Connect with us

Geral

6 marcas de azeite têm venda proibida por adulteração

Publicado

em

Seis marcas de azeite de oliva foram recolhidas no Brasil nesta segunda-feira (8). O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) proibiu a comercialização da Oliveiras do Conde, Quinta Lusitana, Quinta D’oro, Évora, Costanera e Olivais do Porto de supermercados e atacados de todo o país.

De acordo com a pasta, essa proibição é fruto de uma inspeção realizada no dia 12 de maio, pela Delegacia de Polícia de Guarulhos. Na ocasião, uma fábrica clandestina de azeites, que incluía uma mistura de óleos sem o azeite de oliva, foi descoberta. Após a operação, uma força-tarefa em São Paulo e Curitiba testou 54 marcas de azeite de oliva em grandes redes de varejo.

O MAPA encontrou os produtos irregulares nos estados de Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Paraíba, Pernambuco, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Ainda de acordo com o comunicado emitido pelo governo, os comerciantes que forem flagrados comercializando esses produtos clandestinos serão denunciados ao MPF e deverão pagar uma multa de R$ 5 mil por ocorrência, além de um acréscimo de 400% sobre o valor dos azeites.

Para os consumidores, o ministério ressalta que o valor médio dos produtos adulterados custa entre R$ 7 e R$ 10, enquanto um azeite de oliva original não sai por menos de R$ 17.

Da Agência do Rádio Brasileiro

Geral

Unicamp e Santander criam hub para inovação e geração de tecnologias no Instituto de Computação

Publicado

em

Por

Uma parceria entre Unicamp e o Santander Universidades estabeleceu um hub de inovação no Instituto de Computação (IC) da Universidade, cujo espaço físico foi inaugurado nesta quarta-feira (24).

A parceria tem como objetivo o fomento da inovação e o desenvolvimento de tecnologias digitais e conta com R$2,5 milhões de investimento do Santander em bolsas de mestrado e doutorado. Serão estimuladas pesquisas em áreas como inteligência artificial, aprendizado de máquinas e internet das coisas.

O investimento inicial será utilizado para financiar nove bolsas de mestrado e oito de doutorado. O espaço do hub, conforme pontua o diretor do IC, Anderson de Rezende Rocha, funcionará como um laboratório onde pesquisadores possam desenvolver seus estudos. “Nosso objetivo é desenvolver pesquisa de ponta que leve à inovação e à geração de conhecimento e que ao mesmo tempo tratem problemas de interesse do parceiro”, afirma.

Para ele, a parceria tem um grande potencial, tende a ser duradoura e trará benefícios tanto para a Universidade como para o Santander. “Para o IC, a parceria permite trabalhar em problemas em sintonia com a indústria, que são de interesse no momento e que podem gerar impacto direto, social e econômico, para a população. Para o parceiro, eles terão um contato direto com a academia e com a Universidade, onde há pesquisadores de ponta trabalhando em problemas que podem se converter em soluções importantes para serem aplicadas no dia-a-dia”, avalia.

Outra frente de desenvolvimento do hub está voltada para a troca de conhecimento e de experiências entre ambas as partes. Serão oferecidos regularmente workshops entre profissionais do Santander, alunos e pesquisadores da Unicamp. Também estão previstos eventos de recrutamento, feiras e hackathons [maratonas de programação].

Continue Lendo

Geral

Temporais são esperados entre quarta e quinta-feira (24 e 25/02)

Publicado

em

Por

O Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), divulgou boletim, afirmando que, “devido ao calor, podem ocorrer temporais localizados”, na região, entre esta quarta e quinta-feira (24 e 25/02).

Para minimizar o efeito das chuvas e tempestades, nesta época do ano, o Governo do Estado de São Paulo, realiza a “Operação Verão” 2020/2021. A iniciativa prevê a formulação tanto de planos preventivos, realizados durante todo o ano, quanto de contingência, feitos em conjunto com outros órgãos municipais e contando com a participação da sociedade. 

A operação começou oficialmente em dezembro e vai até, pelo menos, o final de março de 2021, podendo ser prorrogada, se necessário, por razões climáticas. Uma orientação importante, vinda da Defesa Civil municipal, para evitar acidentes, é que a população limpe as canaletas de vielas e descarte corretamente os resíduos, orgânicos e recicláveis, nos equipamentos disponibilizados pela Prefeitura, seja por meio da coleta porta a porta de material orgânico, seja por meio da coleta seletiva via PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de Entulho e outros Materiais Recicláveis) e LEVs (Locais de Entrega Voluntária de recicláveis). O descarte incorreto de garrafas pet, objetos plásticos e de material orgânico, em tempos de chuvas de verão, típica deste período, contribui para a obstrução de canaletas e bueiros, provocando alagamentos.

Confira abaixo as dicas da Defesa Civil de como se comportar durante os temporais, seja em casa, seja em espaços públicos.

Saiba o que fazer, quando:

1) há previsão de chuvas fortes:

– Verificar as condições de conservação das paredes e do madeiramento do telhado.

– Desligar os aparelhos eletrônicos e a chave geral de energia;

– Em locais de alagamento brusco, evitar caminhar, trafegar com bicicleta ou outro veículo, pois pode haver buracos, formação de enxurrada e outros riscos. Recomenda-se aguardar em local alto e seguro até a chuva passar.

2) Se está dentro do carro, durante chuva forte:

– Caso esteja em local seguro e ocorram chuvas fortes na cidade, não se aventure a enfrentar alagamentos, pois os riscos são muito grandes.

– Não feche cruzamentos e facilite a passagem de veículos de socorro.

– Quando possível, evite dirigir sob fortes chuvas. Pare em local seguro e espere a chuva passar. O mais importante é manter sempre a calma. Assim você consegue ajudar a si e a outras pessoas.

3) há ocorrência de raios:

Cuidados fora de casa:

– Abrigue-se em uma casa, edifício;

– Caso esteja em um veículo, não saia. Feche os vidros e não encoste nas parte metálicas;

– Evite lugares abertos, como estacionamentos, praias, campos de futebol, etc;

–  Se estiver no mar, rio, lago ou piscina, saia imediatamente;

– Mantenha distância de objetos altos e isolados, como árvores, postes, quiosques, caixas d’água, etc;

– Afaste-se de objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas, cercas de arame, etc;

– Evitar jogar bola, nadar e fazer exercícios em locais abertos, onde há risco de ser atingido por raio; 

– Evite soltar pipas e não carregue objetos, como canos e varas de pesca;

– Evite andar de bicicleta, motocicleta ou a cavalo;

– Se não houver nenhum abrigo por perto, fique agachado com os pés juntos até a tempestade passar. Não deite no chão.

Cuidados em casa:

– Afaste-se de aparelhos e objetos ligados à rede elétrica, como televisores, geladeiras e fogões;

– Afaste-se de janelas, tomadas, torneiras, canos elétricos e evite tomar banho.

Continue Lendo

Geral

Campinas tem 88,42% dos leitos de UTI-Covid ocupados nesta quarta, 24

Publicado

em

Por

Campinas conta nesta quarta-feira, 24/02, com 285 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 252 estão ocupados, o que corresponde a 88,42%. Há 33 leitos livres somando as redes pública e particular.

Os leitos estão divididos da seguinte forma:

SUS Municipal: 118 leitos, dos quais 115 estão ocupados, o que equivale a 97,46%. Há 3 leitos livres.

SUS Estadual: 30 leitos, dos quais 22 estão ocupados, o que corresponde a 73,33%. Há 8 leitos livres.

Particular: 137 leitos, dos quais 115 estão ocupados, o que equivale a 83,94%. Há 22 leitos livres.

Continue Lendo









<





Populares