Connect with us

Geral

Além de consertos de estrutura e segurança, Reforma do Plenário – que se iniciará em dezembro – irá ampliar capacidade de público para 370 pessoas, retomar uso do mezanino e terá cadeiras para pessoas com deficiência de mobilidade

Publicado

em

Com diversas rachaduras no teto, espuma danificada nas paredes, diversas cadeiras quebradas e até goteiras, o Plenário da Câmara Municipal precisa passar há tempo por uma reforma, que está prevista para ser iniciada na segunda quinzena de dezembro – o anúncio de tomada de preços para o processo licitatório foi publicado ontem (3) no Diário Oficial do Município. As obras, porém, irão além de consertar o que está estragado: elas irão garantir mais acesso e acessibilidade para a população de Campinas.
Atualmente, o Plenário comporta 300 pessoas. Após a reforma, serão 370. Isso porque, em primeiro lugar, o mesanino – que atualmente não pode ser utilizado em virtude de uma questão técnica sobre a altura do guarda-corpo – será readequado e aberto para que até 110 pessoas possam ficar naquele local.  A parte debaixo da galeria passará por uma grande readequação visando garantir não só uma mobilidade com mais fluidez como também maior acessibilidade para pessoas com deficiência ou dificuldades de locomoção.

Em vez dos dois blocos de cadeiras existentes hoje com um corredor central, serão três blocos, com dois corredores entre eles. E haverá cadeiras especiais para pessoas obesas ou com mobilidade reduzida, bem como espaços reservados para cadeirantes. Nas paredes, a atual espuma, já bastante danificada, dará lugar a placas de mandeira ignifuga, ou seja, 100% protegidas contra o fogo.
Além disso, para facilitar o trabalho dos jornalistas que cobrem a sessão e dos servidores que auxiliam os vereadores nas reuniões, no chão em frente à primeira fileira de cadeiras haverá tomadas nas quais poderão ser ligados laptops e similares.  A primeira fileira será reservada a estes profissionais e, para que isso ocorra, um anteparo de vidro – com entradas e saídas abertas nas laterais – ficará atrás das cadeiras desta linha. O anteparo é de baixa altura e não atrapalha a comunicação entre Plenário e a população na galeria, nem  mesmo a eventual entrega de documentos entre os setores.
A previsão é que a reforma se estenda até o final de janeiro, estando o novo Plenário – consertado, ampliado e com acessibilidade – pronto para receber as sessões de 2018 em fevereiro, quando termina o recesso e se inicia o Ano Legislativo. 

Texto e fotos: Central de Comunicação Institucional da CMC

Geral

Campinas sedia Convenção da Abras e vice-prefeito destaca o Paes

Publicado

em

Por

 

 

 

O vice-prefeito de Campinas, Wanderley de Almeida, representou o prefeito Dário Saadi na abertura da 55ª edição da Convenção da Abras 2021 – Associação Brasileira de Supermercados, nesta segunda-feira, dia 20 de setembro. Estavam presentes os Ministros do Trabalho, Onyx Lorenzoni, e da Cidadania, João Roma, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, além de outras autoridades.

 

 

Após cumprimentar os participantes e destacar “a alegria do município em receber a convenção de um segmento tão importante”, o vice-prefeito falou sobre as medidas que a administração municipal está implementando para aquecer a economia campineira. Destacou o Paes – Programa de Ativação Econômica e Social -, do qual “várias iniciativas dialogam com o setor de supermercados”. E lembrou que estão sendo destinados para as várias linhas do programa recursos da ordem de R$ 4 bilhões, com a previsão da geração de 20 mil empregos.

 

 

O evento tem como tema a “Coopetição = Coolaboração + Competição” e visa discutir estratégia setorial, conteúdo, experiência, relacionamento e negócios. O presidente da Associação, João Galassi, salientou os números do setor, que emprega cerca de três milhões de pessoas e representa 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

 

 

A importância do trabalho dos supermercadistas para que o Brasil não passasse por desabastecimento foi ressaltada pelo Ministro do Trabalho, Onix Lorenzoni. Já o Ministro da Cidadania, João Roma, abordou em sua fala os programas de transferência de renda, citando o projeto Auxílio Brasil, enviado para aprovação do Congresso Nacional.

 

 

Participaram do evento ainda, a Secretária Nacional do Senacon (Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor), Juliana Domingues, e o presidente do Conselho de Administração da Península Participações e membro dos Conselhos de Administração do grupo Carrefour e do Carrefour Brasil, Abílio Diniz, além de empresários e executivos do setor supermercadista, da indústria e da cadeia de abastecimento. A secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico de Campinas, Adriana Flosi, também esteve presente.

Continue Lendo

Geral

Campinas Sem Fome recebe doação em promoção do supermercado Savegnago

Publicado

em

Por

O projeto Campinas Sem Fome recebeu sexta-feira, dia 17, uma doação de R$ 5 mil de uma promoção do Supermercado Savegnago. A escolha do beneficiário foi feita pelo cliente do supermercado.
O povo de Campinas é muito generoso. Agradeço em nome do povo de Campinas por esse gesto solidário”, afirmou Vandecleya Moro, secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.
Auxílio às famílias
Em função da pandemia, a Administração Municipal promove a Campanha Campinas Sem Fome, que foi lançada com o intuito de arrecadar alimentos e produtos de higiene; 145 entidades são responsáveis pela distribuição de toda a arrecadação. A lista dos postos de coleta pode ser consultada em https://smpdccampinas.wixsite.com/campinassemfome.
O programa arrecadou até o momento 681 toneladas de comida, que resultaram em 40.796 mil cestas básicas. A Campanha Campinas sem fome foi lançada no dia 22 de março e tem como objetivo auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade social durante a pandemia.
As famílias que estejam precisando de alimentos devem se cadastrar pelo aplicativo viva vida. Basta baixar o app no celular e se inscrever. Quem tiver dificuldade com o aplicativo pode entrar em contato pelo telefone (19) 3734-2010. 

Continue Lendo

Geral

Refis: Finanças abre agendamento para quem vai negociar débitos

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Finanças de Campinas abre, nesta terça-feira, 21 de setembro, o agendamento para atendimento preferencial dos contribuintes que vão negociar dívidas pelo Refis 2021. O agendamento será feito pelo Portal do Cidadão (https://cidadao.campinas.sp.gov.br/) apenas para pessoas jurídicas e alguns casos específicos previstos na lei, como pessoas sem acesso a meios digitais, procuradores e inventariantes.

 

Para os demais casos, o atendimento será feito pela internet, no Ambiente Exclusivo no portal da Prefeitura de Campinas. “Além de facilitar o acesso dos contribuintes que não conseguem se deslocar até aqui, também é uma forma de segurança neste momento de pandemia”, disse o diretor de Cobrança e Controle de Arrecadação, Alessandro Domingues.

 

 

As pessoas que vão fazer a adesão pelo Ambiente Exclusivo terão ferramentas de apoio. No hotsite do programa, acessível em campinas.sp.gov.br/refis2021, além dos tutoriais com o passo a passo, haverá um chat exclusivo para esclarecimento de dúvidas.

 

 

Ambiente Exclusivo

 

O credenciamento é simples. Basta acessar o “Ambiente Exclusivo Finanças” no Portal do Cidadão (https://cidadao.campinas.sp.gov.br/) e solicitar o credenciamento, que poderá ser feito por uma das três seguintes maneiras:

 

Pelo Ambiente Exclusivo, o contribuinte (pessoa física) poderá fazer todas as operações do Refis: emissão de guia à vista e parcelamento. Na plataforma também é possível consultar débitos relacionados ao seu CPF; acompanhar e emitir parcelas a vencer de acordos em andamento; e consultar e gerenciar seus imóveis e inscrições imobiliárias.

 

Refis 2021

 

Com o Refis, os contribuintes terão descontos de até 100% em juros e multas para pagamentos de dívidas tributárias (IPTU, ISS e taxas) e até 20% nas não tributárias (multas da Vigilância Sanitária, do Procon e do Cofit).

 

O programa vai beneficiar, principalmente, as pessoas mais afetadas em 2020 e 2021, por conta da pandemia. Os descontos vão variar de acordo com o número de parcelas escolhidas no acordo.

 

Os contribuintes com débitos a partir de 2020, por conta da pandemia, terão descontos maiores nos juros e multas, que ficarão entre 80% e 100%. Já quem tem débitos até 2019, os descontos nos juros e multas serão de 50% a 80%. Para quem optar pelo parcelamento, nos dois casos, não haverá encargos para negociações de até 12 parcelas; a partir de 13, os encargos financeiros serão de 2% ao ano.

 

Os descontos também são diferenciados para quem tem dívidas não tributárias (multas da Vigilância Sanitária, do Procon e do Cofit) e preços públicos. Para esses contribuintes, o desconto proposto varia de 10% a 20% no valor principal da dívida.

 

Serviços de atendimento

 

Para mais informações, o contribuinte pode entrar em contato por meio de um dos serviços online de Finanças:

 

• Ambiente Exclusivo – Finanças, acessível em http://www.campinas.sp.gov.br/ambiente-exclusivo/;

• Atendimento telefônico – (19) 3755-6000 com horário de funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h;

• Atendimento via e-mail – [email protected];

• Atendimento online (via chat) – www.campinas.sp.gov.br/chat-portaaberta com horário de funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Continue Lendo

Populares