Connect with us

Geral

Agendamento para vacina da Covid é reaberto para profissionais de Saúde

Publicado

em

A Secretaria de Saúde de Campinas reabriu na tarde desta segunda-feira, dia 1º de fevereiro, o agendamento para vacinação contra a Covid-19. A marcação de horários é voltada para os profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, cirurgiões dentistas, fisioterapeutas, técnicos em laboratórios de análises clínicas e motoristas de ambulância). A reabertura foi em razão do não comparecimento de algumas pessoas que estavam agendadas. 

 

Há vagas para quarta-feira, dia 3, e quinta-feira, 4 de fevereiro. O agendamento deve ser feito no site https://vacina.campinas.sp.gov.br/. A vacinação está sendo realizada desde 28 de janeiro em dois Centros de Imunização: Centro de Vivência dos Idosos  (Lagoa do Taquaral – Portão 5) e Caic Vila União/Zeferino Vaz (Rua José Augusto de Mattos, s/nº, Vila União). Cada centro tem capacidade de aplicar mil doses por dia. 

 

No dia marcado, é preciso levar documento de identificação com foto, comprovante de endereço e carteira de registro profissional ou comprovante de vínculo com estabelecimento de saúde, como holerite, carteira de trabalho assinada ou declaração do empregador.

 

Balanço

 

Até esta segunda-feira, dia 1º, foram vacinadas 26.296 pessoas, entre profissionais de saúde que trabalham diretamente na assistência a casos da Covid-19, profissionais de saúde que não estão na linha de frente e idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPIs) e seus cuidadores.

 

Vacina Campinas

 

Mais informações sobre a vacinação contra a Covid-19 podem ser obtidas pelo hotsite www.vacina.campinas.sp.gov.br, lançado na sexta-feira, dia 22.

Geral

Prefeito homenageia profissionais da Saúde que atuam contra Covid-19

Publicado

em

Por

Três mulheres da área da saúde, que atuam no enfrentamento da Covid-19, foram homenageadas pelo prefeito Dário Saadi, na manhã desta segunda-feira, 8 de março, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. Em nome delas, o chefe do executivo saudou todas as servidoras municipais.

 

Elas receberam um ramalhete de flores e o brasão da cidade como reconhecimento pelos serviços prestados. “É uma homenagem simples, até pelas circunstâncias que estamos vivendo, mas que reconhece a disponibilidade que elas têm em fazer uma sociedade melhor”, disse o prefeito.

 

Médica pediatra do Centro de Saúde do Jardim Florence, Maria Aparecida de Fátima Cardoso atuou durante 32 anos na saúde pública. Liderou a equipe da unidade no enfrentamento da pandemia e em campanhas de vacinação. Aposentou-se em 1º de março deste ano. “Não tenho palavras para agradecer a luta das mulheres pela saúde e pela vida no enfrentamento dessa pandemia”, afirmou a médica.

 

Há 16 anos no Hospital Mário Gatti, a técnica em enfermagem Maria Adriana Mendes Merino está na linha de frente do combate a Covid-19, desde o início da pandemia, em março passado, atuando no gripário. “Por meio desta homenagem agradeço a todos os profissionais da Saúde, principalmente as mulheres que têm se dedicado com afinco no combate a essa pandemia”, afirmou.

 

A técnica em enfermagem Giovana Mazzo Santana, que há dois anos trabalha no Hospital Irmãos Penteado, sendo o último ano na UTI Covid, também foi homenageada. “Nosso trabalho é gratificante porque salvamos inúmeras vidas”, reconheceu Giovana.

Continue Lendo

Geral

A partir desta segunda (8), escolas do Estado abrem para alunos mais vulneráveis

Publicado

em

Por

A partir desta segunda-feira (8), em que o Estado passa a vigorar na fase vermelha, a mais restritiva do Plano SP, as escolas do Estado de São Paulo abrem para atividades presenciais aos alunos que mais precisam.

O Governo de SP recomenda que sejam classificados neste grupo os alunos que estão em processo de alfabetização; apresentam maiores déficits de aprendizagem decorrentes do ensino não-presencial; têm dificuldade de acesso à tecnologia; necessitam   atividades essenciais, estudantes que dependem da merenda e da educação especial.

As escolas de todas as redes, que terão aulas presenciais, devem receber, no máximo, até 35% dos alunos por dia. A medida vale até o dia 19 de março, quando deve haver uma nova classificação do Plano SP.

As unidades escolares devem identificar quais estudantes irão continuar frequentando a escola presencialmente no período e organizar seu atendimento.

Na fase vermelha, a frequência presencial não é obrigatória e o ensino remoto será mantido, com aulas transmitidas diariamente pelo Centro de Mídias da Secretaria de Educação do Estado.

As redes municipais e particular têm autonomia para fazer o próprio planejamento, respeitando os limites legais e os protocolos do Plano SP. Nas cidades onde houver decretos que impedem as aulas presenciais, as escolas funcionam apenas para atendimento administrativo e merenda, caso o decreto local permita.

Ensino noturno

A partir desta segunda, as aulas presenciais dos alunos do período noturno ocorrem até as 20h, no máximo. O limite também vale para as escolas de período integral.

Estes estudantes poderão se alimentar na escola e utilizar os recursos tecnológicos em qualquer momento do dia, respeitando o horário máximo de 20h.

As provas devem ser aplicadas aos alunos que estiverem nas atividades presenciais, respeitando os protocolos de segurança. Aos que tiverem condições ou necessidades de permanecer em atividade remota precisam retirar as provas impressas nas escolas e devolvê-las até o dia 26 de março.

Protocolos

Durante as atividades presenciais, as escolas de toda a rede estadual devem cumprir os protocolos estabelecidos pelo Plano SP. Ao entrarem nas unidades, todas as pessoas terão a temperatura aferida e o indivíduo que estiver com 37,5 graus ou mais será orientado o retorno para casa.

Estudantes e servidores devem lavar as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool em gel 70% ao entrar na escola. É obrigatório o uso de máscara de tecido dentro da escola. Os servidores devem utilizar além da máscara de tecido, o face shield (protetor de face) durante sua jornada laboral presencial. Dentro das salas de aula, os alunos devem manter o distanciamento de 1,5 metro.

Eventos como feiras, palestras, seminários, festas, assembleias, competições e campeonatos esportivos estão proibidos. Já as atividades de educação física, arte e correlatas podem ser realizadas, preferencialmente ao ar livre.

Continue Lendo

Geral

Trecho da Rua Dr. Emílio Ribas terá bloqueio total nos dias 10 e 11

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) interditará totalmente o tráfego de veículos em trecho da Rua Dr. Emílio Ribas, no Cambuí. A ação será nos dias 10 e 11 de março, próxima quarta e quinta-feira, no período das 8h até as 18h.

 

O trecho fechado da via será a partir do cruzamento com a Rua Gustavo Armbrust. Na região ocorrerá o trabalho de poda de árvore. A Emdec programou desvio pelas vias Gustavo Armbrust e José de Souza Campos (Norte-Sul).

 

Agentes da Mobilidade Urbana irão monitorar o trânsito no local. Mais informações pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”.

 

Continue Lendo









<





Populares