o carrapato. A doença tem cura, mas o tratamento com antibióticos apropriados deve ser iniciado precocemente.

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Com umidade baixa, Campinas entra em Estado de Atenção

Publicado

em

Por

O município de Campinas está em Estado de Atenção pela baixa Umidade Relativa do Ar (URA). Às 12h40 desta terça-feira, dia 17 de maio, o índice atingiu 28%, conforme boletim emitido pelo Departamento de Defesa Civil do município, a partir de dado recebido da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte, responsável pela medição.

 

O Estado de Atenção é decretado quando a umidade relativa do ar registra índice entre 20% e 30%. Nesse caso, a principal recomendação é consumir muita água e ter cuidado especial com crianças e idosos.

 

Também é aconselhado que a população evite exercícios físicos ao ar livre, entre 11h e 15h, e mantenha os ambientes umidificados com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água.

Publicidade

 

É sugerido, ainda, aguar os jardins e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas. Outra orientação é evitar queimadas que, além de proibidas por lei, prejudicam o meio ambiente e a saúde.

 

 

 

Publicidade

 

 

 

Continue Lendo

Populares