Connect with us

Geral

2ª Audiência Pública detalha conceitos da concessão do transporte

Published

on

Na manhã desta quarta-feira, dia 18 de dezembro, a Administração municipal realizou a segunda Audiência Pública presencial sobre a licitação para a concessão do serviço de transporte público coletivo de Campinas. O evento, realizado no Salão Vermelho do Paço Municipal, foi coordenado pelo secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro. A mesa foi composta pelos secretários Paulo Zanella (Administração) e Peter Panutto (Assuntos Jurídicos); e Paulo Guimarães, representando a Secretaria de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos. A Audiência foi aberta para toda a população, conselhos, associações e entidades públicas e privadas do município; a atendeu ritos legais.

 

 

 

“Em respeito à decisão judicial com base em questionamentos levantados pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, estamos abrindo, novamente, o espaço para o recebimento de contribuições da sociedade. Todos foram convidados a participar e contribuir. E no último dia 6 de dezembro, nós fizemos o lançamento de um hotsite, contendo todas as informações sobre a licitação e com espaço para o recebimento de sugestões; além de urnas espalhadas por diversos locais do município. Tudo para darmos prosseguimento, o mais rápido possível, à licitação que irá transformar, para muito melhor, o transporte público de nossa cidade”, destacou Carlos Barreiro.

 

 

 

A Audiência Pública também contou com a presença de vereadores. Luiz Rossini representou a Câmara Municipal. Durante o evento foi feita uma apresentação técnica com todas as inovações e detalhes que serão incorporados ao novo sistema de transporte público coletivo do município. Após, houve espaço para a apresentação de questionamentos, pelo público presente, de formas escrita e oral. Todas as perguntas e colocações foram devidamente respondidas.

 

 

 

Cerca de 130 pessoas participaram da Audiência Pública. O evento foi gravado, na íntegra, pela TV Câmara. A primeira Audiência Pública presencial sobre a concessão do transporte público foi realizada em 21 de março de 2018, também no Salão Vermelho; e teve transmissão, ao vivo, pela TV Câmara. Em torno de 200 pessoas participaram do encontro. A terceira Audiência Pública será realizada no dia 6 de fevereiro de 2020, às 19h, em espaço da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

 

 

 

Novo sistema

 

A licitação para a concessão do transporte tem três objetivos básicos principais: criar uma nova rede de transporte; atualizar a rede, com o atendimento de novas demandas; e requalificar a operação e os veículos. O sistema será tronco-alimentado. Os ônibus que ligam determinada região ao Centro irão transitar pelos corredores, na chamada “ligação troncal”. Os diversos bairros serão ligados aos corredores por linhas chamadas de “alimentadoras”.

 

 

 

O município será dividido em seis áreas operacionais, proporcionando mais equilíbrio e distribuindo melhor as linhas do transporte público. Também será criada uma área na região central, chamada de “Área Branca”, que terá somente a circulação de veículos do transporte coletivo movidos por energia limpa (ônibus elétricos). A “Área Branca” terá, aproximadamente, 3 km² e perímetro de 7 km.

 

 

 

Além do sistema convencional de transporte, a nova licitação também abrange a operação dos Corredores BRT (Bus Rapid Transit, Ônibus de Trânsito Rápido), que somam 36,6 km de extensão. Os ônibus do BRT também serão movidos por energia limpa. Os veículos do Programa de Acessibilidade Inclusiva (PAI) também estão previstos na nova licitação.

 

 

 

A frota terá 100% de acessibilidade, conexão Wi-Fi e novos recursos de comunicação. Os veículos terão maior porte, piso baixo, câmbio automático e motorização silenciosa. Linhas troncais terão veículos com ar-condicionado. A rede 24h terá mais linhas, passando das atuais 8 para 14. Os motoristas serão treinados constantemente.

Mesmo com todas as inovações, o valor da tarifa, única para todo o sistema, será mantido. Também será mantido os atuais patamares de subsídio municipal. Além disso, não haverá alteração na integração temporal (uso de mais de um ônibus, pagando apenas uma tarifa, com cartões da família Bilhete Único), que é de 2h.

 

 

 

“Com todas essas inovações, Campinas terá o melhor transporte público coletivo do mundo ocidental. Será prazeroso andar de ônibus. Somente não usará o transporte coletivo quem quiser continuar com outros modais para o deslocamento diário”, afirmou o secretário Barreiro.

 

 

 

Números

 

– 135 linhas;

 

– 785 veículos (386 básicos, 121 padrons; e 278 articulados);

 

– 399 veículos com ar-condicionado (do total de 785);

 

– 339 veículos elétricos (do total de 785);

 

– 100% da frota acessível;

 

– 70,8 mil lugares ofertados;

 

– 450 mil passageiros diários;

 

– 13,4 mil viagens por dia;

 

– 194,4 mil km rodados diariamente (4,85 voltas na Terra);

 

– R$ 7,40 bilhões de contrato (15 anos);

 

– R$ 870 milhões de investimento em frota e infraestrutura;

 

– R$ 60 milhões de subsídio estimado (anual).

 

 

 

As informações gerais sobre o processo de concessão do transporte público podem ser acessadas no hotsite www.emdec.com.br/novotransporte.

 

Geral

Em transmissão ao vivo, prefeito anuncia implantação do Mário Gattinho

Published

on

By

O prefeito Dário Saadi anunciou nesta segunda-feira, 26 de julho, a implantação do Hospital Mário Gattinho, na Avenida das Amoreiras, onde está instalado o Hospital Mário Gatti-Amoreiras (antigo Metropolitano). Na última sexta-feira, a Rede Mário Gatti assinou o contrato de locação do imóvel e o início do funcionamento do hospital pediátrico dependerá da evolução da pandemia.

 

 

 

“Instalar esse hospital foi compromisso que assumi com a cidade. A locação do imóvel é um passo importante para viabilizar esse compromisso. Vamos implantá-lo quando a pandemia permitir”, disse Dário em transmissão pelas redes sociais. O aluguel será de R$ 72,1 mil mensais – o valor foi definido por avaliação realizada pela Cohab.

 

 

 

Dário também assinou decreto, que será publicado nesta terça-feira, 27 de julho, no Diário Oficial, que revoga a requisição administrativa do imóvel ocorrida em março, quando o Hospital Metropolitano ocupava as instalações. A requisição foi necessária para ampliar, em caráter de urgência, o atendimento a pacientes com Covid-19 em Campinas.

 

 

 

O presidente da Rede Mário Gatti, Sérgio Bisogni, informou que o Mário Gattinho abrigará o pronto-socorro infantil, a UTI e a enfermaria pediátrica que hoje funcionam no Hospital Mário Gatti. Com a transferência, as áreas hoje ocupadas por esses atendimentos serão destinadas à ampliação pronto-socorro e da enfermaria para atendimento de adultos.

 

 

 

O projeto de adequação do imóvel para receber o hospital prevê inicialmente a mesma estrutura que estava disponibilizada para atendimento pediátrico no Mário Gatti antes da pandemia, com dez leitos de UTI, 18 de enfermaria e 11 de observação no PS Infantil. A demanda em junho de 2019 era de média de 181 atendimentos diários no PS infantil e taxas de ocupação de 81,2% na enfermaria e de 98,6% na UTI pediátricas.

 

 

 

A pandemia levou a uma redução na demanda, que passou em junho deste ano a média diária de 64 atendimentos no pronto-socorro e a taxas de ocupação de 67% na enfermaria e de 51,6% na UTI pediátricas.

Continue Reading

Geral

Avanço da vacinação contra Covid-19 já reflete nos números da pandemia

Published

on

By

A vacinação contra a Covid-19 em Campinas atingiu 871.770 doses aplicadas nesta segunda-feira, 26 de julho. Até agora, 70,2% das 922.781 pessoas a partir de 18 anos que moram em Campinas foram vacinadas com a primeira dose (638.126) ou com a vacina em dose única (22.318). Os dados foram divulgados durante transmissão ao vivo nas redes sociais do prefeito Dário Saadi, nesta tarde.
Além disso, 24,5% dos maiores de 18 anos estão com a imunização completa, seja com as duas doses (211.326) ou com a dose única (22.318).
O avanço da vacinação em Campinas já reflete nos números da pandemia, que continuam estáveis, com tendência de queda. A taxa de transmissão nesta segunda-feira está em 0,9, com intervalo de confiança entre 0,77 e 1,12.
Os casos novos de Covid-19 tiveram uma diminuição de 16,6%. Enquanto os óbitos diminuíram 17%.
Apesar de os números estarem mais baixos e a vacinação estar avançando, ainda temos que continuar tomando cuidado, evitando aglomerações e mantendo o uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social”, afirmou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Andrea von Zuben.

Continue Reading

Geral

Parceria para acelerar a vacinação contra Covid-19 já atraiu 22 empresas

Published

on

By

Vinte e duas empresas de Campinas se cadastraram para firmar parceria com a Prefeitura e acelerar a vacinação contra a Covid-19 em Campinas. Os dados são desta segunda-feira, 26 de julho, e foram divulgados durante transmissão ao vivo nas redes sociais do prefeito Dário Saadi.
Juntas, as organizações representam 69.093 trabalhadores, sendo que 21.512 têm a partir de 30 anos, faixa etária contemplada atualmente na vacinação; e 15.005 já estão imunizados. O cadastro das empresas foi aberto em 20 de julho.
A adesão foi maior do que imaginávamos. Isso mostra que tem um contingente grande de empresas que considera importante vacinar seus trabalhadores”, afirmou o prefeito. Ele ressaltou que só serão vacinados os funcionários que estiverem dentro dos grupos contemplados pela vacinação do município. “Esse grupo será ampliado de acordo com a abertura de novas faixas etárias e categorias contempladas na imunização da cidade”, disse.
As empresas que fazem adesão são avaliadas pelo Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa). Se aprovadas, recebem treinamento, vacinas e insumos para aplicação. Em contrapartida, se responsabilizam por vacinar os funcionários dos grupos que estão sendo imunizados pela Secretaria de Saúde.
Para serem aprovadas, as empresas precisam cumprir alguns requisitos. Entre eles, ter um profissional de enfermagem para aplicar as doses e duas pessoas para cuidar da digitação dos dados exigidos pelo sistema.
A administração continua aceitando os formulários. As empresas que tiverem interesse devem acessar o site https://vacina.campinas.sp.gov.br/vacinas/covid-19 e fazer a adesão.

Continue Reading

Populares